Sahara já foi casa de algumas das maiores criaturas marinhas

American Museum of Natural History

Algumas das criaturas marinhas que viveram naquele que é agora o deserto do Sahara.

O Sahara nem sempre foi um deserto e há milhares de anos tinha animais, plantas e lagos. Cientistas descobriram agora que algumas das maiores criaturas marinhas viveram lá.

O deserto do Sahara é um dos maiores desertos do mundo, mas há milhares de anos atrás não era esse o caso. Os cientistas reconstruiram espécies aquáticas extintas que viviam lá e verificaram que são algumas das maiores do mundo. Os resultados da investigação foram recentemente publicados pela American Museum of Natural History Library.

O mar do Sahara teria 50 metros de profundidade e cobria mais de 3 mil quilómetros quadrados. De acordo com a paleontóloga responsável pelo estudo, Maureen O’Leary, o norte do Mali “parecia-se mais com Porto Rico”.

Os investigadores também recolheram informações necessárias para traçar um mapa geológico, ilustrando como é que o mar fluía durante os seus 50 milhões de anos de existência. Segundo o jornal britânico The Guardian, a investigação também permitiu saber mais sobre o limite K-Pg, que marcou o final da Era Mesozoica com a extinção em massa dos dinossauros.

A reconstrução das espécies revelou a existência de, por exemplo, cobras do mar com mais de 12 metros. O’Leary sugere que muitas espécies que habitavam o Sahara eram gigantes.

American Museum of Natural History

Reconstrução de um Dipnoicos, apelidado de “peixe pulmonado”.

“Colocamos a ideia de que talvez esse gigantismo insular possa dizer respeito a ilhas de água”, disse a investigadora. O gigantismo insular corresponde a um fenómeno biológico através do qual o tamanho dos animais isolados numa ilha aumenta drasticamente ao longe de várias gerações. Isto porque, para além de terem menos predadores, têm mais recursos disponíveis.

“O Sahara está cheio de pessoas. Às vezes estávamos a trabalhar naquilo que pareceria ser um deserto remoto, e alguém passava por nós numa bicicleta a motor. É um ambiente muito vivo”, disse O’Leary.

Expedições de 1999, 2003 e 2009 ao Sahara já tinham provado a existência passada de criaturas marinhas — e os próprios locais sabiam que o mar tinha passado lá. “Eles falavam-nos das conchas que encontravam e sabiam que se tratavam de conchas marinhas”, disse a paleontóloga.

O’Leary explicou que o facto de o Sahara já ter estado submerso mostra que há um precedente para alterações climáticas e aumento do nível do mar. “Espero que, ao entenderem estes exemplos históricos, as pessoas possam aceitar que o que os cientistas lhes dizem é verdade. E não só é verdade, como existem exemplos históricos de magnitude muito maior onde o planeta mudou”, rematou.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. há 8000 anos, a parte sul do sahara era verde devido à chuva motivada pelo fim da idade do gelo. daqui a uns milhares de anos voltará a ser verde com a próxima glaciação

    • Sim senhor.
      A esfinge sofreu erosão pela chuva, é prova que já existe desde essa época e não mais recente como os antropólogos mainstream nos querem fazer crer. Pois esse pequeno GRANDE pormenor significa ter que alterar muita coisa na história.

  2. “Há milhares de anos atrás” é melhor que há milhares de anos à frente. Tal como subir para cima é melhor que para baixo.

Responder a pv Cancelar resposta

Teoria sugere que os OVNIs são pilotados por humanos que viajam no tempo

https://vimeo.com/386497718 Objetos voadores não identificados (OVNIs) capturaram a atenção do público ao longo das décadas. Uma teoria defende que os pilotos dos OVNIs podem ser os descendentes dos humanos que viajam para o passado para estudar …

Vitória SC 1-2 FC Porto | "Dragão" vence com final louco

O FC Porto venceu o Vitória de Guimarães na Pedreira por 2-1 e é finalista da Taça da Liga portuguesa, marcando encontro com o Sporting de Braga (que venceu o Sporting na terça-feira) na final …

Empresa norte-americana quer recuperar o transmissor do Titanic que lançou as chamadas de socorro

A empresa privada norte-americana RMS Titanic Inc quer remover o equipamento de rádio da empresa Marconi que está entre os destroços do Titanic. A empresa pretende levar a cabo a "remoção cirúrgica" dos aparelhos de …

Luigi di Maio deixa liderança do Movimento 5 Estrelas

O líder do Movimento 5 Estrelas (M5S) demitiu-se da liderança, esta quarta-feira, e apelou a uma refundação do partido italiano, que atravessa uma crise interna e uma série de maus resultados em eleições regionais. Luigi Di …

Nova técnica combina injeções geladas e salgadas para combater a gordura

Uma equipa de cientistas, da Universidade de Harvard e do Hospital Geral de Massachusetts, testou um novo tratamento que derrete a gordura da barriga. A nova técnica, desenvolvida por investigadores da Universidade de Harvard e do Hospital …

Jogadores "imploraram pela vida" em Alcochete

O lateral esquerdo Lumor e o guarda-redes Salin foram ouvidos, esta quarta-feira, na 21.ª sessão do julgamento da invasão à academia leonina. Lumor, que está emprestado pelo Sporting ao Maiorca, de Espanha, foi ouvido através do …

Mais de metade dos jovens escolhe os mesmos empregos

Mais de metade dos adolescentes portugueses querem ter os mesmos empregos e, a nível internacional, muitos jovens escolhem carreiras que exigem qualificações académicas, mas para as quais não pretendem estudar. O maior inquérito que avalia o …

Salvador Sobral entra no filme de Will Ferrell sobre a Eurovisão

Salvador Sobral vai aparecer no filme "Eurovision" e já gravou uma cena com Will Ferrell. O vencedor da Eurovisão em 2017 vai cantar uma canção no filme da Netflix e ainda contracenar com o ator …

Para evitar a desertificação, há uma cidade a vender casas a 1 euro

A cidade de Bisaccia, em Itália, está a vender 90 imóveis por apenas um euro. O compromisso é que os compradores renovem as habitações. A cidade italiana de Bisaccia, no sul da Campânia, em Itália, está …

Daniel Podence a caminho do Wolverhampton

Daniel Podence deverá ser anunciado em breve como novo reforço dos Wolves, equipa inglesa orientada por Nuno Espírito Santo e na qual já jogam outros sete portugueses. De acordo com o jornal O Jogo, Daniel Podence …