Satélite russo deteta “explosões” de luz desconhecidas na atmosfera da Terra

NASA

O telescópio de raios ultravioleta instalado no satélite russo Lomonosov detetou fortes “explosões” de luz de origem desconhecida na atmosfera da Terra.

“Parece que descobrimos novos fenómenos físicos. Ainda não sabemos qual é a sua natureza”, revelou Mikhail Panasuk, diretor do Instituto de Física Nuclear da Universidade Estatal de Moscovo à Sputnik.

O cientista explicou que, a uma altura de várias dezenas de quilómetros, o satélite Lomonosov registou várias vezes fortes “explosões” de luz, embora, por baixo, não houvesse nem nuvens nem tempestades. “O que causou a explosão? É uma questão em aberto”, disse Panasuk.

Ao mesmo tempo, o físico falou sobre a existência de outros fenómenos luminosos na atmosfera terrestre, alguns dos quais são bastante conhecidos, são os chamados sprites, descargas elétricas que ocorrem na mesosfera e termosfera, e os elves, emissões de luz na parte superior de uma nuvem de tempestade.

O cientista acrescentou que registar os raios cósmicos de altas energias através dos dispositivos do satélite não é uma tarefa fácil, devido à poluição luminosa. Panasuk sublinhou que o telescópio capta as luzes artificiais urbanas, o que obviamente impede a identificação de vestígios de raios espaciais.

“O satélite regista fenómenos luminosos de origem artificial, mas aprendemos a distinguir os fenómenos naturais que precisamos”, acrescentou Panasuk.

O satélite autónomo russo Lomonosov da Universidade Estatal de Moscovo foi colocado em órbita terrestre em 2016. O aparelho foi projetado para observar fenómenos transitórios na atmosfera superior da Terra, bem como estudar as características da radiação da magnetosfera do planeta para estudos cosmológicos.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vítimas do franquismo pedem investigação à origem das jóias que a família Franco vai leiloar

A Associação para a Recuperação da Memória Histórica (ARMH), que inclui familiares das vítimas do franquismo, pediu ao Governo espanhol que investigue a origem das jóias que a família Franco vai leiloar. De acordo com …

"Sem dúvida". Montenegro diz que era capaz de derrotar Costa

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro, que é agora candidato à liderança do partido, afirmou, em entrevista ao jornal Público e à Rádio Renascença, que era capaz de derrotar António Costa.  "Acho que era …

Rússia quer legalizar comércio de 'diamantes de sangue' africanos

Os diamantes exportados da República Centro-Africana estão associados à corrupção, à violência, à guerra civil, a violações e assassinatos. Agora, Moscovo anunciou que quer o fim do embargo internacional, buscando legalizar na totalidade a sua …

Economia abrandou, mas ainda é possível cumprir meta de crescimento

O Produto Interno Bruto cresceu 0,3% no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, metade do registado no segundo trimestre, mantendo o ritmo de crescimento, de 1,9%, na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo …

Sporting vai avançar com ação de despejo das claques

A SAD leonina vai avançar com uma ação de despejo para que as claques Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI deixem os espaços que ocupam no Estádio José Alvalade, avança A Bola esta quarta-feira. De …

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …

Imunidade diplomática deixa em liberdade suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico

O suspeito de homicídio, na forma tentada, ficou em liberdade depois de ter apresentado o passaporte diplomático às autoridades, que impede que seja detido ou constituído arguido. De acordo com a TVI24, um alto responsável da …

Zivkovic quer rescindir contrato com o Benfica

O extremo sérvio quer chegar a acordo com o Benfica para ficar livre a ano e meio do final do seu contrato mas, pelos vistos, a SAD encarnada nem quer ouvir falar dessa hipótese. De acordo …