Ronnie O’Sullivan: “Nunca olho para o sorteio, quero lá saber com quem jogo”

World Snooker Tour / Twitter

Ronnie O’Sullivan

Declarações curiosas de um dos melhores jogadores de snooker de sempre, depois de ter ultrapassado Mark King no campeonato do Reino Unido.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Ronnie O’Sullivan é um perito em jogar snooker, é um dos melhores de sempre na modalidade. Mas é também um perito em declarações curiosas, «fora da caixa».

Nesta segunda-feira o inglês superou Mark King na terceira ronda do UK Championship, o campeonato do Reino Unido.

Depois de ter vencido o seu compatriota por 6-3, em York, Ronnie confessou que estava “satisfeito” por ter continuado no torneio, por ter vencido Mark King, um jogador “complicado”.

“Mark é um jogador difícil, tive de me focar. Estou a tentar voltar ao meu melhor”, disse o inglês à BBC, falando sobre a sua forma mais recente.

No ano passado Ronnie O’Sullivan foi campeão mundial (pela sexta vez) mas, desde aí, nunca mais voltou ao topo. Foram 15 meses de desilusões, incluindo apenas uma meia-final ao longo de toda esta temporada. No Mundial 2021 não foi além da segunda ronda.

“Já não tenho muito tempo e este é um último esforço para ver como me safo. Estou a tentar jogar uma bola de cada vez. O resultado é irrelevante, só quero aplicar-me“, continuou o jogador.

Na antevisão ao próximo jogo, dos oitavos-de-final, o «foguete» revelou que não quer saber do nome do seu próximo adversário: “Nunca olho para o sorteio, não me interessa. Não quero saber com quem vou jogar. Mas estou a desfrutar de tudo o que faço, descobri um caminho que, comigo, funciona. Gosto da minha vida, agora”.

O’Sullivan não quer saber mas, na próxima ronda, vai defrontar Noppon Saengkham, da Tailândia. Saengkham venceu um duelo muito equilibrado com Stuart Bingham, por 6-5.

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.