Software de plágio apanhou Shakespeare a “roubar” textos para 11 peças

RafkinsWarning / DeviantArt

William Shakespeare

William Shakespeare

Um software de plágio descobriu que William Shakespeare “roubou” muitas palavras de um livro pouco conhecido, escrito no final de 1500 por George North.

Como todo o artista bem-sucedido, William Shakespeare era uma potência criativa que utilizava diversas referências nos seus trabalhos. É conhecido, por exemplo, que o escritor se inspirou nos escritos de Plutarco e de autores italianos contemporâneos para criar as tramas das suas peças.

Agora, há evidências de uma nova fonte da qual Shakespeare bebeu: “A Brief Discourse of Rebellion and Rebels”, um livro escrito no final de 1500 por George North, uma figura presente na corte da Rainha Elizabeth. A descoberta foi feita, surpreendentemente, através de um software de deteção de plágio.

O escritor Dennis McCarthy, pesquisador da história da língua inglesa, tomou conhecimento do livro de North através de um catálogo de leilões. O anúncio sugeria que seria interessante compará-lo com a obra de Shakespeare.

McCarthy e a professora de inglês June Schlueter decidiram digitalizar o texto do autor pouco conhecido, comparando-o com peças de Shakespeare através do software de código aberto WCopyfind, muito utilizado por professores para verificar se os alunos estão a plagiar artigos académicos.

Ao que tudo indica, Shakespeare leu “A Brief Discourse of Rebellion and Rebels” e achou a escrita tão brilhante que decidiu copiá-la, muitas vezes diretamente, nas suas peças. A dupla de pesquisadores descobriu que 11 obras de Shakespeare possuem inspirações tiradas do livro de North.

No seu livro, North incentiva aqueles que se veem como feios a se esforçarem para serem interiormente bonitos, a fim de desafiar a natureza. O escritor usa uma sucessão de palavras para fazer o seu argumento, incluindo “proporção”, “vidro”, “recurso”, “justo”, “deformado”, “mundo”, “sombra” e “natureza”.

No solilóquio de abertura da peça shakespeariana “Ricardo III”, o tirano corcunda usa as mesmas palavras, praticamente na mesma ordem, para chegar à conclusão oposta: que, uma vez que ele é exteriormente feio, agirá como o vilão que parece ser.

William Shakespeare não só usa as mesmas palavras, como também as cenas sobre temas semelhantes, utilizando os mesmos personagens históricos. Numa outra passagem do livro, North usa seis termos sobre cães para argumentar que, assim como os cães existem numa hierarquia natural, os humanos também.

“As pessoas não percebem quão raras essas palavras realmente são“, disse McCarthy.

PARTILHAR

RESPONDER

Quem quer casar com o chimpanzé? Bonobos acasalam por causa das mães

Este tipo de chimpanzé tem um comportamento muito próximo do dos humanos. Mas se acha que a sua mãe se intromete demasiado na sua vida sexual, saiba que, pelo menos, não é um bonobo macho. As …

A colisão com um planeta anão pode ter "estragado" o lado oculto da Lua

Da Terra, vemos sempre o mesmo da Lua. Contudo, esse lado é bem diferente do lado oculto do nosso satélite natural. O contraste entre as duas partes da Lua tem intrigado os astrónomos. Se se …

Fugitivo promete entregar-se se tiver 15.000 "gostos". Polícia dos EUA aceita

A Polícia de Connecticut, nos Estados Unidos, informou esta quarta-feira que um fugitivo com vários mandados de prisão concordou entregar-se, mas com uma condição insólita: arrecadar 15.000 "gostos" no Facebook. De acordo com a Esquadra …

Há um pequeno satélite a revolucionar o setor espacial. Chama-se CubeSat

Apesar das pequenas dimensões do CubeSat, o satélite é capaz de efeitos extraordinários que estão a revolucionar o setor espacial. Os avanços da microeletrónica das últimas décadas permitiram desenvolver sistemas espaciais eficazes, de forma mais rápida …

Guardiola já terá chegado a acordo com a Juventus

O treinador espanhol Pep Guardiola já terá chegado a acordo com a Juventus para ser o próximo treinador dos bianconeri, avança a agência italiana AGI.  De acordo com a mesma fonte, Guardiola, de 48 anos, prepara-se …

Porto quer declarar guerra às gaivotas. "É uma questão de saúde"

Vários organismos reclamam que é necessário tomar medidas para controlar o excesso de gaivotas nas zonas urbanas, que se tem tornado num problema de saúde pública. São várias as queixas na zona do Porto por incidentes …

Esta cigarra é a mais ameaçada em Portugal. Só existe em dois ou três sítios do Alentejo

A Euryphara contentei - há quem lhe chame só cigarrinha e há quem diga cigarrinha-verde - resiste apenas em alguns locais exíguos da planície alentejana. É a mais ameaçada das 13 espécies de cigarras que …

EUA anunciam ajuda de 16 mil milhões de dólares a agricultores prejudicados pela disputa comercial com a China

A administração Trump disponibilizará 16 mil milhões de dólares (cerca de 14 mil milhões de euros) para manter os agricultores à tona durante a guerra comercial entre os Estados Unidos (EUA) e a China, anunciou …

Perdeu a família e foi violada. Quase duas décadas depois, recebeu a maior indemnização de sempre na Índia

Na primavera de 2002, uma jovem de 19 anos, grávida de cinco meses, foi violada por 11 homens que lhe mataram a família. Teve que fingir-se de morta para escapar. Agora, 17 anos depois, o …

Ivo Rosa questiona legalidade de provas da ​Operação Marquês

O juiz de instrução criminal da Operação Marquês, Ivo Rosa, tem dúvidas sobre a legalidade de algumas provas recolhidas na investigação, tendo assinado um despacho que enviou para os advogados dos arguidos para se pronunciarem. Segundo …