Rio ataca relações entre EDP e Governo, Costa avisa que simulação fiscal é “inaceitável”

O presidente do PSD afirmou hoje que há “advogados de defesa” da EDP no Governo, a propósito da venda de seis barragens da bacia do Douro, com o primeiro-ministro a responder que, “se houve simulação fiscal, é inaceitável”.

Na sua intervenção de abertura no debate sobre política geral com o primeiro-ministro, Rui Rio voltou ao tema já levantando pelo BE do processo de venda pela EDP das seis barragens na bacia do Douro (Miranda do Douro, Picote, Bemposta, Foz Tua, Baixo Sabor e Feiticeiro) a um consórcio liderado pela Engie.

“A EDP montou um esquema para tentar não pagar impostos: num dia cria uma empresa com um funcionário, no dia seguinte passa a exploração de seis barragens no valor de 2,2 mil milhões de euros, para essa empresa, nesse mesmo dia vende a empresa ao consórcio, que um mês depois a extingue”, afirmou Rio.

Com isto, defendeu, a EDP deixou de pagar impostos, incluindo o imposto de selo de 110 milhões de euros, e criticou que o Governo tenha autorizado a operação, sabendo tratar-se de uma “empresa-fantoche”.

“O que eu não entendo é, como é que um Governo tão lesto a cobrar impostos dos portugueses, aqui tem membros do Governo que são autênticos advogados de defesa da EDP a dizer que nada é devido”, afirmou.

Depois de o primeiro-ministro ter remetido, em resposta anterior ao BE, a responsabilidade dessa análise para a Autoridade Tributária (AT), Rio questionou como é que “ao fim de três meses” do negócio ainda não há conclusões.

“Como explica que a Autoridade Tributária demore tanto tempo e concorda que o ministro do Ambiente e o secretário do Estado dos Assuntos Fiscais venham dizer em público que nada é devido, como que pressionando a AT a nada cobrar?”, questionou.

Na resposta, António Costa voltou a remeter para a lei e insistiu que não compete ao Estado determinar inspeções fiscais “a A ou a B”, dizendo que isso apenas acontece em Estados totalitários.

“Se houve simulação fiscal, isso é inaceitável, tratando-se da EDP, da ADP, da Petrogal ou de qualquer um de nós, isso é básico”, afirmou.

António Costa acrescentou ainda “não lhe passar pela cabeça”, que depois de tanto “bruááá”, sobre o assunto a AT não esteja já a investigar o que se passou neste negócio.

“O mínimo que posso dizer é que essa construção foi criativa, não me passa sequer pela cabeça que a AT não esteja a investigar, faz parte das suas funções”, acrescentou ainda.

Depois de o primeiro-ministro ter dito que. num Estado de Direito “um Governo e os membros do Governo não devem interferir no exercício das competências próprias dos serviços” como a AT, Rio leu nestas palavras uma “censura clara” ao ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, mas Costa apressou-se a desmentir.

“Para que fique claro: não censurei o ministro do Ambiente, elogiei o ministro do Ambiente, que cumpriu estritamente as suas funções e nada mais”, afirmou.

Na semana passada, o PSD entregou na Procuradoria-Geral da República (PGR) um pedido de averiguação da venda de seis barragens da bacia do Douro pela EDP, considerando que o Governo favoreceu a empresa e concedeu-lhe uma “borla fiscal”.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Continuam focados na eventual borla fiscal e esquecem o cerne da questão: A palhaçada da venda das barragens!

    Só quando começarem os preços da energia elétrica a aumentar é que o Zé Tuga vai acordar e perguntar: Porquê??

    Acorda Zé Tuga!!! O Sol já vai alto.

  2. Agora já é tarde! Se nem os mais interessados disseram nada! Ficaram caladinhos que nem ratos à espera dos milhões provenientes do dito cujo imposto, que uns prometeram, para que o negócio corresse bem, mas que os outros não querem dar por preferirem entregá-los à EDP! Vamos lá saber porquê!!

  3. POIS É !!!, antónio mexia recebe 801mil €uros por ano, mais as luvas de currupção, assim os Portugueses não aguentam, e ainda teem que fazer mais umas vendaszinhas das barragens acompanhadas de mais currupção., e para que isso não baste vem o barbudo do ministro fernandes servir de advogado para acudir ao sr mexia ., tenham juiso…, não deem mais cabo disto ., para não falar da própria E.D.P. que lançou à tempos recentes, uns contadores que estão a inflacionar a contagem em cerca de 30 a 40 % na contagem da leitura dos mesmos , e o zé povinho é que tem de pagar as favas ao Sr. Amarante., Governo, Sr, Atónio Costa ponha Mão Nisto .,
    que foi para Governar Bem o País que Nós o pusemos no lugar onde está…,

RESPONDER

Na Malásia, os tubarões estão a ser alvo de uma doença de pele misteriosa

Os biólogos marinhos estão a investigar uma doença misteriosa de pele que está a atacar os tubarões-de-pontas-brancas dos recifes da Malásia. Alguns relatórios sugerem que o aumento da temperatura da água do mar pode ser …

A origem da cratera Darvaza, no Turquemenistão, é um mistério secreto do domínio soviético

No Turquemenistão, mais precisamente no deserto de Karakum, uma cratera cospe fogo há décadas, mas a sua origem é considerada ultrassecreta. Nos áridos 350 mil km² do deserto de Karakum, que cobre cerca de 70% do …

França 1-0 Alemanha | Gauleses cantam de galo em Munique

A França, campeã mundial e vice-campeão europeia em título, venceu hoje a Alemanha por 1-0, em encontro da primeira jornada do Grupo F do Euro2020, disputado na Allianz Arena, em Munique. Um autogolo de Mats Hummels, …

Nunca chegou a vaguear no mar. Ford encontra mensagem centenária em garrafa numa estação de comboios nos EUA

Há muitas mensagens engarrafadas que começam e terminam a sua vida em barcos, na costa ou até mesmo no mar. Recentemente, a Ford Motor Company encontrou uma mensagem numa garrafa na antiga Estação Central de …

Há uma estranha petição a pedir que Jeff Bezos compre a Mona Lisa (e a coma)

Está a circular na Internet uma estranha petição que incentiva Jeff Bezos, fundador da Amazon, a comprar o quadro da Mona Lisa para o comer. A petição online "Queremos que Jeff Bezos compre e coma a …

Depois da reforma de Magawa, há uma nova recruta de ratos gigantes que detetam minas no Camboja

O Camboja recrutou uma nova equipa de ratos farejadores de minas para substituir os já "aposentados", num esforço para impulsionar as operações de desminagem no país. O país, atormentado durante décadas por munições não detonadas, recrutou …

Coca-Cola responde a Ronaldo: "Toda a gente tem direito às suas preferências"

Depois de Cristiano Ronaldo ter afastado duas garrafas de Coca-Cola durante uma conferência de imprensa, a marca respondeu ao jogador, dizendo que "toda a gente tem direito às suas preferências de bebidas". Numa conferência de imprensa …

Mochila voadora elétrica passa no primeiro teste em praia australiana

Qualquer um dava tudo para poder voar. Recentemente, uma startup australiana revelou o vídeo do primeiro voo de teste do seu dispositivo voador pessoal, com uma configuração totalmente elétrica que o torna mais amigo do …

"Lamento profundamente." Ex-diretor da BBC pede desculpas ao Príncipe William pela entrevista com Diana

Tony Hall, ex-diretor geral da BBC, lamentou "profundamente a dor" que a entrevista feita em 1995 a Diana de Gales causou ao príncipe William. O ex-diretor geral da rede BBC Tony Hall expressou, esta terça-feira, …

Fernando Santos: "O jogo esteve muito difícil"

Falta de eficácia durante a primeira parte poderia ter estragado os planos da campeã europeia, no jogo contra a Hungria. Portugal ganhou contra a Hungria por 3-0 mas, até aos 83 minutos, não houve golos em …