Rússia proíbe transexuais de tirar a carta

A Rússia aprovou uma polémica lei que proíbe travestis e transexuais de conduzir, motivando duras críticas de ativistas dos Direitos Humanos, incluindo um destacado conselheiro do Kremlin.

A legislação, que entrou em vigor esta semana, inibe qualquer pessoa diagnosticada com uma série de distúrbios de personalidade e de identidade de género, incluindo travestis e transexuais, de conduzir.

A lista também inclui pessoas com fetiches sexuais, voyeurs e pedófilos, além de jogadores patológicos e cleptomaníacos.

Em 2012, o Presidente russo, Vladimir Putin, assinou uma lei que proíbe que seja passada informações sobre homossexuais a menores, apesar da oposição de defensores dos Direitos Humanos internacionais, bem como de estrelas globais, como a cantora Madonna.

O argumento para aprovar esta nova legislação é a intenção de diminuir as elevadas taxas de mortes por acidentes rodoviários, retirando das estradas condutores com determinadas condições médicas.

No entanto, um membro do conselho dos direitos que trabalha junto do Kremlin veio a público questionar a justificação para esta lei, considerando que aparenta desrespeitar os Direitos Humanos.

Yelena Masyuk, jornalista e membro do conselho de direitos do Kremlin, destacou a “possível injustiça da retirada do direito a conduzir a pessoas que tenham desordens de identidade de género e preferência sexual”.

“Não compreendo porquê, por exemplo, pessoas com fetiches, cleptomaníacos ou transexuais não podem conduzir um carro”, disse Masyuk, no seu blog no site do conselho de direitos.

A Associação de Advogados da Rússia para os Direitos defendeu, num comunicado, que a proibição “obviamente contradiz normas internacionais“.

O grupo apontou que a proibição irá abranger vários comediantes e estrelas populares na Rússia.

“Se um homem condutor for vestido como mulher e for filmado por uma câmara da polícia, perderá a sua licença”, escreveu um comentador, Kolya Bakhtinov, numa página russa de notícias sobre homossexuais.

“Mais e mais restrições, olá Coreia do Norte!”, acrescentou.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Sudão aprova criminalização da mutilação genital feminina

O Conselho Soberano, a mais alta autoridade do Sudão, aprovou a criminalização da mutilação genital feminina (MGF), uma prática muito antiga que continua generalizada no país, anunciou o Ministério da Justiça. O Conselho Soberano, composto por …

Andrzej Duda reeleito Presidente da Polónia

O chefe de Estado polaco venceu a segunda volta das eleições Presidenciais com 51,21% dos votos, derrotando o liberal Rafal Trzaskowski, anunciou, esta segunda-feira, a Comissão Eleitoral. Segundo a Comissão Eleitoral, Andrzej Duda conseguiu a reeleição …

Manifestantes criticam escolha de Macron para o Ministério do Interior. Ministro é acusado de violação

Ativistas dos direitos das mulheres protestaram, em França e no estrangeiro, contra a nomeação do novo ministro do Interior, acusado de violação, e do ministro da Justiça, que ridicularizou o movimento #MeToo. Ativistas dos direitos das …

Cinco meses depois, chefes de diplomacia da UE voltam a reunir-se em Bruxelas

A reunião contempla temas como o impacto da pandemia, a situação na Líbia, Hong Kong e na Venezuela, as relação da União Europeia com a Índia e África e o Processo de Paz do Médio …

Há 12 países que conseguiram escapar à pandemia

Tendo em conta os casos registados e comunicados oficialmente pelas autoridades, há 12 países no mundo que não registam qualquer caso de infeção. Segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins, a covid-19 chegou a 188 países, mas, …

"Prisioneira em casa" há 4 meses. Algarvia já fez 14 testes e não se livra do coronavírus

A algarvia Tânia Poço está infectada com o novo coronavírus há quatro meses. Nesta altura, já não tem sintomas de covid-19, mas os testes que tem feito continuam a assinalar a presença do vírus naquele …

Mais duas mortes e 306 novos casos em Portugal

Portugal regista, esta segunda-feira, mais duas mortes e 306 novos casos de infeção por covid-19 em relação a domingo. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos 306 novos casos (aumento de 0,7%), 254 são …

15.299 casos num só dia. Florida bate recorde

Este domingo, o estado norte-americano registou 15.299 casos no espaço de 24 horas. Se a Florida fosse um país, seria o quarto com mais casos de covid-19 em todo o mundo. O estado da Florida, nos …

Partidos de Direita vencem eleições na Galiza e País Basco

As eleições regionais disputadas hoje em Espanha fortaleceram os partidos no poder, com o Partido Popular (direita) a alcançar a quarta maioria absoluta consecutiva na Galiza e o Partido Nacionalista Basco (PNV-centro-direita) a triunfar no …

Processo de sucessão de António Costa "já começou" (e há "coisas muito estranhas" na EDP)

O comentador Luís Marques Mendes disse, no seu habitual espaço de comentário de domingo, que “a guerra da sucessão de António Costa já começou", acrescentando que “os delfins de António Costa andam especialmente ativos“. Para o …