Rússia e Qatar podem perder a organização dos Mundiais se for provada corrupção

Walter Bieri / EPA

Joseph Blatter no 65º Congresso da FIFA em Zurique

Joseph Blatter no 65º Congresso da FIFA em Zurique

A Rússia e o Qatar podem perder a organização dos Mundiais de futebol de 2018 e 2022 caso se prove que a sua candidatura venceu “através de corrupção”, revelou este domingo um dirigente da FIFA, depois de uma semana manchada por escândalos.

“Se existirem provas de que o Qatar e a Rússia conquistaram a organização do Mundial graças a corrupção, então essa organização pode ser-lhes retirada”, disse Domenico Scala, presidente da Comissão de Auditoria da FIFA, em entrevista ao jornal SonntagsZeitung.

Ainda assim, o dirigente garantiu que, até à data, “essas provas não foram entregues”.

A declaração surge após novo caso que abalou o futebol internacional, nomeadamente em torno do Mundial de 2010 na África do Sul e um processo de compra de votos que decorreu no Egito, com o personagem principal a ser Jack Warner, ex-vice presidente da FIFA.

O antigo ministro dos Desportos do Egito, Aley Eddine Helal, confirmou hoje as acusações contra o dirigente de Trinidad e Tobago, nomeadamente a chantagem para adjudicação do Mundial de 2010.

“Disse-nos que poderia garantir sete votos e pediu-nos um milhão por cada um”, revelou.

Warner está igualmente ligado ao escândalo de 10 milhões de dólares (nove milhões de euros) alocados para as Caraíbas pela Africa do Sul, após ter conquistado o Mundial de 2010.

O dirigente de Trinidad e Tobago era na altura presidente da CONCACAF (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caraíbas) e, segundo a BBC, boa parte deste dinheiro acabou nos seus bolsos.

Os sucessivos escândalos no futebol Mundial surgiram após o Departamento de Justiça dos Estados Unidos ter indiciado nove dirigentes ou ex-dirigentes e cinco parceiros da FIFA, acusando-os de associação criminosa e corrupção nos últimos 24 anos, num caso em que estarão em causa subornos no valor de 151 milhões de dólares (quase 140 milhões de euros).

A acusação foi conhecida horas depois de o Ministério da Justiça e a polícia da Suíça terem detido sete dirigentes da FIFA na quarta-feira, num hotel de Zurique, a dois dias das eleições.

O escândalo já fez uma vítima: o presidente Joseph Blatter apresentou a sua demissão quatro dias de depois ter sido reeleito para um quinto mandato.

Futebol365 / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. AVISO AOS DISTRAIDOS

    Esta é uma golpada com fundo de verdade. A corrupção existe há muitas décadas, nunca ninguém quis saber disso. Os americanos não são ninguem no futebol, nem têm adeptos de jeito, a não ser alguns emigrantes hispânicos.
    A golpada é retirar a organização do Mundial 2018 à Rússia. É mais um golpe dos mesmos que planearam e supotaram os golpistas nazi/fascistas na Ucrânia para o derrube dum presidente democraticamente eleito.
    Pensem bem nisto. São os mesmos facinoras que nos impuseram a toika e nos usurparam a soberania.

RESPONDER

Ruas de Águeda entre as "mais bonitas do mundo" para a CNN

As ruas do centro de Águeda, no distrito de Aveiro, decoradas com guarda-chuvas estão entre as 21 mais bonitas de mundo para a emissora norte-americana CNN. A distinção é avançada pelo jornal Público, que dá …

Hospitais vão poder pagar mais a médicos para garantir urgências no Natal

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, …

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …

Último debate. Boris defendeu o Brexit e Corbyn falou da Saúde (pelo menos 15 vezes cada um)

No debate televisivo, transmitido pela BBC, o último antes das eleições da próxima quinta-feira, Boris Johnson defendeu que é o melhor preparado para concretizar o Brexit e terminar com o impasse no processo, prometendo ainda …

No São José, há um doente numa cama 9 meses depois de ter alta. Não tem para onde ir

O Centro Hospitalar Lisboa Central tem diariamente uma média de 70 camas ocupadas com doentes que já deviam ter saído do hospital e há atualmente um caso que espera há nove meses por uma solução. Em …

Rio diz ser preocupante "notória desvalorização" que PS faz do ministro das Finanças

O líder do PSD disse, esta sexta-feira, ser preocupante a "notória desvalorização" que o Governo tem feito do ministro da Finanças, apontando como exemplo as novas regras de contratação nas PPP. "Temos assistido nos últimos dias …

Morreu a indiana que foi queimada quando ia a caminho do tribunal

A suposta vítima de violação, que foi incendiada a caminho de uma audiência de tribunal, morreu, esta sexta-feira, num hospital de Nova Deli. A mulher foi atacada por um grupo de homens na cidade de Unnao, no …

André Ventura avança com castração química para quem abusa de menores

André Ventura, líder e deputado único do partido Chega, entregou esta sexta-feira na Assembleia da República um projeto de lei que cria a pena acessória de castração química, agravando a moldura penal para os abusadores …

Centeno com apoios de peso para recandidatura ao Eurogrupo

Ao que tudo indica, o ministro das Finanças não deverá ter grande oposição em Bruxelas caso queira um segundo mandato como presidente do Eurogrupo. De Bruxelas chegam notícias de que Mário Centeno já terá apoios para …

Bruno Lage: "Respeito as opiniões, mas sou eu o treinador"

O Benfica venceu com uma goleada, esta sexta-feira, no terreno do Boavista (4-1) e aumentou provisoriamente para cinco pontos a vantagem sobre o FC Porto na liderança do campeonato. No final do jogo, o treinador do …