Negrão quer resolver tudo com um “tête-à-tête”

Miguel A. Lopes / Lusa

Rui Rio com Fernando Negrão (e) e David Justino (d)

Rui Rio abre as portas do Parlamento à saída dos deputados do PSD que não queiram colaborar com a sua direcção. Um aviso que surge quando Fernando Negrão, o recém-eleito líder da bancada parlamentar, com menos de 40% dos votos, diz que espera resolver o conflito interno com um “tête-à-tête”.

A primeira reunião da bancada parlamentar do PSD sob a liderança de Fernando Negrão, eleito na semana passada com menos de 40% dos votos, o pior resultado em 16 anos, foi convocada para quinta-feira de manhã, como disseram à Lusa fontes sociais-democratas.

Nesse encontro, Fernando Negrão espera colocar um ponto final no desconforto interno, como deixa antever ao Expresso.

Eleito líder do grupo parlamentar do PSD com apenas 35 votos favoráveis, 32 brancos e 21 nulos, Fernando Negrão diz ao semanário que não quer Rui Rio presente na primeira reunião entre os 89 deputados sociais-democratas.

“Face ao que aconteceu na votação para a liderança da bancada, acho que a primeira reunião não deve ser com o presidente do partido”, frisa Negrão. “Isto é entre mim e os deputados”, acrescenta, salientando o interesse em ter um “tête-à-tête” frontal com os elementos da bancada.

O incómodo no grupo parlamentar é tanto maior porque deputados que integram as listas de Negrão, para serem vice-presidentes de bancada ou coordenadores, não terão votado nele.

“Há um problema, não de natureza política, mas de natureza ética, há um problema neste grupo parlamentar, porque houve pessoas – eventualmente duas, podem ser mais – que aceitaram integrar a lista e depois terão votado em branco“, assumiu Negrão, depois da eleição.

O semanário apurou que “terão sido “dez ou mais” os deputados que tiveram essa atitude dúplice”.

Rio avisa quem não quer colaborar

E perante esta tensão interna, Rui Rio lança um aviso à navegação, abrindo a porta de saída a quem não quiser trabalhar com a sua direcção.

“À partida contamos com 89 deputados. Aqueles que não quiserem colaborar assumem a responsabilidade de não colaborar, vou trabalhar com todos aqueles que quiserem trabalhar”, afirmou depois do almoço com o Presidente da República em Belém.

Rui Rio só deverá encontrar-se com os deputados do PSD na próxima semana, ou seja, quase três semanas depois de ter sido eleito. Até lá, conta com Negrão para “estabilizar” os ânimos entre os deputados.

A reunião do grupo parlamentar social-democrata está marcada para esta quinta-feira, às 11 horas, na Sala do Senado da Assembleia da República.

Fernando Negrão foi o único candidato à sucessão de Hugo Soares, que convocou eleições antecipadas para a liderança parlamentar depois de Rui Rio lhe ter transmitido a vontade de trabalhar com outra direcção de bancada.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governo britânico rejeita "prazo artificial" para apresentar alternativas ao acordo do Brexit

O Governo britânico respondeu esta quinta-feira às exigências finlandesas e francesas. Só irá apresentar soluções escritas "quando estiver pronto". "Iremos apresentar soluções escritas e formais quando estivermos prontos - não em função de um prazo artificial …

Griezmann negociou comissões com o Barcelona antes do fim da época

A imprensa espanhola teve acesso a e-mails que mostram que o jogador e o Barcelona já negociavam o pagamento das comissões relativas à sua transferência antes do final da época.  O El Mundo revela, esta sexta-feira, …

Irão promete "guerra total" caso o país seja alvo de um ataque

O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Javad Zarif, disse na quinta-feira que o país quer evitar um conflito, mas prometeu uma "guerra total" caso os Estados Unidos (EUA) ou a Arábia Saudita ataquem o Irão. "Estou …

Rui Pinto entrou 307 vezes no sistema informático da PGR e espiava o próprio processo

Rui Pinto foi acusado de 147 crimes, destacando-se as 307 vezes que entrou no sistema informático da Procuradoria-Geral da República. O hacker espiou o seu próprio processo e sabia que estava a ser investigado pela …

Costa já recebeu parecer da PGR sobre negócios de familiares do Executivo

O Governo já recebeu o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre incompatibilidades familiares. António Costa diz que está "a ler e a apreciar" o parecer. Esta quinta-feira, o Governo recebeu o parecer da Procuradoria-Geral da …

Eduardo Cabrita mantém confiança no presidente da Proteção Civil

O ministro da Administração Interna diz que mantém "plena confiança" no presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), que foi constituído arguido no âmbito da investigação ao negócio das golas antifumo. "O Ministro …

Zidane tem lugar em risco em Madrid (e Mourinho pode ser o seu sucessor)

A imprensa espanhola adianta que Zinedine Zidane pode estar de saída do Real Madrid. José Mourinho, Massimiliano Allegri e Xabi Alonso são alguns dos nomes na lista. Segundo O Jogo, que cita o jornal espanhol Marca, …

Gantz recusa proposta de Netanyahu para formar Governo de unidade nacional

Benjamin Netanyahu propôs formar um governo conjunto, mas Benny Gantz respondeu que só aceitará se for ele a liderar. Os resultados finais das eleições desta terça-feira ainda não são conhecidos. O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, apelou …

Barcelona será o primeiro clube a superar receitas de mil milhões de euros

O FC Barcelona anunciou hoje que vai ultrapassar os mil milhões de euros em receitas na presente época, tornando-se o primeiro clube de futebol da história a ultrapassar essa marca. De acordo com as informações prestadas …

"Esta solução de Governo foi construída apesar do Bloco de Esquerda"

A apenas duas semanas das eleições legislativas, António Costa voltou a atacar o Bloco de Esquerda. Em relação ao PCP, o primeiro-ministro manteve o tom ameno. No podcast de Daniel Oliveira, Perguntar Não Ofende, António Costa …