Cientistas fazem reconstrução facial de um guerreiro escocês do séc XV

(dr) Face Lab / Liverpool John Moores University

Cientistas reconstruiram digitalmente o rosto daquele que terá sido um membro poderoso de um clã do século XV da Escócia, que terá morrido num violento conflito com um clã vizinho.

Corria o ano de 1957 quando arqueólogos descobriram um túmulo do século XV na Igreja de Saint Colman, na vila piscatória escocesa de Portmahomack, que, para além de dois esqueletos masculinos, continha ainda mais quatro crânios.

Agora, escreve o Live Science, especialistas forenses conseguiram um vislumbre de como um desses homens teria sido em vida, depois de reconstruirem o rosto altamente detalhado de um dos esqueletos.

Em declarações ao mesmo site, Cecily Spall, arqueóloga do Field Archaeology Specialists (FAS), explica que os dois esqueletos provavelmente seriam de chefes de um clã local, que terão morrido durante confrontos com um clã vizinho quando tinham entre 46 e 59 anos.

De acordo com um comunicado da FAS, o túmulo estava centralmente localizado no interior das ruínas da igreja perto da entrada, o que sugere a importância das pessoas ali enterradas.

Além disso, a igreja terá incendiado no final dos anos 1400, mais ou menos na mesma altura em que houve uma batalha entre os clãs Ross e MacKay (o conflito no qual estes dois homens podem ter perdido a vida).

Inicialmente, o túmulo continha apenas um esqueleto de um homem que sofrera terríveis ferimentos de espada no rosto. Aliás, um dos ferimentos foi tão grave que quase separou o queixo do resto da face. À volta da cabeça, estavam dispostos quatro crânios sem os maxilares inferiores, embora os investigadores não saibam ainda dizer se pertenciam a familiares, amigos ou até inimigos.

De acordo com os arqueólogos, o caixão foi aberto “talvez uma geração depois”, tendo sido colocado o corpo de outro homem no seu interior. “O crânio do primeiro homem foi movido para o pé do caixão para dar lugar à cabeça do segundo homem, que também foi cercada por outros crânios”, disse Spall.

Foi o rosto deste segundo homem que os cientistas decidiram reconstruir digitalmente. Segundo Ching Yiu Jessica Liu, uma das responsáveis da Face Lab — projeto da Escola de Arte e Design de Liverpool que ajudou nesta iniciativa — a equipa calculou primeiro a profundidade média dos tecidos moles faciais, a partir de conjuntos de dados de rostos europeus modernos. De seguida, os investigadores usaram texturas faciais de alta resolução para criar características individuais “baseadas na morfologia do crânio”.

De acordo com Spall, os cientistas vão nos próximos tempos fazer uma investigação mais aprofundada deste túmulo com seis crânios, que usará técnicas como datação por radiocarbono, análise de ADN e análise isotópica estável para descobrir mais pistas, “incluindo a data dos enterros, a datação dos outros crânios, possíveis conexões familiares e aparência física”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …

Rússia anuncia início de ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19

A Rússia vai começar os ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19 em 50 soldados que se ofereceram para participar nos testes, anunciou esta terça-feira o Ministério da Defesa. "Para verificar a segurança e eficácia …

Montenegro tem uma carta na manga para promover o turismo

Para incentivar o turismo, Montenegro tem a intenção de usar a carta da segurança sanitária para convencer os turistas estrangeiros a visitar o país. No dia 25 de maio, Montenegro declarou-se um "país livre de coronavírus" …