/

Rui Pinto diz que o mundo do futebol “é a mesma porcaria há anos”

Rui Pinto / Twitter

Rui Pinto deu ao jornal germânico Der Spiegel a sua primeira entrevista desde que está preso em Portugal. O jovem português abriu o livro sobre a sua detenção e falou sobre o mundo do futebol, que “é a mesma porcaria há anos”.

Apesar do desfecho que teve, Rui Pinto vê mérito no projeto Football Leaks, que revelou alguns dos podres do futebol a nível mundial. O whistleblower (ou pirata informático) lança duras críticas ao estado atual do desporto rei e diz que a situação não mostra sinais de melhorar.

“No ano passado a Der Spiegel e o EIC [European Investigative Collaborations] revelaram como os grandes clubes da Europa planeavam juntar forças para uma Superliga exclusiva. Depois da publicação, todos negaram essas notícias“, começou por dizer.

“Mas reparem nas notícias mais recentes. Florentino Perez, o presidente do Real Madrid, criou uma nova associação internacional de clubes, que irá concorrer com a UEFA e a Associação de Clubes Europeus. Eles querem fazer a Superliga. É a mesma porcaria há anos. E continua“, acrescentou Rui Pinto, citado pelo Expresso.

Nos últimos quatro anos, Rui Pinto entregou à Der Spiegel mais de 70 milhões de ficheiros que foram analisados juntamente com o EIC. Até ao momento, em Portugal, não são conhecidos desenvolvimentos de processos relacionados com o Football Leaks. Por outro lado, em Espanha, por exemplo, Cristiano Ronaldo foi condenado a dois anos de prisão com pena suspensa e ao pagamento de quase 19 milhões de euros ao fisco.

Ao Der Spiegel, Rui Pinto reitera que não considera ser um hacker. “Para mim pirataria é entrar à força num sistema e explorá-lo. Nunca o fiz”, atirou.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE