Hospital São João trata mais doentes com menos dinheiro do que Santa Maria

Ivendrell / Wikimedia

Hospital de Santa Maria, Lisboa

O Tribunal de Contas arrasa a gestão do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, criticando os tempos de espera e a dívida descontrolada. Em comparação, o Hospital de São João, no Porto, trata mais doentes com menos dinheiro, segundo esta auditoria.

Os jornais Expresso e Diário de Notícias dão conta dos resultados de uma auditoria do Tribunal de Contas (TdC) efectuada à gestão dos centros hospitalares de Santa Maria, em Lisboa, e de São João, no Porto, entre 2014 e 2016.

E os resultados são arrasadores para o Santa Maria, com críticas à dívida descontrolada, que cresceu sete milhões de euros por mês em 2017, aos tempos de espera para atendimento de utentes, à menor produção e à pouca eficiência em termos de organização.

O “doente padrão custa menos 348 euros ao Estado no Hospital de São João” do que “os 2923 euros gastos pelo Hospital de Santa Maria”, salienta o Expresso, citando os resultados da auditoria.

“Se o Centro Hospitalar Lisboa Norte alcançasse custos por doente padrão iguais aos do Centro Hospitalar de São João teria obtido, no triénio, uma poupança 211 milhões de euros nos respectivos custos (87 milhões em 2014, 77 milhões em 2015 e 47 milhões em 2016), valores suficientes para o Estado financiar, aos preços actualmente praticados, a realização de três milhões de consultas externas ou o tratamento de 30 mil utentes com hepatite C2″, conclui o TdC, conforme transcreve o semanário.

A auditoria do TdC apurou também que os “esforços de recuperação económico-financeira” não estão a surtir os efeitos desejados, como cita o DN. O documento frisa que “parte substancial” (19%) das verbas públicas atribuídas ao hospital não se reflectem na prestação de cuidados de saúde, servindo antes para financiar as “ineficiências” e responder “ao contínuo crescimento da dívida aos fornecedores”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Carrinha com 52 migrantes entra em Ceuta após derrubar barreiras fronteiriças

Uma carrinha com 52 migrantes rompeu, esta madrugada, as barreiras fronteiriças entre Marrocos e Espanha para entrar no enclave espanhol de Ceuta, incidente que a Guarda Civil espanhola já está a investigar. A carrinha lançou-se a toda …

Chef que renunciou à estrela Michelin espera sair do Guia em 2020

O chef Henrique Leis, que em julho renunciou à estrela Michelin que o seu restaurante detinha há 19 anos, afirma que o seu "compromisso com a Michelin acabou" e espera não ver renovada a distinção …

Morreu a fadista Argentina Santos

A fadista portuguesa morreu, esta segunda-feira, aos 95 anos de idade. As exéquias realizam-se, a partir das 17h00, na Basílica da Estrela, em Lisboa. A fadista Argentina Santos, que esta segunda-feira morreu aos 95 anos, despediu-se …

Governo apresenta queixa no Ministério Público contra 21 pedreiras

O ministro do Ambiente e da Ação Climática anunciou que 21 pedreiras, de um universo de 185, estão em incumprimento por falta de vedações, exigidas pelo levantamento do Governo, tendo sido apresentada queixa ao Ministério …

Adeus EDP Universal. Vem aí a SU Eletricidade, mas os preços não mudam

A EDP Serviço Universal vai deixar de existir a partir de 15 de Janeiro de 2020. Em seu lugar vai nascer a SU Eletricidade, a nova marca do universo EDP que vai abranger os clientes …

Mais de 41 mil idosos vivem sozinhos ou isolados em Portugal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) sinalizou 41.868 idosos a viverem sozinhos ou isolados em todo o país em outubro no âmbito da operação "Censos Sénior", anunciou esta segunda-feira a guarda. Em comunicado, a GNR adiantou ter …

Vai nascer um Pavilhão de Gelo em Lisboa (com apoio do Governo e de fundos públicos)

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, está certo de que, ainda nesta legislatura, vai nascer um Pavilhão do Gelo para a prática de desportos em Lisboa, com apoio de …

Sudão. Crimes contra a humanidade em ataques que mataram 120 manifestantes

Os ataques que em junho mataram pelo menos 120 manifestantes no Sudão podem configurar crimes contra a humanidade, revelou um relatório divulgado pela organização Human Rights Watch (HRW), que pede justiça para as vítimas e …

Bloqueios na capital da Bolívia levam à escassez de alimentos e de combustíveis

Os bloqueios nas estradas de acesso a La Paz, capital da Bolívia, e aos arredores, usados nos protestos que se somam à tensa crise política, impõem aos bolivianos a falta de produtos básicos cujos preços …

Pais da bebé Matilde já ajudaram 38 crianças

Os pais da bebé Matilde, que sofre de uma doença rara, ajudaram 38 crianças com os cerca de dois milhões de euros angariados através de uma campanha de solidariedade. Na página de Facebook "Matilde, uma bebé …