Santo Antão. A ilha dos caminhos e das comunidades

Miguel Santos

A Ponta do Sol está recorrentemente no top 5 das paisagens rurais mais belas do mundo

ARTIGO PATROCINADO

Ver o dia a nascer como de fosse o princípio do mundo é coisa para acontecer mais do que uma vez em Santo Antão, principalmente se o objectivo for uma bela caminhada.

Plantada no mar à frente das outras nove, a mais ocidental ilha do Barlavento cabo-verdiano é também a mais montanhosa de todo o arquipélago, desenhada por caminhos de pedra que, desde sempre, unem as localidades vizinhas umas às outras. Ou melhor, comunidades – é assim que se designam as povoações, e isso diz muito.

Agora que crescem as estradas com espaço para quatro rodas, a rede de caminhos vicinais – chamam-se assim mesmo, a sublinhar a vizinhança – continua a ser crucial para a vida de todos os dias, para levar e trazer provisões, e para fascinar amantes das grandes caminhadas de todo o mundo.

O turismo de hiking e trekking, sustentável e em comunhão com a natureza, é um catalisador do desenvolvimento de Santo Antão, fazendo crescer projectos de alojamento e gastronomia locais apoiados nos sabores e nos saberes tradicionais, estimulando a agricultura e a transformação artesanal de produtos da terra, contrariando a emigração e promovendo a autonomia das comunidades.

Miguel Santos

A rede de caminhos vicinais continua a ser crucial para a vida de todos os dias

Com mapeamento e recuperação em curso pelo Projeto RAÍZES (Redes Locais para o Turismo Sustentável e Inclusivo em Santo Antão), que junta sociedade civil e autoridades locais num plano despoletado pela portuguesa ADPM – Associação de Defesa do Património de Mértola e financiado pelo Instituto Camões e pela União Europeia, essa rede de caminhos é uma espécie de mapa da felicidade, a percorrer com ou sem guia local, e com variados graus de dificuldade (que convém conhecer).

Partindo de Porto Novo, sede de concelho populosa e culturalmente rica – sobretudo quando a febre de Kola Sanjon (festas de S. João) invade as ruas, em Junho – há que subir a velha estrada de Corda, para lá da cordilheira montanhosa onde só pedras, acácias e cabras parecem crescer, em direcção ao Parque Natural da Cova, Ribeira da Torre e Paul.

Em Cova, da orla da cratera do vulcão adormecido com vista para o puzzle de terrenos agrícolas e casas tradicionais que cobre o vale, parte um dos caminhos vicinais mais extraordinários da ilha.

Miguel Santos

Ribeira da Torre fascina amantes de caminhadas de todo o mundo

São quase 13 quilómetros e cinco horas a ziguezaguear montanha abaixo até Vila das Pombas, mas valem cada músculo dorido do dia seguinte e pode-se recuperar em beleza na Casa Maracujá, em Cabo da Ribeira, onde além de alojamento se reinventam sabores tradicionais e se promovem os saberes locais.

A morabeza cabo-verdiana é forte em Santo Antão onde essa arte de bem receber e bem tratar toma forma de grogue e pontche, as bebidas tradicionais oferecidas à laia de aperto de mão em cada casa que visitamos.

Vanderlei Rocha produz o melhor que nos foi dado provar, feito em trapiche tradicional (um artefacto de madeira puxado por bois), com cana de açúcar cultivada ali mesmo como tudo o que alimenta as deliciosas refeições da sua Casa Branca, alojamento familiar em Ribeira da Cruz.

Em Fontaínhas, perto de Ponta do Sol, a comunidade que olha para o mar do cimo de falésias de cortar a respiração e está recorrentemente no top 5 das paisagens rurais mais belas do mundo, começa outro desafiante caminho vicinal – aquele que dá acesso exclusivo à povoação vizinha, o Corvo, e depois a Formiguinhas e, ainda mais além, a Cruzinha, onde se chega ao fim de valentes horas de subidas e descidas a pé e a pique.

Miguel Santos

Os preços de alojamento e dos produtos tradicionais são muito acessíveis

No extremo oposto da ilha, Tarrafal de Monte Trigo é o destino perfeito para descansar das grandes caminhadas, mas para lá chegar há que seguir o trilho de pedra que encaracola montanha abaixo até à praia e depois continua a serpentear pela falésia até Monte Trigo, uma das comunidades mais remotas da ilha.

Depois de 4 horas de caminhada paralela ao mar encontramos um campo de futebol e uma estalagem que serve peixe do mais fresco que há – pescado por quem o come, se quiser, que a pesca desportiva é outro ponto forte da região.

O local oferece ainda alojamento para turismo de terraço, modalidade muito praticada nesta ilha de noites quentes e sem predadores, onde até o mosquito rareia.

Os preços, muito acessíveis, incluem colchão, uso das infraestruturas na casa mãe (onde também há quartos tradicionais) e um bom pequeno almoço – experimente a cachupa, o tradicional cozido rico de milho e feijões cozinhado de novo no dia a seguir, com ovo estrelado e linguiça ou peixe frito.

Miguel Santos

Tarrafal de Monte Trigo é o destino perfeito para descansar das grandes caminhadas

Ao final da tarde, quando a comunidade se reúne para dois dedos de conversa e um jogo de futebol, a imensa praia de areia negra e águas quentes de Tarrafal de Monte Trigo é um postal vivo com pôr do sol.

Maria Calixto //

PARTILHAR

RESPONDER

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …

Especialistas alemães consideram que país já está a ter uma segunda vaga

Especialistas alemães consideram que o país já está a passar por uma segunda vaga de covid-19, ainda que não seja comparável à primeira. De acordo com o sindicato dos médicos Marburger Bund, o país já está …

Governo garante que julho foi o mês com mais testes à covid-19

O mês de julho registou o maior número de testes à covid-19, totalizando 431.178 rastreios e uma média diária de 13.909, revelou, esta quarta-feira, a secretária de Estado da Saúde. Na conferência de imprensa para fazer …

Imprensa chinesa acusa EUA de "abuso de poder" para roubar TikTok

Um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC) acusou esta quarta-feira os Estados Unidos (EUA) de "abusarem do seu poder" para "roubarem" o TikTok, ao forçarem a venda da aplicação de vídeos detida pela empresa …

"Poder militar supremo". Duas semanas de estado de emergência em Beirute

O Governo libanês decretou, esta quarta-feira, o estado de emergência por duas semanas em Beirute, na sequência das explosões no porto da capital. O último balanço feito pelo Governo aponta para 135 mortos. Pelo menos 135 …

43% dos restaurantes pondera avançar para insolvência

Cerca de 43% das empresas de restauração e bebidas e de 17% do alojamento turístico ponderam avançar para insolvência, informa o mais recente inquérito mensal da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP). "No …