Roma tapa estátuas nuas para não ofender o presidente do Irão

Em Roma, sê romano, diz o velho adágio. Mas foi Roma que cedeu à sensibilidade do presidente do Irão, tapando as suas estátuas antigas nuas para não ofender Hassan Rohani.

A agência italiana Ansa reporta que, aquando da visita de Hassan Rohani ao museu do Capitólio, onde se reuniu com o primeiro-ministro Matteo Renzi, várias estátuas com figuras nuas ou semi-despidas foram tapadas com panos ou estruturas brancas.

Uma forma de respeito para com a cultura e a sensibilidade iranianas“, justificam as autoridades italianas.

Mas há quem não entenda esta argumentação e também quem compare o Irão ao grupo terrorista Estado Islâmico, notando que este destruiu várias estátuas quando conquistou Mossul, no Iraque.

A Pequena Itália submete-se a Rohani“, constata mesmo o jornal conservador Il Foglio.

Nesta visita a Itália, o presidente do Irão também exigiu que não houvesse álcool à mesa, pelo que o vinho foi proibido à mesa nas cerimónias oficiais.

Em Novembro passado, Rohani recusou marcar presença numa refeição nos Campos Elísios, em França, depois de as autoridades do país terem recusado a mesma exigência de que não fosse servido álcool à mesa.

No Irão, o consumo de álcool está interdito, conforme determina a religião islâmica.

SV, ZAP

PARTILHAR

20 COMENTÁRIOS

  1. Ainda há duvidas que a emigração islâmica não é uma emigração predatória? No meu país esses cão não tem que dar opiniões porque a minha cultura ocidental é superior à desses animais infrahumanos abaixo de ratazana. Gosto mais de uma ratazana do que um insecto islâmico.

  2. É estranho e faz formigueiro no estômago quando se presta vassalagem desta forma. Pensava que isto era real apenas na época medieval, mas parece que não. As estátuas, penso eu , fazem parte da história do país, muitas vezes do suor. sangue e lágrimas e de maneira alguma deveriam ser tratadas dessa forma . Isso é negar a história, o patriotismo. È envergonhar-se daquilo que é o património e que descreve páginas da nação. Deveria ser sempre motivo de orgulho e patriotismo, nunca o contrário. Não será preciso recordar p.ex. que as mulheres que se deslocam a esses países, uma vez lá, respeitam as leis ( forma de trajar) e de estar. A mulher “á ocidental não se passeia da mesma forma que por exemplo em Paris ou Roma”. Então porquê essa exigência? A mulher em Roma é romana, no irão será ” á iraniana”… as culturas que não pregam o odio, racismo ou outras formas de discriminação podem evidentemente conviver sem qualquer tipo de confrontação. Basta respeitar os ideais do próximo.

  3. Tristeza de gentalha. Se vamos aos países arabes somos OBRIGADOS a andar conforme eles andam, eles não querem saber se nós temos outra civilização. Eles vem aos n/ países e nos temos que nos alterar conforme os hábitos deles? Afinal o que somos? Gente sem caracter, personalidade, orgulho dos nossos? BASTA de tanta estupidez e burrice. Eles senão estiverem bem que não venham, até agradecemos.

  4. Lamentável. Cobrir as mesmas obras de arte que todos fazemos fila para admirar é. no mínimo indigente. Na realidade trata-se de um atentado à nossa cultura e civilização levado a cabo pela cobardia do “politicamente correcto”. Outra coisa não seria de esperar da pessoa que em vez da sua solidariedade ofereceu a Alexis Tzipras uma gravata… Vivemos num mundo de aparências.

  5. O governo italiano pôs toda a Itália de cocaras perante um ditador islâmico e fanático, isto é uma pura ofensa para toda a Europa, mas tem sido assim com submissões aos árabes e islâmicos ao abrigar por cá milhões deles e deixá-los impor a sua vontade que a Europa está cada vez mais refém desta gente e hoje sofre e sofrerá cada vez mais a tortura de atentados e insurreições por parte desta gente incapaz de conviver com outras culturas.

  6. Na primeira vez tapam as estátuas,
    Na segunda vez destruam as estátuas e
    Na próxima vez usem saiotes e a burka.
    Assim se percebe que espécie de governantes temos por cá.
    Se na Europa os recebem bem seria bom também que não tentassem interferir. Já que quando uma mulher visita o Irão tem de se tapar o mais possível.

Metro de Nova Iorque pede à Apple para melhorar sistema de reconhecimento facial

A autoridade que gere o metro de Nova Iorque, nos Estados Unidos, pediu à gigante tecnológica Apple para melhorar o reconhecimento facial dos seus dispositivos depois de serem observados vários passageiros a retirar a máscara …

Rival da Tesla diz que o seu carro terá uma autonomia de 832 quilómetros

A empresa Lucid Motors, concorrente direta da Tesla no mercado automóvel elétrico, afirma que o seu carro Air terá uma autonomia de 832 quilómetros. A confirmar-se a autonomia deste carro, o automóvel da Lucid Motors ultrapassará …

Moradores das Maurícias estão a cortar o próprio cabelo para ajudar a evitar um desastre ambiental

Moradores das Maurícias estão a cortar o seu próprio cabelo para para tentar minimizar os danos causados pelo derrame de petróleo de um navio janponês encalhado nos recifes de coral ao largo da ilha. Estima-se que …

Atalanta 1-2 PSG | Reviravolta épica vale bilhete para as “meias”

Um final impróprio para cardíacos e o epílogo perfeito num excelente jogo. O PSG esteve a perder desde o minuto 27, mas em apenas três minutos dos descontos deu a volta ao texto diante da …

Um emblemático transplante nos EUA aconteceu graças a um coração "roubado"

Um dos primeiros transplantes de coração realizados no mundo aconteceu no Estados Unidos. O que muitos não sabem é que este caso de sucesso também deu aso ao primeiro processo civil no país por homicídio …

"Pandemia de sem-abrigo" nos EUA. Há 30 milhões de pessoas sob risco de despejo

Nos Estados Unidos da América avizinha-se uma "pandemia de sem-abrigo". Até ao final de setembro, 30 milhões de norte-americanos estão em risco de despejo devido à covid-19. Nos Estados Unidos, a pandemia de covid-19 pode estar …

Tráfego nas autoestradas cai para quase metade. Foi o pior trimestre de sempre

A rede da Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Autoestradas ou Pontes com Portagens (APCAP) registou de abril a junho "o pior trimestre de circulação e tráfego médio desde que há registos", recuando 46% devido …

Bielorrússia cortou acesso à internet e tentou fazer com que parecesse um acidente

No seguimento da reeleição de Alexandr Lukashenko na Bielorrússia, multiplicam-se os apagões de internet. O Governo diz que se trata de um ataque cibernético, mas há suspeitas de que seja um plano do presidente. Os protestos …

Resgatados 28 cães sem registo ou vacinas de barracões onde também vivia a proprietária em Lisboa

Vinte e oito cães foram retirados pela PSP terça-feira de barracões em Lisboa onde também vivia a proprietária, avança a agência Lusa, detalhando que os animais serão depois colocados para adoção.  Os animais foram posteriormente recolhidos …

Pela primeira vez em 300 anos, é possível visitar esta ilha em Cabo Cod

Pela primeira vez em 300 anos, uma ilha ao largo da costa de Cabo Cod, península em forma de gancho no estado norte-americano de Massachusetts, está aberta ao público. A Ilha Sipson é propriedade privada desde …