Sheroes Hangout: um café só com sobreviventes de ataques com ácido

Na Índia, há um café que só contrata mulheres que sobreviveram a ataques com ácido. O espaço – que já existe há mais de dois anos – é pequeno, mas a diferença que faz na capacitação de vítimas de violência contra as mulheres é enorme.

Não são vítimas: são sobreviventes. Mais de 500 mulheres foram atacadas com ácido em 2015, na Índia. Este é um problema que a cada ano sofre um aumento – em 2014 foram 349 – e que é desvalorizado.

Para contrariar isso, nasceu o Sheroes Hangout – Ponto de encontro de heroínas, numa tradução livre -, um café nas cidades indianas de Agra – perto do icónico Taj Mahal -, Lucknow e Udaipur. Aqui, só trabalham mulheres que sofreram ataques com ácido, mas que sobreviveram.

A ideia é não as esconder mais. Dar-lhes poder e usar a sua força para inspirar outras mulheres – muitas delas nem chegam a denunciar os agressores à polícia -, e criar uma reação em cadeia.

“Não podemos deixar morrer os nossos sonhos, nem a nossa felicidade. Agora, mostramos a cara como as lutadoras que somos, não como vítimas“, explica Laxmi Agarwal, um dos principais rostos do estabelecimento.

Sheroes Hangout / Facebook

Laxmi Agarwal é uma das responsáveis pelo Sheroes Hangout

Laxmi Agarwal é uma das responsáveis pelo Sheroes Hangout

Laxmi é uma das sobreviventes que agora, orgulhosamente, serve as mesas do café – que apresenta um menu sem preço: os clientes pagam o que acharem que devem.

Quando tinha 16 anos, Laxmi foi atacada com ácido por um homem que a perseguia constantemente, depois de se recusar a casar com ele. Hoje, além de se ocupar com o café, trabalha para a Stop Acid Attacks – Parar os ataques de ácido -, uma organização sem fins lucrativos, responsável pela abertura do café.

Tal como Laxmi, Ritu Sainu também foi atacada. Aos 20 anos já passou por dez cirurgias reconstrutivas, depois de rejeitar os avanços do primo, cujo ataque a levou inclusivamente a perder um dos olhos.

Sheroes Hangout / Facebook

Ritu Saini foi atacada com ácido por não querer casar com o primo e acabou por perder um olho

Ritu Saini foi atacada com ácido por não querer casar com o primo e acabou por perder um olho

A mais novas das empregadas tem 18 anos. Dolly Kumari Singh só foi capaz de voltar à escola, graças ao Sheroes. Como muitas outras mulheres que sofreram este ataque, a jovem não tinha coragem de mostrar o rosto deformado fora de casa, depois de um homem a ter queimado com ácidos corrosivos há três anos.

Foi o tempo que passou a trabalhar no café que lhe deu as ferramentas e coragem para enfrentar uma sala de aula: “Quando voltei à escola, tive medo que os meus amigos não me falassem. Mas toda a gente falou comigo. Senti-me tão bem”, conta.

Muitas destas mulheres foram inspiradas pela história de Laxmi. Quatro anos depois de ser atacada, em 2005, decidiu que não ia mais tapar a cara. Os olhares não eram fáceis, mas entretanto a vida deixou de ser madrasta para ela. Foi o rosto de uma campanha, desfilou em Londres, para sensibilizar para a violência de género, e encontrou o amor ao lado de Alok Dixit, o fundador da organização Stop Acid Attacks.

São estas e, infelizmente, demasiadas outras, as histórias que vivem e convivem às mesas deste café. O espaço quer consciencializar e alertar para a situação de jovens e mulheres que “desaparecem” do olhar público, num país que vê o número de ataques com ácido crescer a cada ano que passo.

ZAP //

  

PARTILHAR

RESPONDER

Numa verdadeira cena à James Bond, homem foge do FBI numa scooter subaquática

Um americano que estava a ser procurado por um suposto envolvimento num esquema de fraude, foi preso na passada segunda-feira, dia 16, após usar uma "scooter marítima" subaquática para tentar fugir do FBI. Quem assistiu ao …

Após quase terem sido extintas, baleias azuis estão a voltar à Geórgia do Sul

A baleia azul regressou às águas em torno da ilha Geórgia do Sul, quase um século depois de este animal ter sido quase extinto pela caça industrial. A remota ilha Geórgia do Sul, perto da Antártida, era …

Manuscritos de "A Origem das Espécies" divulgados online pela primeira vez

Duas páginas originais do rascunho manuscrito de "A Origem das Espécies", de Charles Darwin, foram divulgadas online pela primeira vez. Além disso, foram ainda publicadas cartas e notas de leitura nunca antes vistas. Os documentos foram …

Os videojogos podem ser bons para o bem-estar pessoal, sugere estudo

De acordo com um novo estudo que analisou o comportamento de jogadores e dados fornecidos por empresas de videojogos, o tempo gasto a jogar pode ser bom para o bem-estar pessoal. A Electronic Arts e a …

A MINI criou uma van perfeita que foi pensada para relaxar, usufruir e conviver

A marca de automóveis MINI apresentou o projeto do Vision Urbanaut. Este veículo é uma van completamente moderna e sustentável, pois oferece mais espaço interior e versatilidade, e ainda deixa uma pegada ecológica mínima. Esta van …

Covid-19. Angela Merkel alerta sobre plano de vacinação para países mais pobres

A chanceler alemã, Angela Merkel, alertou os líderes dos países mais desenvolvidos que o progresso no desenvolvimento de um sistema de distribuição de vacinas para nações mais necessitadas tem sido lento e que essa questão …

Explosão em Beirute. Danos segurados rondam mil milhões

As vítimas da explosão que destruiu o porto de Beirute e área circundante, em agosto, apresentaram um total de 14.921 reclamações de seguro, totalizando danos segurados estimados em perto de 1,62 biliões de libras libanesas …

Centenas de pessoas que morreram de covid-19 em Nova Iorque continuam em camiões frigoríficos

Muitos destes cadáveres, que continuam em camiões frigoríficos, são de pessoas cujas famílias não puderam ser localizadas ou que não podem cobrir os custos do enterro. De acordo com o The Wall Street Journal, cerca de …

Bolsonaro responsabiliza estados e municípios por não usarem testes

Mais de 6,8 milhões de testes RT-PCR, adquiridos pelo Ministério da Saúde brasileiro, perderão a validade entre dezembro deste ano e janeiro de 2021. O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, direcionou para estados e municípios a responsabilidade …

Médico presente na sala de emergência revela detalhes da morte de John F. Kennedy

Um médico que estava presente na emergência do Parkland Memorial Hospital, para onde John F. Kennedy (1917-1963) foi transferido depois de ser baleado numa visita política ao estado do Texas, revelou novos detalhes sobre a …