Segurança Social garante estar a pagar subsídio de desemprego a empresários

Mário Cruz / Lusa

-

O Instituto da Segurança Social (ISS) garantiu esta quarta-feira que está a pagar subsídio de desemprego aos empresários e gestores que reúnem condições para tal, o que no sector da hotelaria e restauração corresponde a um total de 55 pessoas.

A posição é assumida pelo ISS numa nota de imprensa emitida na sequência de um comunicado da AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, que alerta para a situação de milhares de empresários que encerraram o negócio mas não estão a receber o subsídio de desemprego previsto na lei.

É absolutamente falso que os empresários, e membros de órgãos estatutários, que reúnem as condições legais para esta prestação, não estejam a receber o correspondente e devido subsídio de desemprego”, diz o ISS.

O Instituto da Segurança Social garante que está já a pagar subsídio de desemprego a 55 empresários da área da hotelaria, restauração e similares.

“Todos os processos deferidos estão a ser pagos normalmente, não havendo qualquer requerimento que tenha sido deferido e que não esteja a ser pago, incluindo os processos dos empresários que desenvolvem actividades na área da restauração, associados ou não da AHRESP”, acrescenta o esclarecimento do ISS.

De acordo com o mesmo comunicado, dos cerca de 2.000 pedidos requerimentos apresentados ao ISS, foram deferidos, e estão a ser pagos, cerca de 305.

Os cerca de 60% de requerimentos indeferidos foram recusados por “razões inerentes aos próprios beneficiários”, como a falta de tempo de descontos para a Segurança Social por parte do beneficiário, a existência de outro regime activo do beneficiário e a situação contributiva não regularizada.

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) alertou hoje para a “difícil situação” de “milhares de empresários” do sector que fecharam portas, mas continuam sem receber o subsídio de desemprego previsto na lei.

Em comunicado, a AHRESP salientou que o “encerramento massivo” de estabelecimentos de restauração e bebidas, devido ao aumento do IVA no sector de 13% para 23%, resultou na destruição de “mais de 90 mil postos de trabalho e 30 mil empresas no sector da hotelaria e restauração, lançando para o desemprego milhares de trabalhadores, mas também milhares de empresários”.

“De acordo com a lei hoje em vigor, desde Janeiro de 2015 que estes subsídios deveriam ter começado a ser atribuídos. Perante esta situação, e quando confrontada com as insistências da AHRESP para que os empresários obtivessem a explicação que lhes é devida, a Segurança Social informou que ‘começou recentemente a analisar os pedidos de subsídio de desemprego, mas não há qualquer tipo de previsão quanto ao cumprimento dos pagamentos em dívida por parte do Estado’”, referiu a associação.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …