/

Rui Rio eleito líder parlamentar com 89,9% dos votos

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

O presidente do PSD, Rui Rio, foi eleito esta quarta-feira líder parlamentar do partido com 89,87% dos votos, cargo a que concorria sem oposição.

Rui Rio foi eleito líder parlamentar do PSD, através de voto secreto, com 89,87% dos votos. Do total de 79 votantes, houve 71 votos a favor, seis votos brancos e dois nulos. Não houve abstenção.

Os resultados da votação, que decorreu esta tarde no gabinete do grupo parlamentar do PSD, foram revelados aos jornalistas pela assessora de imprensa do líder do PSD. Rui Rio irá substituir no cargo Fernando Negrão, eleito em 22 de fevereiro de 2018, com menos de 40% de votos favoráveis, numa legislatura em que o PSD tinha 89 deputados.

Rui Rio passa assim a acumular o cargo de presidente do partido com o de líder parlamentar, pelo menos de forma transitória, enquanto decorre o processo de diretas, que culmina com o congresso de fevereiro.

O anterior líder parlamentar antes de Negrão, Hugo Soares, tinha sido eleito em julho de 2017 com 85,4% de votos, correspondentes a 76 votos favoráveis, 12 votos brancos e um nulo. Antes dele, Luís Montenegro exerceu funções de líder parlamentar do PSD desde junho de 2011, quando foi eleito com 86% dos votos, tendo sido sucessivamente reeleito em outubro de 2013, com 87% dos votos, e em novembro de 2015 com quase 98% dos votos, sempre sem oposição.

Rui Rio, que é recandidato à presidência do PSD, já disse ter a intenção de dirigir a bancada apenas até ao próximo congresso por não querer que aconteça a um futuro líder o que lhe aconteceu a si, quando há dois anos teve de afastar Hugo Soares do cargo após assumir a direção do partido.

Rio terá seis vice-presidentes na direção da bancada (menos um do que teve o seu antecessor, Fernando Negrão): como primeiro ‘vice’ o deputado Adão Silva (Bragança), seguindo-se Carlos Peixoto (Guarda), Luís Leite Ramos (Vila Real), Clara Marques Mendes (Braga), Ricardo Baptista Leite (Lisboa) e Afonso Oliveira (Porto).

Adão Silva e Carlos Peixoto transitam da anterior direção parlamentar, liderada por Fernando Negrão, enquanto Luís Leite Ramos já tinha sido ‘vice’ sob a presidência de Hugo Soares.

Como secretários da direção do grupo parlamentar, a lista de Rio integra Isaura Morais, que foi cabeça de lista por Santarém, Catarina Rocha Ferreira (Porto) e o secretário-geral adjunto Hugo Carneiro (também deputado pelo Porto).

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.