Depois de os EUA sancionarem Ancara, Rússia está disponível para vender caças à Turquia

A Rússia anunciou estar disponível para vender a Ancara caças Sukhoi Su-35, aproveitando o crescente fosso entre os Estados Unidos (EUA) e a Turquia. A disponibilidade surgiu um dia depois de o Presidente Donald Trump ter vetado a venda e expulsado o aliado da NATO do programa dos caças furtivos F-35.

“Se os nossos parceiros turcos expressarem esse desejo, estamos preparados para trabalhar na entrega de Su-35”, garantiu o presidente da empresa estatal russa Rostec, Sergei Chemezov, citado pela Associated Press.

Segundo o Público, o Su-35 é o concorrente direto do mais recente caça norte-americano e tem sido adquirido por outros países, entre os quais a China (24) e a Indonésia (11), pelo seu desempenho em conflitos. Por exemplo, o caça russo teve um importante papel na guerra civil síria, ao apoiar o avanço das forças do regime de Bashar al-Assad.

Na quarta-feira, Donald Trump vetou a venda de 100 caças F-35, produzidos pela Lockheed Martin, por entender que a compra do sistema antimíssil russo S-400 pela Turquia é incompatível com a aquisição dos aviões furtivos usados por Estados-membros da NATO.

“Infelizmente, a decisão da Turquia em comprar o sistema antimíssil russo S-400 torna o seu envolvimento nos F-35 impossível”, disse em comunicado a porta-voz da Casa Branca Stephanie Grisham.

Há meses que Washington tentava impedir a compra do S-400 russo pela Turquia, mas quando, na sexta-feira passada, as suas primeiras peças chegaram à base militar de Murted, a noroeste da capital turca, tudo mudou. Fez avisos e ultimatos a Ancara e chegou a suspender a Turquia do programa dos F-35, mas sem efeito.

Ancara mostrou-se desagrada com a decisão norte-americana. O ministério dos Negócios Estrangeiros apelou aos EUA para que corrija “o erro” de afastar a Turquia do programa dos F-35, pois isso causará “feridas irreparáveis” nas “relações estratégicas”, indicou um comunicado citado Hurriyet.

Um porta-voz de do Presidente turco Recep Tayyip Erdogan expressou “desconforto” numa conversa por telefone com o conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, segundo a CNN Turk.

Na última cimeira do G20, em junho, Donald Trump teria garantido a Recep Tayyp Erdogan que a Turquia não estava a ser bem tratada e que não ia avançar com retaliações, contradizendo o ultimato feito nesse mesmo mês.

“Criou a expectativa de que impediria o embargo aos F-35, mas Trump acabou por ceder à forte pressão interna”, comentou ao site da Voice of America Huseyin Bagci, professor na Universidade Técnica do Médio Oriente, com sede em Ancara.

De acordo com o Público, a suspensão da venda dos F-35 é um duro golpe para Ancara. A sua indústria aeronáutica é muito dependente dos contratos de fornecimento de 937 componentes do caça no valor de 12 mil milhões de dólares, segundo a Foreign Policy. Além disso, Recep Tayyip Erdogan contava reformar a frota da Força Aérea, composta por F-16 de fabrico norte-americano, e dos quais muitos já têm décadas de serviço.

O chefe de Estado turco não tem alternativa senão procurar a aquisição de caças com capacidades semelhantes noutros países, o que pode representar um realinhamento das alianças regionais no Médio Oriente.

“A Turquia vai provavelmente olhar para os recentes caças da China e Rússia, o que vai alienar ainda mais o Ocidente e empurrar a Turquia para o Oriente”, disse Huseyin Bagci.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A mais recente espécie de macaco foi encontrada em laboratório e não numa expedição

A nova espécie de macaco, o Popa langur, foi descoberta em laboratório. Ao contrário do que se possa pensar, muitas das espécies descobertas não são encontradas numa expedição. A descoberta do Popa langur, um macaco encontrado …

Desapareceu tão misteriosamente como apareceu o monólito do deserto do Utah (e apareceu outro na Roménia)

O monólito de metal descoberto, na semana passada, no meio do deserto do Utah, nos EUA, desapareceu sem deixar rasto. O mistério adensa-se em torno do objecto que alguns já apelidaram de "extraterrestre", até porque …

The Crown: O que é verdade e ficção na nova temporada?

Não é novidade que as famílias reais da Europa, em especial a família real britânica, sempre despertaram muita curiosidade e interesse por parte do público. Desta forma, a plataforma de streaming Netflix decidiu investir, em …

Hubble avista possível "jogo de sombras" do disco em torno de um buraco negro

Algumas das vistas mais deslumbrantes do nosso céu ocorrem ao pôr-do-Sol, quando a luz do Sol penetra nas nuvens, criando uma mistura de raios brilhantes e escuros formados pelas sombras das nuvens e pelos feixes …

No Japão, houve mais suicídios num mês do que mortes por covid-19 no ano todo

No mês de outubro, o número de suicídios no Japão foi superior ao número de mortes por covid-19 desde o início da pandemia. De acordo com os dados do governo, foram registados 2153 suicídios no …

YouTube cria o primeiro videoclipe "infinito" de sempre. Reúne todas as versões de "Bad Guy" de Billie Eilish

"Bad Guy" de Billie Eilish tornou-se o primeiro vídeo de música infinito de sempre. Celebrando o facto de ter atingido a marca de mil milhões de visualizações, a artista juntou-se ao YouTube e criou uma …

Marítimo 1 - 2 Benfica | Águia faz terapia no “divã” de Pizzi

Após duas derrotas consecutivas para o campeonato (contra o Boavista e o Braga), o Benfica regressou às vitórias, na visita ao Marítimo, por 2-1. Um resultado que não disfarça as dificuldades e a intranquilidade que …

A Coreia do Sul vai ter táxis aéreos. Serão usados em serviços de emergência e turismo

A empresa chinesa de mobilidade aérea EHang concluiu três voos de teste na Coreia do Sul para demonstrar o seu novo transporte de passageiros. Trata-se de um táxi aéreo com capacidade de resposta de emergência …

Tartarugas marinhas transportadas para a Flórida depois de sofrerem reação hipotérmica

Quarenta tartarugas marinhas em vias de extinção foram transportadas para a Florida, nos Estados Unidos, depois de sofrerem uma reação de hipotermia na costa de Massachusetts. Quando as tartarugas marinhas são expostas à água fria por …

Apoiante de Trump doou 2,5 milhões para combater os resultados eleitorais. Agora, quer o dinheiro de volta

Um investidor de capital de risco da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, que doou 2,5 milhões de dólares para ajudar o ainda Presidente norte-americano, Donald Trump, a contestar os resultados eleitorais que deram a …