Rússia acusa Facebook e Google de interferir nas suas eleições

A acusação da Rússia contra duas das maiores empresas tecnológicas dos Estados Unidos é apenas a mais recente medida do Governo do país para tentar controlar o acesso dos cidadãos à Internet.

Depois da polémica em torno da alegada interferência russa nas eleições norte-americanas de 2016, é a Rússia que se queixa do papel do Facebook e Google nas eleições regionais deste domingo, segundo avança a Reuters.

A entidade estatal russa que monitoriza as comunicações afirma que as duas empresas tecnológicas permitiram a disseminação de propaganda política durante as eleições regionais deste domingo, apesar de terem sido interpeladas para que proibissem essa difusão.

Segundo o Observador, o regulador entende que “essas ações podem ser vistas como uma interferência nos assuntos de Estado da Rússia, prejudicando a condução das eleições democráticas na Federação Russa”.

As eleições regionais aconteceram este fim de semana depois de vários candidatos da oposição terem sido excluídos, o que motivou grandes protestos em Moscovo, nos quais centenas de manifestantes foram presos.

De acordo com o RT, Aleksandr Malkevich, membro da Câmara Cívica da Federação Russa, alega que a Google mostrou anúncios relativos ao sistema “Smart Voting” promovido por Aleksay Navalny, líder da oposição ao Kremlin, a utilizadores do motor de busca que procuravam por informação acerca das eleições regionais.

Já o Facebook bloqueou, alegadamente, duas publicações feitas pela Comissão de Eleições de Moscovo, as quais indicavam que possíveis interferências eleitorais estariam a ser investigadas.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. ahahahahahahah os russos são tão anormais…
    Interferiram na eleição do anormal do Trumpa e agora queixam-se?
    …Muito bom!

  2. Não me surpreende minimamente que essas empresas demoníacos interfiram em todos os países devido ao enorme poder que possuem. Se calhar a Rússia devia fazer o mesmo que eu, no meu computar o fb e guguele estão interditadas.

RESPONDER

A Bugatti está a vender um carro elétrico "para crianças". Chama-se Baby II e custa 30 mil euros

A Bugatti e a Little Car Company, sediada em Londres, uniram-se para criar 500 Bugattis elétricos em miniatura para crianças. Agora, fruto dos desenvolvimentos mundiais, alguns veículos ficaram disponíveis para compra. O mais recente brinquedo da …

50 anos de monarquia e uma guerra de dias. A pandemia "matou" a micronação mais antiga da Austrália

O reinado de 50 anos de uma micronação na Austrália chegou ao fim devido ao impacto económico da pandemia de covid-19, que fez com que o autodeclarado principado se rendesse ao país. Hutt River, um principado …

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …

Trump abandona conferência de imprensa após ser confrontado por jornalista com mentira que disse 150 vezes

O Presidente norte-americano abandonou uma conferência de imprensa, este sábado, depois de ter sido confrontado por uma jornalista com uma mentira que já terá dito mais de 150 vezes sobre cuidados de saúde para os …