Rouba, mas faz: eleitores preferem a competência ao carácter

jcl_pao / Flickr

O investigador da Universidade de Coimbra Bruno Paixão afirmou que as vitórias eleitorais de autarcas envolvidos em casos judiciais se devem, em parte, ao facto de os eleitores “preferirem” políticos com reputação de competências a reputação de caráter.

“Muitas vezes, faz-se erradamente uma análise da reputação. Olha-se para a reputação como algo que tem a ver apenas com o caráter do sujeito político”, mas há também a perceção que os indivíduos têm sobre “as competências” dos políticos, explicou.

Bruno Paixão, que é membro do projeto de investigação “Corrupção Política nos Media“, dinamizado pelo Centro de Investigação Media e Jornalismo, vai abordar esta quinta-feira a questão da reputação de políticos na sua comunicação no Congresso Internacional em Comunicação Política e Estratégias de Campanha, em Santiago de Compostela, Espanha.

Se o eleitor tem a perceção de que o autarca “resolve problemas concretos da população e se os resolve melhor do que os outros”, leva a que “a reputação de caráter perca terreno face ao terreno da competência”, referiu, frisando que os eleitores portugueses “preferem a competência ao capital moral ou ético“.

O investigador recordou o caso de Ademar de Barros, governador de São Paulo, que usou em campanha o lema “Rouba, mas faz”.

O efeito de pragmatismo leva a que os cidadãos “prefiram ter a estrada alcatroada à sua porta”, observou Bruno Paixão, salientando ainda que esta situação deve-se também a “uma questão cultural, enraizada nas sociedades” da Europa do Sul, como Espanha, Grécia, Itália ou Portugal.

Para além destas razões, pode-se ainda apontar para “um certo efeito de anestesia”, conformismo e um sentimento de “impotência” por parte dos eleitores perante este tipo de situações.

O investigador recordou alguns casos portugueses, como Isaltino Morais, Fátima Felgueiras e Valentim Loureiro, que, apesar de envolvidos em processos judiciais, venceram as eleições nas suas autarquias em 2005.

/Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Não posso estar de acordo com o rouba mas faz. Mas atendendo aos elevados custos que os dedicados e patriotas politicos nos causam seja por roubo e ou por incompetencia, e para os quais não se vai vendo melhoras, como diz o povo venha o diabo e escolha, entre dois males o povo lá vai escolhendo o menor.

  2. trata-se de um problema com 2000 anos – já Pilatos perguntou: Jesus que se auto-denomina filho de Deus, ou Barrabás, ladrão e assassino? E o povo gritou: Barrabás!

RESPONDER

Portugal já está a vacinar 100 mil pessoas por dia. 10% da população já tomou duas doses

Na quinta-feira, cerca de 100 mil pessoas receberam a vacina contra a covid-19, o que antecipa em uma semana esta meta definida pela task force do plano de vacinação. Cerca de 100 mil pessoas receberam a …

Açores vão ter testes gratuitos em farmácias e rastreios laborais aleatórios

Os Açores vão passar a disponibilizar testes rápidos gratuitos para o despiste da covid-19 nas farmácias, testes de saliva para a testagem massiva aos alunos e rastreios laborais aleatórios, anunciou esta quinta-feira o secretário regional …

Uma morte e 377 novos casos nas últimas 24 horas. Rt e incidência recuam

O boletim da DGS desta sexta-feira dá conta de mais 377 novos casos em Portugal. Registou-se ainda mais um óbito. Nesta sexta-feira, dia 7 de maio, o país tem 22.421 casos ativos, menos 114 do que …

MP investiga morte de bebé que terá sido esquecido no carro em Lisboa

O Ministério Público instaurou um inquérito para averiguar as circunstâncias da morte de uma criança de dois anos que terá ficado esquecida no interior de um carro, em Lisboa. A mãe ter-se-á esquecido do bebé …

Governo está a preparar contestação de providência cautelar sobre Zmar

O ministro da Administração Interna afirmou hoje que já está a ser preparada a contestação à providência cautelar que suspende a requisição civil das casas do complexo Zmar, adiantando que o Ministério não foi ainda …

Subsídio europeu de 150 euros mensais para tirar 5 milhões de crianças da pobreza severa

Arrancou nesta sexta-feira, no Porto, a Cimeira Social promovida pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Um momento que o ex-ministro Pedro Marques aproveita para lançar a ideia de um novo apoio social de …

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …