Rinocerontes ameaçados de extinção morrem durante transporte no Quénia

David J. Stang / Wikimedia

Diceros bicornis, o rinoceronte negro, está em vias de extinção

Oito rinocerontes-negros morreram depois de terem sido transferidos para o parque natural de Tsavo Leste, o maior do Quénia, informou o governo queniano esta sexta-feira.

O Serviço de Conservação da Vida Selvagem do Quénia, KWS,  abriu um inquérito para esclarecer a causa das mortes dos animais, cuja espécie está em vias de extinção.

A transferência de 11 rinocerontes-negros das reservas de Nairobi e do lago Nakuru foi feita no âmbito de um plano que contou com a participação do Fundo Mundial para a Natureza, WWF. O objectivo era criar espaços mais seguros para os animais, num habitat adequado.

O incidente, que foi classificado como “um desastre”, duplica o número de mortes de rinocerontes negros em operações semelhantes nos últimos 12 anos.

“Esta não é a primeira vez que o KWS transfere animais, pelo que merecemos saber a causa da morte deste animal precioso. Algo correu mal e queremos saber o quê“, disse Paula Kahumbu, diretora da ONG ambientalista Wildlife Direct, que exigiu do ministro de Turismo e Vida Selvagem, Najib Balala, uma investigação rápida do episódio.

“Isto é uma enorme tragédia ambiental, não apenas no Quénia, mas para os rinocerontes de todo o mundo”, lamentou Kahumbu.

Segundo o Ministério do Turismo, investigações preliminares sugerem que os rinocerontes possam ter sucumbido a “intoxicação por sal, como resultado da ingestão de água de alta salinidade na chegada ao novo ambiente”.

“Os altos níveis de sal levam à desidratação, que desencadeia o mecanismo de sede, resultando no consumo excessivo de água salina, o que agrava ainda mais o problema”, dizem os autores do estudo. Um relatório completo, porém, ainda deverá ser divulgado nos próximos dias.

Enquanto isso, Balala ordenou que o KWS suspenda imediatamente a translocação em curso, e anunciou que “medidas disciplinares serão definitivamente tomadas, se as conclusões apontarem para negligência ou conduta não profissional por parte de qualquer oficial do KWS”.

A translocação de animais em extinção implica sedar os animais a transferir, colocando-os a dormir durante a viagem. Os animais são depois reanimados após a chegada ao seu destino, num processo que envolve certos riscos.

A perda de tantos rinocerontes de uma só vez, porém, é algo sem precedentes. Entre 2005 e 2017, por exemplo, um total de 149 rinocerontes foram deslocados desta forma, também com um saldo de oito mortos.

A ONG Save the Rhinos estima que haja menos de 5.500 rinocerontes-negros no mundo, todos localizados em África. No Quénia, a sua população é de 750 exemplares, de acordo com o Worldwide Fund for Nature.

ZAP // Deutsche Welle / NPR

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É só gente estúpida também!.. Pra castigo de tamnha negligência, era pô-los a fazer inseminação artificial boca a boca, para nascerem oito novos Rinocerontes negros!

RESPONDER

2020 regista descida de acidentes rodoviários, mortos e feridos durante os primeiros 8 meses

O número de acidentes rodoviários, de vítimas mortais e de feridos diminuiu nos primeiros oito meses deste ano, em relação ao período homólogo de 2019, indica um relatório da Segurança Rodoviária. A Autoridade Nacional de Segurança …

Suspeito do ataque junto ao Charlie Hebdo acusado de tentativa de homicídio

O suspeito de ferir gravemente duas pessoas, na passada sexta-feira, à porta da antiga redação do semanário Charlie Hebdo, em Paris, foi acusado de "tentativa de homicídio relacionada com motivação terrorista", segundo a AFP. A informação …

SNS24 encaminhada crianças para a urgência "sem critério clínico", diz Ordem dos Médicos do Centro

A Ordem dos Médicos do Centro lamentou hoje que a linha SNS 24 esteja a encaminhar crianças "sem critério clínico" para as urgências hospitalares e pediu a definição urgente de "um plano seguro e com …

13 de outubro em Fátima com lotação reduzida a 6.000 fiéis

O Santuário de Fátima estima a presença de seis mil pessoas no recinto durante a peregrinação de 12 e 13 de outubro, estando prevista a colocação de círculos no chão, que reforçará a distância entre …

Jovem de 22 anos detido por suspeitas de burla de milhares de euros no MB Way

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um indivíduo, de 22 anos, suspeito de diversos crimes de burla informática, falsidade informática, acesso ilegítimo e branqueamento de capitais, estando em causa um montante de dezenas de milhares de …

Nagorno-Karabakh. Alta Comissária da ONU insta a um "cessar-fogo imediato"

A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos manifestou, esta terça-feira, a sua preocupação face ao aumento das hostilidades entre o Azerbaijão e os separatistas arménios no enclave de Nagorno-Karabakh, instando as partes a …

Rio duvida que país consiga investir verba prevista para setor público

O presidente do PSD, Rui Rio, manifestou esta quarta-feira dúvidas de que o país consiga investir toda a verba prevista pelo Governo no plano de recuperação para a administração pública, prometendo que o documento social-democrata …

MP acusa três inspetores do SEF de homicídio de imigrante ucraniano

O Ministério Público acusou esta quarta-feira três inspetores do SEF do homicídio qualificado de um cidadão ucraniano, ocorrido a 12 de março no Centro de Instalação Temporária do Aeroporto de Lisboa. Segundo uma nota da Procuradoria …

UE prepara lei que obriga gigantes tecnológicas a partilhar dados

A União Europeia (UE) está a preparar-se para forçar as gigantes tecnológicas a partilharem os dados que têm dos consumidores com empresas rivais menores, de acordo com uma nova lei que a Comissão Europeia está …

Morreu Quino, criador de Mafalda

O autor argentino Quino, célebre por ter criado a contestatária personagem de banda desenhada Mafalda, morreu esta quarta-feira em Mendoza, na Argentina, aos 88 anos, revelou a agência Efe. De acordo com o jornal argentino Clarín, …