Setúbal vs FC Porto | Vendaval azul à beira Sado

FC Porto regressou aos triunfos na Liga NOS e logo em grande estilo.

Na visita ao Vitória de Setúbal, os “dragões” golearam por 5-0, num jogo sem história e de sentido único, e no qual Vincent Aboubakar brilhou a grande altura, graças a um “hat-trick” e a uma assistência para um dos dois tentos de Moussa Marega.

O Jogo explicado em Números

  • Vitória atrevido, com dois remates, um enquadrado, nos primeiros dez minutos, contra apenas um (com má direcção) dos portistas. Porém, nesta fase os visitantes registavam impressionantes 81% de posse de bola.
  • O domínio total dos “dragões” acabaria, inevitavelmente, por virar do avesso a questão dos remates e, aos 20 minutos, já os comandados de Sérgio Conceição estavam por cima nesta variável, com quatro disparos, apenas um enquadrado, é certo, este da autoria de Aboubakar.
  • Aos 23 minutos, Brahimi isolou-se, numa ocasião flagrante criada por um passe de Aboubakar, mas o argelino permitiu a defesa de Cristiano. Só que aos 31 minutos, o próprio Aboubakar não desperdiçou e abriu o activo, ao desviar ao primeiro poste, de cabeça, um canto da esquerda.
  • O tento portista surgiu ao sétimo remate, terceiro enquadrado, tendo os “dragões” 78% de posse de bola nesta fase e cinco cantos, contra nenhum do Vitória. Os sadinos não passavam dos 57% de eficácia de passe, o que explica incapacidade para manter a posse do esférico.
  • Aos 40 minutos surgiu o segundo do Porto, numa jogada confusa com Aboubakar a obrigar Cristiano a grande defesa, Alex Telles a acertar no poste e a bola a chegar a Marega, que só teve de encostar. E já nos descontos do primeiro tempo, Aboubakar fez o 3-0, de penálti, após Vasco Fernandes carregar em falta o camaronês na grande área.
  • Vantagem natural do Porto ao intervalo, e expressiva, reflexo do que se passou em campo nos primeiros 45 minutos. Os “dragões” chegaram ao descanso com 12 remates, sete enquadrados, cinco ocasiões flagrantes criadas, 21 vezes a bola colocada na grande área sadina e 77% de posse de bola.
  • Os da casa até começaram bem, mas não passavam dos cinco disparos, dois com boa direcção e nenhuma ocasião flagrante. O melhor em campo nesta fase era Aboubakar.
  • O camaronês bisou em cinco remates, quatro deles enquadrados, criou uma ocasião flagrante e foi sobre ele a falta que deu o penálti – GoalPoint Rating de 7.7.
  • Primeiros 15 minutos do segundo tempo algo incaracterísticos. O Porto garantia 70% de posse nesta fase, mas só se registou um remate, e para o Vitória, desenquadrado. De resto, futebol confuso e sem grandes ideias.
  • Mas Marega inventou espaço na direita, passou dois adversários na grande área e serviu Aboubakar para o 4-0, passados 69 minutos de jogo. Foi o 13º remate portista, oitavo enquadrado, mas apenas o primeiro disparo dos “dragões” desde o descanso.
  • Belíssimo jogo de Danilo Pereira. O “trinco”, apesar de discreto, chegou aos 80 minutos com um rating de 6.6, fruto de dez recuperações de posse, 92% de eficácia de passe, três desarmes e três intercepções.
  • Mas o jogo era de Marega e Aboubakar, desta feita com o camaronês a isolar o maliano e este a não desperdiçar, com um toque subtil sobre Cristiano a fazer o 5-0.

O Homem do Jogo

Jogo tremendo de Aboubakar. O camaronês esteve imparável perante uma defensa do Vitória muito frágil. O ponta-de-lança fez três golos, um deles na sequência de uma grande penalidade cometida sobre o próprio, e ainda realizou uma assistência.

Fez também seis remates, cinco enquadrados e dois passes para finalização. Uma exibição para recordar que lhe valeram GoalPoint Rating de 9.0, o quarto melhor desta Liga NOS (dos três acima, dois foram de jogadores do FC Porto).

Jogadores em foco

  • Moussa Marega 7.8 – O maliano foi a muleta perfeita de Aboubakar. Lutador, poderoso fisicamente, marcou dois golos e fez a assistência para um dos tentos do camaronês.
  • Danilo Pereira 6.6 – O “trinco” foi fundamental nesta partida. Discreto a atacar (um remate, enquadrado, e um passe para finalização), terminou com 92% de eficácia de passe, recuperou dez vezes a bola e registou sete acções ofensivas.
  • Ricardo Pereira 6.4 – Desta feita o jovem português jogou à frente de Maxi Pereira, a médio, e não desiludiu. Fez um passe para finalização, um cruzamento eficaz em duas tentativas, teve sucesso em duas de três tentativas de drible e realizou três desarmes.
  • Cristiano 6.1 – Apesar da goleada, o melhor dos sadinos foi o seu guarda-redes. Cristiano realizou quatro defesas, três a remates de dentro da grande área.
  • Vasco Fernandes 3.6 – Jogo para esquecer do central sadino. Concedeu três cantos, cometeu uma grande penalidade e o melhor que fez defensivamente foram quatro alívios.

Resumo


PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Novos escalões de IRS só serão criados "a meio da legislatura"

Esta segunda-feira, o Governo disse aos parceiros sociais que só deverão acontecer "mexidas no IRS", nomeadamente a criação de novos escalões, a meio desta legislatura. O Governo de António Costa confirmou aos parceiros sociais que a …

Navios em Portugal poluem tanto quanto as oito cidades com mais carros

O transporte marítimo deve integrar o regime de comércio de licenças de emissão da União Europeia (UE), defendeu, esta segunda-feira, a associação ambientalista ZERO, exigindo limites de emissão de dióxido de carbono (CO2) para navios …

Já são conhecidos os nomeados aos Globos de Ouro. Netflix lidera com "O Irlandês" e "Marriage Story"

A cerimónia de entrega de prémios realiza-se a 5 de janeiro de 2020 no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, e será apresentada por Ricky Gervais. Já são conhecidos os nomeados à 77ª edição dos Globos …

Falhas na formação de médicos levam ministra a criar grupo de trabalho

A ministra da Saúde determinou a constituição de um grupo de trabalho para criar um manual de regras e procedimentos para a avaliação das capacidades de formação de médicos no SNS, depois de falhas apontadas …

Surto de sarampo leva Samoa a fechar escolas e serviços. Ativista anti-vacinação detido

Com o objetivo de conter o surto de sarampo que já matou 60 pessoas, o governo de Samoa está a pedir à população que coloque uma bandeira vermelha em frente às casas nais as pessoas …

Poluição do ar leva Sarajevo a cancelar todos os eventos públicos

As autoridades bósnias consideram que a poluição na capital do país, Sarajevo, atingiu níveis perigosos nos últimos dias. Perante a densa nuvem de nevoeiro que paira na cidade, o governo regional decidiu cancelar todos os …

A banana colada à parede que custou 108 mil euros foi comida

A banana mais cara do mundo, presa a uma parede com fita adesiva, foi descascada e comida por um artista que visitava o stand da galeria Perrotin, na feira de arte contemporânea Art Basel, nos …

Empresas norte-americanas reforçam domínio na venda global de armas

O Instituto Internacional de Estudos de Paz de Estocolmo (SIPRI) revelou esta segunda-feira que as empresas norte-americanas aumentaram o domínio no comércio global de armas em 2018, para 59% do volume total entre as 100 …

Faltam medicamentos para doenças crónicas nas Farmácias (e ninguém sabe porquê)

Há medicamentos para doenças crónicas que estão, constantemente, em falta nas Farmácias Portuguesas. Uma situação preocupante, sobretudo para os pacientes que deles precisam, e que não tem uma explicação. A Associação Nacional de Farmácias está …

Mais de dois mil coalas mortos devido aos incêndios na Austrália

O presidente da Aliança das Florestas do Nordeste da Austrália disse que os incêndios florestais que deflagram no leste do país, desde o início de novembro, provocaram a morte a mais de dois mil coalas. O …