Ronaldo alega que o Real Madrid o pressionou a pagar a Kathryn Mayorga

Javier Lizon / EPA

Cristiano Ronaldo assegura que só aceitou pagar a Kathryn Mayorga, a norte-americana que o acusa de violação, porque o Real Madrid o pressionou nesse sentido. Um dado que surge numa altura em que a polícia de Las Vegas refere que o avançado não está acusado de nenhum crime.

O caso de violação que envolve Cristiano Ronaldo continua a dar que falar. O futebolista está em Lisboa, com a namorada, e deverá aproveitar o tempo para se reunir com advogados, de modo a preparar a sua defesa.

Uma das linhas de argumentação que o capitão da Selecção Portuguesa vai usar é que terá sido pressionado pelo Real Madrid a assinar o acordo de confidencialidade com Kathryn Mayorga, desembolsando mais de 300 mil euros em troca do seu silêncio, como reporta o Correio da Manhã (CM).

Aquando da alegada violação, em 2009, o Real Madrid tinha acabado de contratar Ronaldo ao Manchester United e terá ficado preocupado com as repercussões que a acusação sobre o atleta teria para a reputação do clube.

O CM destaca que Ronaldo não queria pagar, porque alegava ser inocente, mas que o Real Madrid insistiu para que ele o fizesse.

Este dado surge depois de rumores vindos de Itália que apontam que Ronaldo acredita que este caso, bem como outras situações desportivas recentes, fazem parte de uma “conspiração” do Real Madrid para prejudicar a sua carreira, como forma de vingança pela sua saída do clube espanhol.

Na sua defesa do processo de violação, o avançado também deverá alegar que Kathryn Mayorga lhe montou uma armadilha, procurando descredibilizar a sua versão do que aconteceu. Nesse sentido, Ronaldo assegura que depois de terem feito relações sexuais consentidas, os dois voltaram à discoteca onde se conheceram – Kathryn Mayorga alega que depois de ter estado no quarto com o avançado, onde diz ter sido violada, se foi embora.

Ronaldo também argumenta que as lesões que Kathryn Mayorga apresentou no hospital, no exame feito quando apresentou queixa em 2009, foram cometidas por “outra pessoa”.

Polícia quer ouvir Ronaldo

Entretanto, um porta-voz da polícia de Las Vegas refere à imprensa italiana que Ronaldo ainda “não foi acusado de nenhum crime”. Mas as autoridades querem ouvi-lo no processo e admitem fazê-lo como “pessoa interessada no caso” e “não como arguido”.

A advogada de Kathryn Mayorga, Larissa Drohobwczer, revela também à CMTV que a estratégia de acusação passa por implicar o primo e o cunhado de Ronaldo como testemunhas. Os dois homens estariam no quarto de hotel onde terá ocorrido a alegada violação.

Por outro lado, a Gestifute, a empresa de Jorge Mendes que representa Ronaldo, desmente que o advogado David Chesnoff esteja a tratar da defesa do jogador. Chesnoff é conhecido como o “advogado das estrelas” depois de ter defendido vedetas como Mike Tyson e Harvey Weinstein em casos de abuso sexual e violação.

O advogado não é David Chesnoff. Não foi anunciado por nós, não foi anunciado pelo Ronaldo. Ninguém do lado do Ronaldo divulgou ou confirmou o nome do advogado”, refere uma fonte oficial da Gestifute ao Observador.

A publicação admite que o advogado portuense Carlos Osório de Castro, que já representava Ronaldo aquando do acordo de confidencialidade assinado com Kathryn Mayorga, deverá continuar à frente da defesa do atleta.

E em defesa de Ronaldo, surge uma ex-namorada do craque, a italiana Raffaella Fico, que teve um relacionamento com Ronaldo em 2009. “Foram 11 meses de amor“, diz a modelo no programa “Un Giorno da Pecora” da Rádio italiana RAI Radio1, concluindo que Ronaldo “sempre foi um verdadeiro cavalheiro” com ela.

SV, ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Não à fumo sem fogo…
    Já começa a haver muitos comentários sobre a situação e outras mulheres a falar do mesmo…
    O momento é oportuno mas quando se paga por algo que “diz” não se fez é muito duvidoso… ou então o $$ é tanto que basta levantar rumores para se dar os $$ pedidos.

    Espero que as acusações sejam falsas mas a verdade é que a carreira do Ronaldo parece estar perto do fim…

    • é mesmo esta gente, onde pelos vistos está incluído. Um personagem com o estatuto como o do Ronaldo qualquer situação menos própria pode dar azo a que se crie uma novela á volta do assunto. Devem haver muitos ânus rasgados e mal tratados, mas neste caso os milhões falam mais alto,( não excluo a de ele ser culpado, mas nove anos depois!!!!).

Manuel Godinho julgado em novo processo de fraude fiscal

O sucateiro Manuel Godinho, principal arguido no processo Face Oculta, vai ser julgado no Tribunal de Aveiro num novo processo de fraude fiscal, que terá lesado o Estado em cerca de 330 mil euros. Além de …

Camorra, droga e a queda meteórica: Eis o novo documentário do mítico Maradona

O documentário "Diego Maradona", produzido pelo cineasta britânico Asif Kapadia, estreou-se esta semana no Festival de Cinema de Cannes, e promete trazer "imagens inéditas" sobre a vida atribulada do antigo futebolista argentino. Kapadia, que produziu já …

Mais de 90% dos portugueses reformam-se sem saber quanto vão receber

Nove em cada dez pensionistas não conhecia o valor que iria receber até seis meses antes da data da reforma. Cerca de 30% dizem que gostariam de se ter reformado mais tarde. A maioria dos portugueses …

PS quer aprovar já diploma do direito a desligar do trabalho (PSD está reticente)

O PS quer aprovar até 19 de julho uma proposta que defina quando é que os trabalhadores têm ou não direito a desligar do trabalho. PSD não revela, para já, o seu sentido de voto. Segundo …

Menino ou menina? Hong Kong é o centro do tráfico de teste proibido na China

Na China, o teste para saber o género dos bebés é proibido, lei criada para controlar o nascimento de crianças do sexo masculino. Contudo, nas redes sociais, tem aumentado o número de individuos que se …

Estivadores do Porto de Setúbal aprovam novo contrato coletivo de trabalho

Os estivadores do porto de Setúbal aprovaram esta quinta-feira, por unanimidade, o acordo do novo contrato coletivo de trabalho negociado entre o sindicato e as entidades patronais. Segundo o presidente do Sindicato dos Estivadores e Atividade …

Senado brasileiro aprova projeto que criminaliza a homofobia

O senado brasileiro aprovou um projeto que criminaliza a homofobia. Quem "impedir ou restringir a manifestação razoável de afetividade de qualquer pessoa em local público ou privado aberto ao público", excetuados os templos religiosos, poderá …

Magistrados europeus denunciam destruição do Estado de Direito na Turquia

Os magistrados europeus afirmam que há "sinais muito sombrios na área da justiça", dando o exemplo da Turquia onde há uma "campanha para destruir a independência do poder judicial e o Estado de Direito." A MEDEL …

Câmara de Lisboa terá gastado ilegalmente quatro milhões de euros em obras sem concurso

A Câmara de Lisboa terá gastado ilegalmente quase quatro milhões de euros em obras públicas feitas sem o respetivo concurso. A conclusão é de uma fiscalização do Tribunal de Contas que analisou três empreitadas e concluiu …

Juros da dívida portuguesa atingem mínimo histórico abaixo dos 1%

Os juros da dívida portuguesa atingiram, esta quinta-feira, o valor mais baixo de sempre. Pela primeira vez, ficou abaixo dos 1%, chegando aos 0,995% no prazo a dez anos. Às 9h30 desta quinta-feira, os juros da …