Sánchez e Iglesias em conversações para “Governo de cooperação” em Espanha

ZIPI / EPA

O primeiro-ministro espanhol e líder do PSOE, Pedro Sánchez, com o líder do Podemos, Pablo Iglesias

O primeiro-ministro socialista espanhol e o líder do Unidas Podemos chegaram a acordo, esta terça-feira, para iniciarem conversações para tentar formar um “Governo de cooperação” que seja “plural, aberto e integrador”.

Depois do encontro entre os dois, tanto Pablo Iglesias como a porta-voz do PSOE (Partido Socialista) no parlamento, Adriana Lastra, sublinharam a disposição dos dois partidos em alcançar um acordo e defenderam que a melhor forma de entendimento seria um “Governo de cooperação”.

“Para nós o nome é o menos, o importante é o conteúdo” desse acordo, insistiu o líder do Unidas Podemos, que defende a inclusão de membros do partido nesse Executivo, possibilidade que os socialistas têm recusado, preferindo apenas o seu apoio parlamentar.

Na conferência de imprensa que se seguiu à reunião entre Pedro Sánchez e Iglesias, a porta-voz socialista assegurou que “não se falou de nomes” e preferiu realçar que o futuro executivo deve ser “plural, aberto e integrador”.

A soma do PSOE (123) e do Unidas Podemos (42) fica onze votos aquém da maioria absoluta (176) necessária para que Sánchez seja investido à primeira volta no Parlamento. O líder socialista terá por isso de negociar o apoio de outros partidos ou, na pior das hipóteses, a sua abstenção numa segunda volta, quando apenas precisar da maioria dos votos expressos.

Pedro Sánchez teve ainda encontros com os líderes do Partido Popular (direita), Pablo Casado, e Cidadãos (direita liberal), Albert Rivera, que deverão informá-lo de que não pode contar com o seu apoio nem com a sua abstenção para formar Governo. Esta quarta e na quinta-feira, o PSOE vai continuar a ronda de conversações com outros partidos de menor dimensão parlamentar.

O Rei espanhol, Felipe VI, anunciou na passada quinta-feira que Sánchez era candidato a ser investido, o que deverá acontecer ainda antes de agosto, consoante o resultado das conversações, principalmente com o Unidas Podemos.

“A alternativa a uma investidura viável é a repetição de eleições; a alternativa a um Governo socialista é obrigar os espanhóis a voltarem a votar, e que não haja dúvidas que as urnas também têm memória”, afirmou no último fim-de-semana o responsável pela “máquina” do PSOE, José Luís Ábalos, acenando com o fantasma de eleições para pressionar os restantes partidos.

Nas legislativas realizadas a 28 de abril, os socialistas foram o partido mais votado, com quase 29% dos votos, mas outros quatro partidos tiveram mais de 10%, acentuando a grande fragmentação política do país.

O PSOE tem 123 deputados eleitos (28,68% dos votos), o PP 66 (16,70%), o Cidadãos 57 (15,86%), a coligação Unidas Podemos 42 (14,31%), o partido de extrema-direita Vox 24 (10,26%), tendo os restantes sido eleitos em listas de formações regionais, o que inclui partidos nacionalistas e independentistas.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …

Relógio em Nova Iorque mostra o tempo restante para reverter efeitos do aquecimento global

O Metronome, icónico relógio digital de Nova Iorque, deixou de mostrar o tempo do dia-a-dia e mostra agora o tempo restante que o nosso planeta tem para reverter os efeitos do aquecimento global. O relógio digital …