Rússia não descarta terrorismo em queda de avião no Mar Negro

Adrian Pingstone / Wikimedia

Avião Tupolev Tu-154 da Russian Airlines

As autoridades russas estão a trabalhar em sete hipóteses diferentes para determinar as causas do acidente que envolveu o avião militar que caiu no domingo no Mar Negro este domingo, e uma delas é a de atentado terrorismo.

Segundo revelou esta quinta-feira o Ministério da Defesa da Rússia, a hipótese de um acto de terrorismo é uma das que está a ser considerada como causa da queda, este domingo, de avião militar russo Tupolev Tu-154.

Embora os dados recolhidos pelas caixas-pretas  permitam concluir que não houve explosão a bordo da aeronave, está a ser considerada a possibilidade de falha mecânica provocada de forma propositada.

“Após uma primeira análise das caixas-pretas, concluímos que não houve explosão a bordo. Mas, além de uma explosão, poderia haver uma ação mecânica de qualquer tipo”, disse o chefe de segurança das Forças Aeroespaciais da Rússia, Sergei Bainetov, citado pela agênca EFE.

“Um atentado terrorista não tem que estar necessariamente associado a uma explosão a bordo”, explicou Bainetov.

“Cada acidente aéreo tem muitos aspectos. As causas podem ser apontadas tanto a um factor humano, como a aspectos técnicas ou às condições externas”, afirmou o militar.

No início das investigações sobre as circunstâncias do acidente, a comissão governamental trabalhava com mais de 15 hipóteses para o ocorrido. No entanto, após uma primeira análise das duas caixas-pretas, as possibilidades foram reduzidas a 7, entre elas a de atentado terrorista.

As primeiras conclusões oficiais sobre as causas da tragédia só serão conhecidas dentro de um mês.

A primeira análise à caixa negra do avião, encontrada esta terça-feira, apontava para erro humano.

No entanto, as autoridades confirmaram que houve um falha técnica instantes antes da queda do avião no mar.

“É óbvio que houve um falha técnica, mas as suas causas devem ser esclarecidas pelos especialistas”, disse o ministro dos Transportes da Rússia, Maxim Sokolov.

O Tu-154 militar russo caiu nas águas do Mar Negro instantes após partir do aeroporto da cidade de Sochi, onde tinha feito uma breve escala para reabastecer combustível.

A bordo da aeronave viajavam 64 membros do Coro do Exército Vermelho da Rússia, 9 jornalistas, 8 militares, 8 tripulantes, 2 funcionários e a famosa médica Elizaveta Glinka.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Tribunal dos Estados Unidos confirma 18 anos de prisão para familiares de Maduro

Um tribunal de apelação de Nova Iorque ratificou a condenação a 18 anos de prisão de dois familiares do Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, por conspiração para enviar droga para os Estados Unidos. "Fica ordenado, julgado …

Ana Gomes espera "verdadeiro Portugal Leaks" com Rui Pinto a colaborar com a justiça

A antiga eurodeputada Ana Gomes considerou que “é um verdadeiro Portugal Leaks” que se pode esperar a partir de agora, depois de Rui Pinto aceitar colaborar com a justiça portuguesa. O criador do Football Leaks e …

Exames nacionais adiados. Terceiro período arranca a 14 de abril (mas à distância)

Esta quinta-feira, António Costa falou ao país para anunciar que o 3.º período irá recomeçar no dia 14 de abril, mas sem aulas presenciais. Os exames nacionais do ensino secundário foram adiados para julho e …

TAP. Estado equaciona reformas antecipadas sem penalizações

O Jornal Económico escreve esta quinta-feira que o Estado pondera avançar com reformas antecipadas sem penalizações na TAP, visando assim diminuir o impacto da pandemia de covid-19 na companhia aérea portuguesa. Apesar de a empresa ter …

Santa Maria ganha 40 camas para os cuidados intensivos

A maior unidade hospitalar do país reforçou capacidade dos Cuidados Intensivos para os doentes infetados, passando das atuais 80 camas para cerca de 120. O Hospital Santa Maria, em Lisboa, vai quadruplicar a sua capacidade …

"Isto é criminoso". Estivadores dizem que há risco de portos pararem

"Da forma como estamos a trabalhar nos portos, corremos o risco de todo o contingente ficar parado, porque não há nenhum cuidado em termos de criar equipas rotativas", garantiu o líder sindical. O presidente do Sindicato …

Demitiu-se o diretor do serviço de cirurgia e transplantação do Curry Cabral

Américo Martins demitiu-se esta quarta-feira por ter visto impedida a proposta de reorganização com circuitos independentes no hospital. O diretor do Serviço de Cirurgia Geral e Transplantação do Hospital Curry Cabral, Américo Martins, demitiu-se esta quarta-feira …

Bancos impedidos de cobrar comissões por operações digitais. Acesso a jogos online limitados

Os bancos vão ficar impedidos de cobrar comissões por operações de pagamento através de plataformas digitais dos prestadores de serviços, segundo uma proposta do PEV com alterações do PS aprovada no Parlamento. O projeto de lei …

Pessoas assintomáticas devem usar máscara, diz Centro Europeu de Controlo de Doenças

Num relatório divulgado na quarta-feira, o Centro Europeu de Controlo de Doenças (ECDC) referiu que as máscaras podem reduzir a propagação do novo coronavírus de pessoas assintomáticas, recomendando a sua utilização. De acordo com o Público, …

Portugal ultrapassa as 400 vítimas mortais. Cordão sanitário em Castro Daire equacionado

Portugal regista esta quinta-feira 409 mortos associados à covid-19, mais 29 do que na quarta-feira, e 13.956 infetados (mais 815), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Trata-se de um aumento de 6% …