Trauma pós-Ronaldo: O pesadelo do Real Madrid não tem fim

Rodrigo Jimenez / EPA

Na noite desta terça-feira, o Real Madrid foi eliminado da Liga dos Campeões pelo Ajax, depois de uma derrota caseira por 1-4. Este é mais um dos desaires dos “Merengues” na era pós-Ronaldo.

“Uma temporada de merda”. É assim que Dani Carvajal, lateral direito do Real Madrid, caracteriza a desapontante época dos madrilenos. O espanhol assume que a época “está acabada”, já que o clube está fora da corrida a todos os títulos. “Vamos continuar a trabalhar na Liga, porque é o que temos e há que ser profissional”, acrescentou.

Na liga, o Real Madrid vai a 12 pontos do líder Barcelona. O cenário seria compreensível, não fosse o emblema de Madrid uma equipa habituada a ganhar (e em fartura). Muitos culpam Florentino Pérez, outros culpam o treinador Santiago Solari e há ainda quem fale da ausência de Ronaldo.

O fantasma de Cristiano Ronaldo parece estar preso no sótão do Bernabéu e sem intenções de sair tão cedo. O desaire frente ao Ajax desolou os jogadores e foi uma verdadeira chapada de luva branca a Sergio Ramos.

Isto se tivermos em conta que o central forçou o amarelo na primeira mão da eliminatória, para que fosse poupado para o segundo jogo. Com a vitória por 1-2 em Amesterdão, o internacional espanhol achou que a passagem à próxima fase estaria garantida. O karma encarregou-se de lhe mostrar o contrário.

E enquanto a sua equipa recebia uma lição de futebol diante dos seus adeptos, Sergio Ramos estava em casa a gravar mais alguns capítulos do documentário da Amazon sobre o jogador.

O problema não será o navio, mas sim o timoneiro

Neste último encontro, os adeptos fizeram-se ouvir com cânticos que pediam a demissão de Florentino Pérez. O presidente dos “Galáticos” tem sido questionado em relação às suas últimas decisões. A venda de Ronaldo à Juventus, a saída surpreendente de Zidane e a breve passagem de Julen Lopetegui no comando técnico.

Marcelo, Bale, Kroos, Casemiro e Mariano Díaz são alguns dos nomes que têm mostrado cada vez mais a sua insatisfação. A queda do império de Florentino pode estar cada vez mais próxima, caso este lote de jogadores saia no próximo mercado.

No terceiro posto da liga, a chegada de José Mourinho continua a ser posta em equação. “Voltar? Não tive problema em voltar ao Chelsea”, disse Mourinho, no início desta semana, em declarações à Deportes Cuatro. O antigo presidente do Real Madrid, Ramón Calderón, foi dos primeiros a validar essa hipótese.

Nos três anos que passou por Madrid, o “Special One” conquistou uma La Liga, uma Taça do Rei e uma Supertaça espanhola.

“Quem precisa de Ronaldo?”

Com nove temporada passadas em Madrid, Ronaldo tornou-se numa lenda viva do clube, com números e recordes que falam por si. Ironicamente, alguns fãs madrilenos nunca parecem ter dado o devido valor ao internacional português — muito menos depois da sua saída no fim da época passada.

“Não sabes o que tens, até o perderes”, escreveu um utilizador do Twitter, ilustrando a publicação com uma imagem da vitória por 1-4 do Real Madrid, frente ao Ajax, em 2012. Ronaldo fez três dos golos dos espanhóis, num jogo a contar para fase de grupos da Champions. José Mourinho era o treinador na altura.

A verdade é que Cristiano Ronaldo está nas suas “sete quintas” após a saída de Madrid. Na Juventus, o português leva 21 golos em 35 jogos oficiais. Além disso, a Vecchia Signora lidera o campeonato, sem ainda ter conhecido o sabor da derrota.

Atualmente, o melhor marcador do Real é o francês Karim Benzema, que conta com 20 golos em 43 jogos. Um registo aceitável, até olharmos para os números de Ronaldo na sua última temporada ao serviço dos “Merengues”.

Em apenas mais um jogo que Benzema, Ronaldo marcou 44 golos — mais 24 do que Benzema. O rácio perfeito de um golo por jogo de CR7 parece ser inatingível e quem sente isso na pele é o Real Madrid.

Há duas vertentes no futebol: aquela que se joga dentro de campo e aquela que se passa fora das quatro linhas. Ronaldo é, na verdade, um campeão em ambas. Não só trouxe números à Juventus com os seus golos e assistências, como também disparou números na parte financeira.

O craque português ainda nem tinha chegado a Turim e já as ações do clube italiano na Bolsa de Milão valorizaram em mais 7,35%, algo como 130 milhões de euros. Olhando para estes valores, os 117 milhões de euros pagos pela Juventus pelo passe de Ronaldo (segundo dados do Transfermarkt) tornam-se obsoletos.

A situação do Real Madrid continua, por enquanto, por resolver. Não se sabe quem será o bode expiatório: se Solari, se Florentino; mas sem sombra de dúvida, o Real Madrid está ainda a ressacar do efeito alucinogénio, que só Cristiano Ronaldo causava.

DC,ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …

João Cotrim Figueiredo eleito presidente da Iniciativa Liberal com 96% dos votos

João Cotrim Figueiredo foi eleito, este domingo, presidente da Comissão Executiva da Iniciativa Liberal, uma candidatura única que recolheu 96% dos votos na III Convenção Nacional do partido. A III Convenção Nacional do partido decorre hoje …

Inteligência artificial decifra manuscrito que pode mudar história da Austrália

A Terra Australis Incognita, hoje conhecida como Austrália, foi descrita por um jesuíta espanhol quase cem anos antes da descoberta em 1770 pelo marinheiro britânico James Cook, segundo um manuscrito decifrado através de inteligência artificial. A …

Novo relatório aponta possível causa para número anormal de doenças causadas pelo vaping

Um novo relatório vem confirmar que o acetato de vitamina E encontrado em muitos produtos utilizados pelos vapers pode ser o responsável pelos problemas de saúde. O ano de 2019 ficou marcado por várias doenças e …

Morreu Rogério "Pipi", histórico jogador do Benfica

O ex-futebolista internacional português, que se evidenciou ao serviço do Benfica nas décadas de 40 e 50 do século passado, morreu este domingo, um dia depois de completar 97 anos. "Foi com profunda tristeza e pesar …

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

A polícia de Hong Kong deteve, este domingo, onze pessoas e apreendeu várias armas, incluindo uma pistola, pouco antes do início de uma manifestação convocada para a cidade, para a qual se espera uma forte …

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …