Salário mínimo de 700 euros “é perfeitamente razoável”, diz líder da CIP

Pedro Nunes / Lusa

António Saraiva, presidente da CIP – Confederação Empresarial de Portugal

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva, considerou que é “perfeitamente razoável” que o salário mínimo nacional (SMN) alcance os 700 euros durante a próxima legislatura.

“Parece-me tão razoável como pode parecer outro qualquer… Cem euros durante a legislatura? Parece-me perfeitamente razoável, mas não estou com isto a amarrar a minha organização a que assim seja”, começou por dizer António Saraiva, em entrevista ao Jornal de Negócios e à Antena 1, este domingo publicada.

Explicando depois: “Eventualmente até podemos ser surpreendidos. Se a Economia o permitir até seria desejável que pudesse ser mais”, afirmou.

Já na semana passada, Pires de Lima, antigo ministro da Economia de Pedro Passos Coelho, defendeu que há margem para uma subida do SMN, considerando que “o Governo do PS é pouco ambicioso do ponto de vista económico”.

“Não faz sentido que as empresas vivam permanentemente na justificação de que só são competitivas pagando salários muito baixos. Como é que se consegue viver com 600 euros?”, questionou, em entrevista ao Jornal de Negócios e à Antena 1.

“É mandatório que as empresas tenham boas equipas de gestão, que essas equipas se foquem com os seus trabalhadores em propostas de valor que criem riqueza e que desse esforço de criação de riqueza resultem práticas salariais mais dignas para as pessoas”.

Ministro da Economia tem “peso político”

Na mesma entrevista, António Saraiva considerou que o ministro da Economia, promovido a ministro de Estado para a próxima legislatura, tem peso político. “[Siza Vieira] tem peso político (…) tem todas as condições para continuar a desenvolver nesta legislatura as políticas públicas que coloquem a Economia em sobreposição de outras pastas”.

Até então, o governante mostrou ser “a pessoa indicada, não só pela experiência que já traz da missão de crescimento que coordenou, pelas provas que já deu na anterior legislatura, pelos conhecimentos que tem, pela relação que tem estabelecido com todos nós, empresários, associações, enfim, o mundo real da Economia”, acrescentou, dizendo ainda esperar que o ministro da Economia tenha mais peso em na concertação social.

Ainda sobre a composição do novo Governo, que Costa apresentou na semana passada ao Presidente da República, o presidente da CIP confessa-se surpreendido com a escolha de Ana Mendes Godinho para Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Não posso dizer se é agradável ou se é desagradável. É surpresa porque não era expectável que fosse a anterior secretária de Estado do Turismo a ocupar esta pasta”.

“O seu currículo de facto aponta nesse sentido, é um quadro superior do ministério do Trabalho. Também não vou discutir a sua competência. Vamos esperar. Muitas vezes o cargo faz as pessoas. E a pessoa umas vezes transcende-se, outras vezes fica aquém dessas expectativas. Vamos dar o benefício da dúvida porque como eu tenho dito, e entre os parceiros sociais não sou apenas eu a dizê-lo, o que importa são as políticas, os objetivos que o ministério traça, mais do que a pessoa que comanda o ministério”.

A deputada bloquista Mariana Mortágua revelou também preocupações com o nome escolhido para o Ministério do Trabalho: “Preocupa-me um nome: o da Ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho”, disse, em entrevista à rádio Observador.

“Preocupa-me por um conjunto de posições que teve enquanto secretária de Estado do Turismo e por ser autora de algumas frases polémicas, dizendo, por exemplo, a empresas chinesas para fazerem de nós cobaias. São posições questionáveis quando se tem um cargo de promoção de investimento ou do Turismo porque essa é a mesma lógica que esteve por trás dos vistos gold”, justificou.

ZAP //

PARTILHAR

17 COMENTÁRIOS

    • 700 euros, são só 25 euros por ano, 4%… Para estancar a emigração e haver mão de obra para as empresas poderem trabalhar o salário líquido de impostos e contribuiçoes – aquilo que se recebe – deveria subir para os 800 euros, caso contrário as pessoas vão continuar a procurar em outros países melhores salários e vamos continuar a encolher e a ficar cada vez mais pobres .

      • Sim, mas o que eu quis dizer é que o Saraiva nem 700€/mês devia receber tendo em conta que, em 3 mandatos na CIP, não fez nada digno de registo!…

    • Não vai sair e a CIP até alterou os estatutos para esta nulidade continuar por lá!
      “CIP revê estatutos para permitir reeleição de António Saraiva”
      eco.sapo.pt/2019/10/14/cip-reve-estatutos-para-permitir-reeleicao-de-antonio-saraiva/

  1. Existem cargos que perpetuam no tempo.
    Não é possivel este me.da estar tanto tempo no lugar.
    Está a preparar o futuro pela mão do Costa. Deve ter taxo garantido assim que o mandarem embora.

    • O “patrão dos patrões” que está sempre a criticar o governo precisa de um tacho do Costa?!
      Está boa!…
      Esse “Olho Vivo” deve ver muito mal…
      Além disso, o Saraiva vai continuar à frente da CIP.

  2. Esqueci-me de referir que esteve é o mesmo “artista” que há menos de um ano (Nov 2018) dizia que o SMN não devia passar os 600€!
    “Patrões da indústria e do comércio recusam salário mínimo acima de 600 euros”
    publico.pt/2018/11/13/economia/noticia/confederacoes-industria-comercio-recusam-salario-minimo-acima-600-euros-1850967/amp?espv=1

  3. Saraiva vive com 700 euros? Ou conseguiria viver? Presumo que não. Então por que razão presume que os outros conseguiriam?
    Este Saraiva é da mesma escola do Jerónimo Martins e de tantos outros como ele. Construção de grandes impérios á custa do pagamento de baixos salários e da fuga aos impostos com deslocalização da sede da empresa para o estrangeiro.

  4. Tambem teem pensar em aumentar as pensões mais baixas deviam ser aumentadas não é so aumentar ordenados minimos de 100€ sem depois terem pib para aumentar as pensoes e minha pergunta é alguem consegue viver 281€ ou menos? E que pensam aumentar ordenados minimos para 100€ depois as pensões minimas é um aumento 6€a 10€ deviw era ser aumento 20€ nas reformas minimas baixo 300€

  5. Na verdade o salário mínimo até deveria ser mais.
    O grande problema é ninguém fala dos quadros médios. Neste momento a grande maioria dos engenheiros, enfermeiros, técnicos, etc. estão por volta dos 900€/1000€. Qualquer dia ganham tanto como alguém que não tem formação nem especialização.
    As universidades cada vez têm menos alunos (estão caras e a grande maioria das pessoas que se formam acabam a ganhar pouco mais do que o ordenado mínimo)
    Vamos acabar por ter uma nova onda de emigração.
    No meu caso tenho colegas com o 12º ano (que não percebem muito do que fazem) e eu com um mestrado (não me considero um especialista, mas tenho alguma experiência) ganho mais 150 Euros.
    Estou a tentar sair de Portugal. Infelizmente o pais não tem futuro.
    Está preso aos “direitos adquiridos” (por pessoas que não têm mérito para o merecer) e alguém com vontade é sempre “empurrado” para baixo para não mexer a “coisa”.

  6. Enquanto os portugueses nao tiverem mão firme contra a corrupção este país não vai a lado nenhum! Onde já se viu, 600 euros iliquidos, quer que nos próximos 4 anos passe para 700 euros iliquidos. E as empresas justificam , ah e tal não podemos pagar mais. Tudo tangas, assim como colocar um trabalhador nos quadros da empresa , com a alegação que este se torne menos responsável. O problema de Portugal é a corrupção e as empresas de trabalho temporário, enquanto não se prender os verdadeiros criminosos e banir de uma vez por todas as empresas de trabalho temporário isto não vai a lado nenhum! Diga-se, para uma multinacional contratar mão de obra barata, recorre a uma empresa de trabalho temporário, está por sua vez ganha metade do que o trabalhador receber sem fazerem nada! O povo não acorda! E depois temos este artista que o ano passado diz uma coisa e este ano já diz outra.

  7. Muito honestamente faltam mais protestos como se fazem nos outros paises ! Não se pode aceitar o que estão a fazer ao povo deste país! Ricos cada vez mais ricos e pobres cada vez mais pobres! É tudo uma fraude neste país! Não admira que os jovens cada vez mais procurem trabalho fora de Portugal! Será um país cada vez mais idoso. Sem oportunidades. Só para os fraudulentos.

RESPONDER

Liga dos Campeões: 32 equipas, 32 jogadores que podem brilhar

O melhor jogador da Liga portuguesa está na lista. Internacional português do Manchester City também entra nas escolhas. A Liga dos Campeões já arrancou, desta vez numa velocidade diferente, já que vai haver jogos em quase …

Facebook prepara medidas para controlar possível agitação eleitoral

Equipas do Facebook estão a analisar a possibilidade acalmar o conflito eleitoral nos Estados Unidos (EUA), implementando ferramentas internas projetadas para o que chama de países "em risco". Segundo fontes ligadas à empresa, citadas pelo Wall …

Vítor Aguiar e Silva é o vencedor do Prémio Camões 2020

O professor e ensaísta Vítor Manuel de Aguiar e Silva é o vencedor do Prémio Camões 2020, anunciado hoje pela ministra da Cultura, após reunião do júri. O Prémio Camões de literatura em língua portuguesa foi …

Football Leaks. José Miguel Júdice chama "ladrão" a Rui Pinto em tribunal

O antigo sócio fundador da sociedade de advogados José Miguel Júdice chamou esta terça-feira “ladrão” a Rui Pinto, denunciando a “violência moral e psicológica” do criador do ‘Football Leaks’ na 17.ª sessão do julgamento. “Fui visitado …

Josep Maria Bartomeu demite-se da presidência do Barcelona

Josep Maria Bartomeu apresentou, juntamente com o resto da direção do Barcelona, a demissão da liderança do clube. Bartomeu era contestado por vários adeptos e jogadores. A direção do FC Barcelona, liderada por Josep Maria Bartomeu, …

Navigator antecipa subsídio de Natal e dá prémios aos trabalhadores em ano de lucro de 20 milhões

A empresa portuguesa Navigator anunciou que vai pagar os subsídios de Natal mais cedo e distribuir prémios pelos trabalhadores. Decisão que surge em ano de pandemia, mas quando a empresa se apresta para divulgar um …

Governo prepara alargamento dos prazos para trocar prendas de Natal

O Governo espera dar mais 30 a 45 dias úteis, a contar a partir de 25 de dezembro, para trocas e devoluções de prendas de Natal. O Correio da Manhã avança, esta terça-feira, que o Governo …

Juan Carlos quer regressar a Espanha. Amigos dizem que tem receio de morrer fora do país

Hospedado nos Emirados Árabes Unidos, a rotina de Juan Carlos varia entre os seus aposentos e as idas ao ginásio. Contudo, o rei emérito está "extremamente" aborrecido na Ásia e tem receio da morte fora …

Justiça brasileira aceita nova acusação de branqueamento de capitais contra Lula da Silva

A Justiça brasileira aceitou uma nova acusação contra o ex-Presidente Lula da Silva, pelo alegado crime de branqueamento de capitais através de falsas doações do grupo Odebrecht, informou na segunda-feira o Ministério Público (MP). A acusação, …

A cada dois minutos há uma denúncia de agressões sexuais na União Europeia

Na União Europeia, a polícia regista um crime sexual a cada dois minutos, em média, segundo a Europol, que lançou, esta terça-feira, uma campanha em 19 países para procurar os agressores sexuais mais perigosos da …