Saúde do Norte em “colapso financeiro”

(dr) Hospital de São João

-

A Federação Nacional dos Prestadores de Cuidados de Saúde anunciou que a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte está em “colapso financeiro”, tendo já falhado pagamentos relativos a meios complementares de diagnóstico.

Em resposta, a ARS Norte assume ter tido “alguns constrangimentos de ordem financeira” no início do ano e garante que “grande parte da faturação em atraso já foi liquidada, prevendo-se para breve o pagamento na sua totalidade”.

“A ARS Norte deixou de cumprir os compromissos relativos à faturação de Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT) do setor convencionado com o Serviço Nacional de Saúde (SNS)”, acusa a Federação Nacional dos Prestadores de Cuidados de Saúde (FNS), num comunicado emitido esta quinta-feira.

Segundo a federação, “a ARS Norte e a Unidade Local de Saúde (ULS) Alto Minho falharam, em 31 de maio passado, o pagamento às instituições bancárias a que estavam obrigadas” e que financiam as faturas de exames e tratamentos nas clínicas convencionadas.

Na ausência de “qualquer previsão de regularização da situação”, diz a federação que “um dos principais bancos do sistema já avisou as clínicas convencionadas que deixaria de financiar as faturas da responsabilidade da ARS Norte e da ULS Alto Minho”.

“Isto terá imediatas repercussões dramáticas na tesouraria destas empresas”, defende a federação segundo a qual a situação “poderá pôr em causa o acesso da população à rede de MCDT Convencionados”.

A FNS refere ainda que “todo o setor teme o efeito dominó que poderá fazer perigar, a curto prazo, o financiamento das restantes ARS e fazer colapsar todo o sistema”.

Contactada pela Lusa, a ARS Norte informou que o presidente do Conselho Diretivo “definiu como prioridade do seu mandato a sustentabilidade da Instituição de modo a que nunca fosse colocada em causa a prestação de cuidados aos cidadãos”.

Referiu também ser este o motivo pelo qual pode hoje garantir não só “maior e melhor acessibilidade dos utentes aos cuidados de saúde”, mas também “o cumprimento com os encargos dos mesmos decorrentes”.

A ARS Norte salientou ainda defender a “cultura de proximidade e de diálogo, quer com as instituições que estão na direta dependência do Serviço Nacional de Saúde, quer com os demais prestadores – convencionados e outros com os quais mantém acordos de prestação de serviços”.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Desde 2013 que ando a denunciar a fraude que as Corporações de bombeiros cometem no transporte de doentes de e para os hospitais. Fraude essa que ao final do ano é de milhões de euros. Mas, até hoje nem a ARS, nem os Centros Hospitalares, nem o SNS, nem o Ministério da Saúde, assim como sendo do conhecimento do Ministério Publico, alguma destas instituições se incomodou com os pobres bombeiros. Que está a “roubar” o Estado não são os bombeiros, embora sejam coniventes: São os Comandantes e dirigentes das Associações que emitem documentos fraudulentos para recebem transportes de doentes que não são efectuados. Esse dinheiro daria para muitos tratamentos a doentes que deles necessitam.

RESPONDER

Infetados que furem quarentena podem arriscar prisão preventiva

Em Portugal, o crime de propagação de doença tem uma moldura penal que pode ir até oito anos de prisão, admitindo ainda medidas de coação privativas da liberdade, como é o caso da prisão preventiva. Assim, …

Conquistadores espanhóis usaram técnicas indígenas para construir as suas armas

Um novo estudo concluiu que os invasores espanhóis foram obrigados a aprender com os indígenas da Mesoamérica sobre a produção de cobre. Descobertas arqueológicas em El Manchón, no México, apoiam a ideia de que invasores espanhóis, desesperados …

Açambarcamento de medicamentos por Portugal? "É um total absurdo", diz Infarmed

O Infarmed - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde reagiu à acusação feita por uma organização belga, que dizia que Portugal está a fazer um armazenamento excessivo de medicamentos essenciais para o tratamento …

Descoberto âmbar com 40 milhões de anos com duas moscas a acasalar

Há 40 milhões de anos, no supercontinente Gonduana, duas moscas que se encontravam a acasalar viram-se, inesperadamente, numa situação complicada. De alguma forma, este par de moscas de pernas longas (Dolichopodidae) ficou preso na seiva pegajosa …

40 marinheiros do porta-aviões Charles de Gaulle com sintomas de covid-19

Quarenta marinheiros do porta-aviões francês Charles de Gaulle apresentaram recentemente "sintomas compatíveis" com os da infeção pelo novo coronavírus e estão sob "observação médica reforçada", anunciou o Ministério da Defesa. "A partir de hoje, uma equipa …

Medidas para as prisões, apoios às empresas, suspensão de tarifas. Parlamento discute mais de 100 iniciativas

Medidas excecionais para prisões e banca, mais apoios às empresas ou à cultura ou a suspensão de propinas e das tarifas de gás e luz são alguns dos temas que vão passar esta quarta-feira pelo …

Trump tem "interesse financeiro" em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua "cura" para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial "cura milagrosa" para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New …

Restos de bombas atómicas revelam longa vida dos tubarões-baleia

Cientistas estão a determinar a esperança de vida do maior peixe dos oceanos com a ajuda de testes de bombas atómicas realizados durante a Guerra Fria, entre os anos 50 e 60. Em perigo de extinção, …

Telescópio russo apanha o despertar de um buraco negro

O telescópio russo ART-XC do observatório espacial Spektr-RG detetou uma fonte brilhante de raios-X no centro da Via Láctea, que acabou por revelar ser o "despertar" do buraco negro 4U 1755-338. A descoberta ocorreu no passado …

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …