Rinocerontes ameaçados estão agora protegidos por dados analíticos

Depois que a caça furtiva aumentou recentemente, o governo sul-africano recorreu a técnicas usadas em marketing para estudar os consumidores, de forma a identificar – e fechar – as redes que conetam armas ilegais, caçadores furtivos e compradores de chifre de rinoceronte.

A luta tecnológica contra a caça da vida selvagem acontece geralmente dentro de reservas, com a utilização de drones que buscam invasores, até à inteligência artificial que prevê quando acontecerá o próximo ataque, lê-se num artigo do Fast Company, divulgado na segunda-feira.

Mas um projeto na África do Sul focou-se numa etapa anterior do processo: através de ferramentas de análise de dados usadas na área de marketing, uma empresa mapeou as redes de caçadores de rinocerontes e descobriu que as armas que estes usavam vinham de um fornecedor em particular na Europa.

“Os dados realmente contam uma história assim que se começa a unir tudo”, referiu Anni Toner-Russell, diretora administrativa da Data Shack, a empresa de ciência de dados sediada na África do Sul que trabalhou com o Conselho de Parques Nacionais do país para analisar a crise na caça ilegal de rinocerontes.

A caça furtiva aumentou na África do Sul na última década, com grande parte a acontecer no Parque Nacional Kruger. Em 2007, foram mortos 13 animais. Um ano depois, esse numero tinha passado a 83. Já em 2010, morreram 333 animais e, em 2014, foram 1.215.

A empresa Data Shack já havia trabalhado com a indústria de mineração para estudar o comércio ilícito de diamantes e, à medida que a equipa aprendeu sobre os sindicatos do crime, percebeu que algumas das mesmas técnicas poderiam ser úteis para lidar com o problema da caça furtiva.

A partir do final de 2014, a empresa coletou dados de várias fontes – números de série de armas encontradas nos parques, dados da polícia, dados de inteligência, publicações nas redes sociais que mostram relações entre pessoas – e usou ferramentas da Tibco (uma empresa de software de análise de dados) para estudar essas ligações.

Desde que o trabalho começou, o número de rinocerontes mortos começou lenta, mas firmemente, a cair, indica o artigo do Fast Company.

“Podemos conetar os pontos e tentar entender como essas redes de pessoas são criadas e tentar descobrir padrões… e como essas transações basicamente acontecem”, afirmou Anni Toner-Russell. “Isso levou-nos a derrubar os números da caça furtiva”.

Muitas vezes, acrescentou, as organizações que trabalham na resolução do problema não têm acesso a dados de outras fontes, nem a ferramentas de análise de dados para procurar conexões que, de outra forma, não seriam óbvias.

A Data Shack usou algoritmos analíticos de agrupamento e segmentação – ferramentas que podem detetar padrões em pessoas e comportamento. Na área de marketing, as ferramentas são usadas para estudar os consumidores.

“As pessoas conhecem muito bem a aplicação de algumas dessas técnicas – agrupando clientes e entendendo o que vender em seguida”, referiu a diretora administrativa da empresa. “Mas é preciso pensar fora da caixa para verificar, com o que aprendi da indústria, como posso aplicá-la ao uso de dados para um bem maior”.

Enquanto a empresa analisava os dados de caça furtiva, era possível rastrear onde os caçadores furtivos estavam a comprar as armas, tendo-se descoberto que estas e eram sub-notificadas quando importadas.

Nos primeiros seis meses, o projeto começou a levar a detenções e ao fecho de cadeias ilegais de armas. A equipa descobriu que um única fonte na Europa era o principal fornecedor, emitindo um relatório final no início de 2018. O governo pôde começar a apertar os regulamentos de importação no final desse mesmo ano, o que ajuda a combater a caça furtiva.

“O que foi feito é um controle muito mais rigoroso nas regulamentações de importação e mais verificações nas transações”, explicou Anni Toner-Russell. “Acho que o ênfase anterior era tentar seguir os caçadores ilegais em parques nacionais, ao invés de olhar realmente de onde vêm os meios, quem está a pagar, onde estão a conseguir as armas”, frisou.

“Nós olhamos para isso de um ponto de vista diferente. Caso se bloqueiem as cadeias de suprimentos, isso começará a bloquear os episódios” de caça furtiva, disse ainda.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Europeias: Derrota histórica para o PSD. O PS resiste, o Bloco chega-se à frente e o PAN estreia-se

A derrota do PSD, com uma desvantagem de mais de 10 pontos percentuais sobre o PS que foi o vencedor da noite eleitoral, o reforço do Bloco de Esquerda como a terceira força política e …

Sindicalista que parou o país vai representar seguranças privados

O vice-presidente do Sindicato Nacional de Motoristas e Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques, vai acumular este cargo com a vice-presidência de um outro sindicato, o Sindicato de Segurança e Vigilantes de Portugal (SSVP), que …

Uber, táxis e Tuk-Tuk vão estar na mira da GNR

Os Ubers, táxis e Tuk-Tuk vão estar na mira da GNR que inicia, esta segunda-feira, uma operação de fiscalização intensiva aos transportes individuais de passageiros em todo o país. A fiscalização do licenciamento e a certificação …

Operação Marquês. Carlos Santos Silva e Sócrates começam a atacar a acusação

O ataque de duas das principais figuras envolvidas na Operação Marquês à acusação do Ministério Público começa nesta segunda-feira e vai prolongar-se por toda a semana. Carlos Santos Silva, esta segunda-feira, e José Sócrates, entre quarta …

ASAE encontra carne estragada e falsificada em talhos portugueses

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) detetou carne estragada, falsificada ou abatida de forma clandestina à venda em talhos nacionais, avançou o Jornal de Notícias (JN). A notícia do JN, citada pelo Público …

Detidos dois suspeitos do ataque em Lyon

A polícia francesa deteve dois suspeitos de envolvimento na explosão no centro de Lyon que feriu 13 pessoas na sexta-feira passada, disse esta segunda-feira a Procuradoria de Paris. Anteriormente, o ministro do Interior, Christophe Castaner, anunciava, …

Isabel dos Santos diz que tem pagamento à CGD "em dia"

A filha do ex-presidente de Angola usou o Twitter para garantir que tem todos os pagamentos do empréstimo de 125 milhões de euros concedido pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) em 2009 “em dia”. A reacção, …

Há cinco concelhos com risco máximo de incêndio

Esta segunda-feira, o dia vai ser quente. A subida das temperaturas para os próximos dias aumenta o risco máximo de incêndio em Faro, Portalegre, Santarém e Castelo Branco. Cinco concelhos dos distritos de Faro, Portalegre, Santarém …

Donald Trump é o primeiro governante estrangeiro a ser recebido pelo novo imperador do Japão

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, tornou-se no primeiro governante estrangeiro a ser recebido pelo novo imperador do Japão, Naruhito, que subiu ao trono a 01 de maio após a abdicação do pai, …

Antropólogos descobriram quando é que os humanos aprenderam a cozinhar

O hidratos de carbono amido ainda é um elemento pouco compreendido da dieta humana moderna e a nossa dieta de amido do passado pode dar uma ajuda nas investigações futuras. Apesar de uma narrativa arqueológica que …