Roma tapa estátuas nuas para não ofender o presidente do Irão

Em Roma, sê romano, diz o velho adágio. Mas foi Roma que cedeu à sensibilidade do presidente do Irão, tapando as suas estátuas antigas nuas para não ofender Hassan Rohani.

A agência italiana Ansa reporta que, aquando da visita de Hassan Rohani ao museu do Capitólio, onde se reuniu com o primeiro-ministro Matteo Renzi, várias estátuas com figuras nuas ou semi-despidas foram tapadas com panos ou estruturas brancas.

Uma forma de respeito para com a cultura e a sensibilidade iranianas“, justificam as autoridades italianas.

Mas há quem não entenda esta argumentação e também quem compare o Irão ao grupo terrorista Estado Islâmico, notando que este destruiu várias estátuas quando conquistou Mossul, no Iraque.

A Pequena Itália submete-se a Rohani“, constata mesmo o jornal conservador Il Foglio.

Nesta visita a Itália, o presidente do Irão também exigiu que não houvesse álcool à mesa, pelo que o vinho foi proibido à mesa nas cerimónias oficiais.

Em Novembro passado, Rohani recusou marcar presença numa refeição nos Campos Elísios, em França, depois de as autoridades do país terem recusado a mesma exigência de que não fosse servido álcool à mesa.

No Irão, o consumo de álcool está interdito, conforme determina a religião islâmica.

SV, ZAP

PARTILHAR

20 COMENTÁRIOS

  1. Ainda há duvidas que a emigração islâmica não é uma emigração predatória? No meu país esses cão não tem que dar opiniões porque a minha cultura ocidental é superior à desses animais infrahumanos abaixo de ratazana. Gosto mais de uma ratazana do que um insecto islâmico.

  2. É estranho e faz formigueiro no estômago quando se presta vassalagem desta forma. Pensava que isto era real apenas na época medieval, mas parece que não. As estátuas, penso eu , fazem parte da história do país, muitas vezes do suor. sangue e lágrimas e de maneira alguma deveriam ser tratadas dessa forma . Isso é negar a história, o patriotismo. È envergonhar-se daquilo que é o património e que descreve páginas da nação. Deveria ser sempre motivo de orgulho e patriotismo, nunca o contrário. Não será preciso recordar p.ex. que as mulheres que se deslocam a esses países, uma vez lá, respeitam as leis ( forma de trajar) e de estar. A mulher “á ocidental não se passeia da mesma forma que por exemplo em Paris ou Roma”. Então porquê essa exigência? A mulher em Roma é romana, no irão será ” á iraniana”… as culturas que não pregam o odio, racismo ou outras formas de discriminação podem evidentemente conviver sem qualquer tipo de confrontação. Basta respeitar os ideais do próximo.

  3. Tristeza de gentalha. Se vamos aos países arabes somos OBRIGADOS a andar conforme eles andam, eles não querem saber se nós temos outra civilização. Eles vem aos n/ países e nos temos que nos alterar conforme os hábitos deles? Afinal o que somos? Gente sem caracter, personalidade, orgulho dos nossos? BASTA de tanta estupidez e burrice. Eles senão estiverem bem que não venham, até agradecemos.

  4. Lamentável. Cobrir as mesmas obras de arte que todos fazemos fila para admirar é. no mínimo indigente. Na realidade trata-se de um atentado à nossa cultura e civilização levado a cabo pela cobardia do “politicamente correcto”. Outra coisa não seria de esperar da pessoa que em vez da sua solidariedade ofereceu a Alexis Tzipras uma gravata… Vivemos num mundo de aparências.

  5. O governo italiano pôs toda a Itália de cocaras perante um ditador islâmico e fanático, isto é uma pura ofensa para toda a Europa, mas tem sido assim com submissões aos árabes e islâmicos ao abrigar por cá milhões deles e deixá-los impor a sua vontade que a Europa está cada vez mais refém desta gente e hoje sofre e sofrerá cada vez mais a tortura de atentados e insurreições por parte desta gente incapaz de conviver com outras culturas.

  6. Na primeira vez tapam as estátuas,
    Na segunda vez destruam as estátuas e
    Na próxima vez usem saiotes e a burka.
    Assim se percebe que espécie de governantes temos por cá.
    Se na Europa os recebem bem seria bom também que não tentassem interferir. Já que quando uma mulher visita o Irão tem de se tapar o mais possível.

RESPONDER

Entre cursos de água e "kahns", a Alemanha ainda alberga uma minoria étnica de língua eslava

As nações europeias nasceram e desvaneceram ao longo do tempo, mas há uma minoria étnica de língua eslava que permanece dentro da Alemanha. Lehde é uma pacata vila, com cerca 150 habitantes, de ilhas pantanosas interligadas …

Itália 3-0 Suíça | Squadra Azzurra volta a ganhar e a encantar

A Itália tornou-se hoje a primeira seleção a garantir o apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer a Suíça por 3-0, em encontro da segunda jornada do Grupo A, disputado …

Sony apresenta o seu primeiro drone, o Airpeak S1

Há algum tempo que a Sony planeava lançar um drone, agora, é oficial. A empresa de tecnologia apresentou um drone chamado Airpeak S1 que será, muito provavelmente, o primeiro de muitos. A Sony anunciou oficialmente o …

Candidaturas a astronauta da Agência Espacial Europeia encerram na sexta-feira

Os candidatos têm de ter, pelo menos, um mestrado e experiência profissional, serem fluentes em inglês e ter mais de 1,30 metros.  O prazo para apresentação de candidaturas a vagas para novos astronautas da Agência Espacial …

Dois meses no escuro. Valentina Miozzo passou a quarentena sozinha no Ártico

A pandemia de covid-19 foi um duro golpe de solidão forçada para a maioria das pessoas, mas para a italiana Valentina Miozzo foi a oportunidade perfeita para usufruir de alguns momentos a sós. A meio da …

Pedras misteriosas provocam "corrida aos diamantes" na África do Sul

Uma verdadeira "febre de diamantes" assolou a vila de KwaHlathi, na província de KwaZulu-Natal, litoral da África do Sul. Centenas de pessoas, com utensílios caseiros a servir de engenhos de mineração, ocuparam um terreno à …

Designer cria um "terceiro olho" para quem vive agarrado ao telemóvel

Um designer industrial sul-coreano criou, recentemente, um “terceiro olho” para ajudar aqueles que, mesmo em andamento, não conseguem tirar os olhos do telemóvel. O designer industrial Minwook Paeng criou recentemente o The Third Eye ('terceiro olho' …

Depois de Ronaldo e da Coca Cola, Pogba imitou-o com a Heineken (e a UEFA podia castigar Portugal e França)

Após Cristiano Ronaldo ter removido duas garrafas de Coca Cola da mesa onde se sentou para uma conferência de imprensa no Euro 2020, foi a vez do francês Paul Pogba ter feito o mesmo com …

Adeptos portugueses proibidos de entrar na "fan zone" de Budapeste

Momento confuso numa zona da capital da Hungria, na véspera do jogo com Portugal, na estreia no Europeu 2020. A Hungria não escapou ao coronavírus mas, entre os países que recebem jogos do Europeu 2020, é …

Mulher recebe quatro certificados de imunidade - e nenhum é válido

O governo da Hungria está a emitir cartões que garantem que determinada pessoa, na teoria, é imune ao coronavírus. Mas nem tudo corre bem. A vida nas ruas da Hungria é diferente do que se vive …