Scott Kelly ficou mais novo e até cresceu uns centímetros no Espaço

Mark Sowa / NASA

Scott e Mark Kelly, os astronautas gémeos

Scott e Mark Kelly, os astronautas gémeos

Depois de 340 dias a bordo da Estação Espacial Internacional (EEI), o astronauta Scott Kelly regressou (ligeiramente) mais novo.

Scott Kelly regressou na madrugada desta quarta-feira à Terra, com o colega russo Mikhail Kornienko, depois de quase um ano no espaço.

Com a estadia do astronauta norte-americano durante quase um ano na EEI, a NASA tem agora a oportunidade de estudar quais os efeitos no corpo humano de uma longa permanência no espaço.

Enquanto Scott Kelly esteve em órbita, o seu irmão gémeo, Mark Kelly, que foi também astronauta da NASA, participou em estudos genéticos comparativos, no chamado NASA Twins Study.

“Vieram cá a casa regularmente recolher amostras de sangue e de saliva para análise, e eu próprio fui também por várias vezes a Houston, para fazer outro tipo de exames, como ressonâncias magnéticas”, explicou Mark Kelly.

Estes gémeos monozigóticos – “verdadeiros” – vão ajudar os especialistas a identificar melhor as alterações no organismo decorrentes da longa permanência no espaço, através da comparação rigorosa da evolução dos parâmetros fisiológicos e genéticos de cada um tanto no último ano como no regresso de Scott à Terra.

Prevê-se que a longa exposição à gravidade zero pode afetar o corpo humano de muitas maneiras, nomeadamente suscitar alterações na visão, atrofia muscular e perda óssea.

De acordo com cálculos do Quartz, Scott Kelly está 8.6 milisegundos mais novo do que estaria se tivesse ficado na Terra, o que se explica pela Teoria da Relatividade de Albert Einstein que aponta para efeitos diferentes se dois objecto se moverem a velocidades distintas.

Depois de um ano no espaço o astronauta norte-americano também ganhou duas polegadas de altura, o equivalente a 5,08 centímetros, de acordo com a NASA.

No entanto, isto já era esperado pelos investigadores: na ausência de gravidade a coluna vertebral tem tendência para alongar-se – e o efeito deve desaparecer nos nos próximos tempos, agora que regressou à gravidade terrestre.

Este estudo é fundamental para o objetivo de levar o homem a Marte, uma viagem que durará mais de um ano. Outras preocupações que a NASA está a investigar são os níveis de radiação cósmica a que os astronautas estão sujeitos durante longos períodos no espaço.

Antes de abandonar as instalações especiais da Estação Espacial Internacional, o autronauta referiu que ainda estava capaz de aguentar mais 100 dias a bordo, mas que estava pronto para regressar a casa. “Fisicamente sinto-me muito bem. A parte mais complicada é estar isolado das pessoas que estão em terra e que são importantes para nós”.

Para a NASA, de facto, “a psicologia humana é também uma área de investigação importante” neste estudo, atendendo a que os astronautas circulam, na estação espacial, em espaços confinados e estar isolados do resto das pessoas.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

As noites entre 4 e 10 de junho vão ser ruidosas (e a culpa é dos aviões)

A culpada das noites ruidosas entre 4 a 10 de junho é a Liga das Nações. O Governo autorizou a suspensão temporária dos limites aos voos noturnos nesse período, tal como já aconteceu na Liga …

Petição para reescrever a 8.ª temporada de A Guerra dos Tronos "é uma falta de respeito"

A atriz britânica Sophie Turner, que interpretou Sansa Stark na A Guerra dos Tronos, considerou uma "falta de respeito" o pedido dos fãs para que a última temporada da série fosse reescrita.  A iniciativa levada …

Festival de música na Escócia proíbe uso de telemóveis

O festival de música FLY Open Air, que se realizou no passado fim-de-semana, proibiu o uso de telemóveis por parte do público. O objetivo é evitar que os fanáticos pelas redes sociais estraguem o concerto …

Jovem portuguesa morre em Benidorm após atropelamento

Uma jovem de nacionalidade portuguesa com idade entre 25 e 30 anos e de identidade ainda desconhecida, morreu na noite desta terça-feira atropelada por um autocarro numa rua movimentada de Benidorm, Espanha, noticia a comunicação …

Matosinhos fecha mais uma escola. Já encerraram quase duas dezenas desde 2005

A Escola Básica da Portela, em Matosinhos, vai encerrar no final deste ano letivo pelo facto de a sua população escolar estar a diminuir “significativamente”, adiantou o vereador da Educação. Desde 2005, já fecharam quase …

Zona da Torre Eiffel vai ser quase toda pedonal a partir de 2024

A zona da Torre Eiffel será devolvida aos peões e transformada numa zona verde até 2024, anunciou a autarca de Paris durante a apresentação do projeto de reabilitação, projetado por uma arquiteta paisagista norte-americana. "Temos realmente …

Campeã olímpica e mundial de natação termina carreira aos 22 anos

O anúncio acontece depois de a Federação Lituana de Natação ter indicado que Meilutyte enfrentava uma sanção de um a dois anos de suspensão, por ter falhado três controlos antidoping. A nadadora lituana Ruta Meilutyte, que …

Sérgio Conceição é multado em 287 euros e escapa a suspensão

O treinador do FC Porto não foi alvo de suspensão (e poderá estar no sábado no banco da final da Taça de Portugal), mas foi multado em 287 euros e ser-lhe-á instaurado um processo disciplinar. O …

Áustria pode ficar sem Governo. Chanceler enfrenta moção de censura

O chanceler austríaco, Sebastian Kurz, vai enfrentar na segunda-feira uma moção de censura no Parlamento na sequência do escândalo do vídeo que envolveu o seu antigo parceiro de coligação, o partido de extrema-direita FPÖ. Kurz arrisca …

Deco alerta: Há slime à venda que é perigoso para as crianças

A Deco alertou esta quarta-feira que há à venda ‘slime’, uma massa de modelar viscosa, que é perigosa para as crianças, tendo já denunciado a situação à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE). O alerta …