/

UEFA: Cristiano Ronaldo fora dos 10 melhores avançados da época

Josep Lago / AFP

Campeão europeu Chelsea domina os nomeados a melhores jogadores da última Liga dos Campeões. Rúben Dias também está na lista restrita.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A UEFA anunciou nesta sexta-feira os nomeados a melhores jogadores da última edição da Liga dos Campeões. No dia 26 de agosto, durante o sorteio da fase de grupos, serão revelados os nomes do melhor guarda-redes, melhor defesa, melhor médio e melhor avançado.

Já havia poucas dúvidas e esta lista é mais uma evidência: a era pós-Ronaldo e pós-Messi já está mesmo a acontecer no futebol. Nem o argentino, nem o português, estão nomeados.

Lionel Messi ainda ficou muito próximo do top-3 (cada categoria tem apenas três nomeados), ficando no quarto lugar. Mas Cristiano Ronaldo nem aparece nos 10 melhores avançados.

Recorde-se que Cristiano e Messi não passaram dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, já que a Juventus foi afastada pelo FC Porto e o Barcelona perdeu contra…o PSG.

O português terminou a prova com quatro golos marcados e o argentino com cinco, ambos longe dos 10 golos do líder Erling Haaland, que está na lista de nomeados a melhor avançado, ao lado de Robert Lewandowski e Kylian Mbappé.

Não há Cristiano Ronaldo mas há Rúben Dias. O defesa do Manchester City, que chegou à final no Dragão, é um dos eleitos para melhor defesa, tal como os campeões europeus César Azpilicueta e Antonio Rüdiger.

Thibaut Courtois, Ederson e Edouard Mendy são os candidatos a melhor guarda-redes do torneio. E aqui destaque para Agustín Marchesín, guarda-redes do FC Porto, que ficou no nono lugar.

Em relação aos médios, Kevin De Bruyne, Jorginho e N’Golo Kanté vão disputar este troféu individual.

No panorama geral dos 12 nomeados, há um clube que se destaca: o Chelsea, campeão europeu. São cinco jogadores da equipa de Londres, enquanto o finalista derrotado Manchester City tem três representantes. Real Madrid, Borussia Dortmund, Bayern Munique e Paris Saint-Germain têm um jogador cada.

PUBLICIDADE

Ou seja, a Premier League domina e o Barcelona desaparece. Os catalães, que noutros tempos dominavam estas listas, agora não têm qualquer jogador na lista final. E o próprio campeonato espanhol só tem um representante: Courtois, do Real Madrid.

Os votos foram dados pelos treinadores de todas as equipas que participaram na fase de grupos e por 55 jornalistas.

Manuel Neuer, Joshua Kimmich, Kevin De Bruyne e Robert Lewandowski foram os vencedores na edição anterior.

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.