Rúben Semedo reforça gregos do Olympiacos (e Sporting recebe 900 mil euros pela transferência)

José Sena Goulão / Lusa

O defesa português Rúben Semedo é reforço do Olympiacos, clube da primeira divisão grega de futebol treinado pelo também luso Pedro Martins, para a próxima temporada, anunciou esta quarta-feira o Villarreal, que detinha o passe do jogador.

Num curto comunicado no sítio oficial da Internet, o clube espanhol não revelou os valores da transferência do antigo futebolista do Sporting, desejando apenas “muita sorte para a sua nova etapa profissional”.

Apesar de não terem sido revelados valores, o jogador terá custado cerca de 4,5 milhões de euros aos gregos e o Sporting recebe 900 mil euros, de acordo com o jornal espanhol AS, citado pelo Record.

No acordo do negócio que levou o defesa-central para o emblema espanhol por 14 milhões de euros, a direção de Bruno de Carvalho salvaguardou o direito a 20% de uma futura transferência de Rúben Semedo. A este valor há ainda que acrescentar uma quantia baixa referente aos direitos de formação.

Também o Olympiacos confirmou, através do Twitter, a chegada à equipa do atleta, de 25 anos, que representou Rio Ave e Huesca na última época, encontrando agora os compatriotas José Sá, Roderick Miranda, Gil Dias e Daniel Podence.

Na semana passada, Rúben Semedo, que jogou por empréstimo durante meia época ao serviço do Rio Ave, disse que gostaria de voltar a jogar em Portugal, não descartando eventuais interesses do Benfica do do FC Porto. O futebolista disse que os alegados interesses de FC Porto e Benfica são “sinal de reconhecimento” do bom trabalho que faz e que espera dar continuidade.

Porém, a direção do Sporting incluiu uma cláusula anti-rivais no processo de negociação com o Villarreal, o que poderia condicionar o futuro do jogador em Portugal. De facto, o destino de Ruben Semedo é a Grécia.

A carreira de Ruben Semedo ficou marcada pelas acusações de tentativa de homicídio, lesões corporais graves, sequestro, ameaças, posse ilícita de armas e de roubo com violência, tendo permanecido 141 dias preso. O ex-jogador do Sporting foi incriminado por gotas de sangue e mensagens com ameaças encontradas no seu telemóvel.

Uma pessoa que apresentou queixa a 12 de fevereiro de 2018 afirmou que Rúben Semedo e outros dois homens o ataram e agrediram, deslocando-se depois ao seu apartamento, com as suas chaves, para lhe roubar dinheiro.

O Villarreal, que já tinha aberto um processo disciplinar ao jogador português, anunciou, através de um comunicado, que suspendeu o contrato e o salário de Rúben Semedo, demonstrando a sua “consternação” com os “graves delitos imputados” ao central. O clube explicou que a suspensão salarial iria manter-se até que houvesse uma decisão final no âmbito do processo disciplinar aberto ao atleta.

O processo podia até acabar com o despedimento por justa causa de Rúben Semedo. O Villarreal podia alegar que o defesa não está a cumprir a sua parte do contrato, uma vez não pode comparecer ao trabalho no clube, por estar em prisão preventiva.

Era a terceira vez, nos últimos meses, que o jogador português está envolvido em incidentes graves que estão a ser investigados pela polícia espanhola. Rúben Semedo já tinha sido detido em novembro de 2017, depois de alegadamente ter ameaçado e agredido um homem, nas imediações de uma discoteca de Valência. Em outubro, o futebolista esteve envolvido noutro incidente no parque de estacionamento de uma discoteca, onde terá agredido um jovem na cabeça com uma garrafa de vidro.

O internacional sub-21 português teve mais quatro anos de contrato com o Villarreal, com um salário da ordem dos 1,3 milhões de euros líquidos, por época.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais duas mortes e 501 casos nas últimas 24 horas em Portugal

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) indica que Portugal registou, nas últimas 24 horas, 501 novos casos de covid-19. O relatório desta quinta-feira (15 de abril) dá também conta de mais duas mortes …

PCP quer criar crime de enriquecimento injustificado com pena agravada para políticos

O PCP propôs esta quinta-feira, no Parlamento, a criação do crime de enriquecimento injustificado, com penas até três anos, mas que é agravado para titulares de cargos políticos e públicos, até aos cinco. O projeto dos …

Câmara de Lisboa estende testagem gratuita a todos os moradores

A Câmara de Lisboa decidiu alargar, a partir de quinta-feira, a testagem gratuita nas farmácias à covid-19 a todos os moradores, deixando o programa de estar limitado às freguesias com maior incidência da doença, foi …

"Fechaduras", testemunha do julgamento de Tancos, está em parte incerta

Paulo Lemos, conhecido como "Fechaduras", testemunha da acusação e da defesa no caso de Tancos, não compareceu em 08 de março à audiência e voltou a não aparecer esta quinta-feira, com o Tribunal de Santarém …

General que lidera o SIRESP apresenta demissão

O Diário de Notícias avança, esta quinta-feira, que o general que lidera o SIRESP apresentou demissão, tendo invocado "razões pessoais". De acordo com o Diário de Notícias, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, já recebeu …

Agente que matou Daunte Wright vai ser acusada por homicídio de segundo grau

A polícia que matou a tiro, no domingo, um jovem afro-americano em Brooklyn Center, no Minnesota, Estados Unidos, vai ser acusada por homicídio de segundo grau. Depois de ter apresentado a demissão da polícia de Brooklyn …

Sócrates acusa juiz de ir "além do seu poder" e PS de "profunda canalhice"

O ex-primeiro-ministro afirmou que o juiz de instrução "não tem o direito" de o indiciar "de crimes novos" e acusou o "mandante" de Fernando Medina na liderança do PS de "profunda canalhice". Foi a primeira entrevista …

Ana Gomes critica "silêncio ensurdecedor" do PS (e teme que ainda exista "o culto de Sócrates")

A ex-candidata à Presidência da República Ana Gomes criticou esta quinta-feira António Costa e outros dirigentes do PS por se manterem em silêncio relativamente ao caso Operação Marquês e responsabilizou vários governos pela ineficácia no …

Líder do CDS/Madeira recebeu 30 mil euros do financiador do Chega, a seis semanas das regionais

Rui Barreto, líder do CDS na Madeira, recebeu um total de 29.880 euros de César do Paço, o conhecido financiador do Chega. O "empréstimo" foi concedido a poucas semanas das eleições regionais que levaram o …

Autarcas e bombeiros exigem que Governo mantenha SIRESP a funcionar

As declarações do presidente da Altice Portugal de que o SIRESP ia "acabar a 30 de junho" fizeram soar os alarmes. Autarcas e bombeiros querem que o Governo mantenha a rede de emergência. Na quarta-feira, em …