Richard Stallman, guru do software livre, demite-se do MIT após defender Jeffrey Epstein

Richard Stallman, programador, ativista e defensor do software livre, demitiu-se do cargo de professor convidado do laboratório de inteligência artificial do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos EUA.

A demissão acontece depois de serem tornadas públicas afirmações que fizera sobre as vítimas de Jeffrey Epstein, o investidor multimilionário acusado de abusos sexuais a menores e que se suicidou em agosto na prisão.

Em emails recentes enviados a grupos de docentes e alunos do MIT – divulgados por uma das destinatárias no site Medium – Stallman afirmava que uma das vítimas das redes de tráfego de Epstein participou em actos sexuais com outros homens de forma “inteiramente voluntária”.

O comentário era uma referência ao caso de uma mulher que diz ter sido obrigada por Epstein a prostituir-se aos 17 anos e a ter relações com vários homens, entre os quais Marvin Minsky, pioneiro da inteligência artificial e membro fundador do MIT Media Lab. Nos emails tornados públicos, Stallman dizia que a diferença entre participar em actos sexuais com 17 ou 18 anos era um detalhe “menor”.

O ativista é defensor de que a idade legal para consentimento de actos sexuais devia ser mais baixa nos EUA, onde varia entre os 16 e os 18 consoante o estado. “Acho que toda a gente com 14 ou mais anos deve poder participar em actos sexuais, embora não de forma indiscriminada. E há pessoas que estão prontas mais cedo”, escreveu o programador em 2003.

Desde o começo do ano que o investigador acompanhava as acusações contra o multimilionáiro no site pessoal. “Acho que o termo correcto contra Espein é ‘violador em série’”, escreveu em abril. “Chamar-lhe um ‘criminoso sexual’ é redutor, porque coloca-o com um grupo de tantas outras pessoas que podem ter cometido um grande espectro de actos de diferentes níveis de gravidade. Alguns que não são crimes.”

Na nota de demissão, partilhada no site pessoal de Stallman, o cientista diz que a forma como os emails foram expostos resultou numa série de “mal-entendidos e descaracterizações”. “Demito-me, com efeito imediato, do MIT CSAIL. Estou a fazê-lo devido a pressões do MIT”, lê-se na mensagem.

Selam Jie Gano, engenheira de robótica que publicou os emails de Stallman, justifica a sua decisão com base no facto de muitos alunos que participam nas aulas de Stallman terem 17 ou 18 anos.

Com 66 anos, Stallman é conhecido por ter criado o sistema operativo livre GNU, que viria, mais tarde, a dar origem ao Linux. Stallman vai também deixar o cargo como presidente da Fundação para o Software livre, organização que criou em 1985 para promover programas de computador que podem ser partilhados, analisados e modificados de forma livre.

O MIT tem sido alvo de fortes críticas por ter escondido as origens do dinheiro oriundo de doações feitas por Epstein. A polémica levou mesmo o diretor do Media Lab, Jo Ito, a demitir-se em agosto, depois de se verificar que marcava frequentemente as doações de Epstein como “anónimas” em registos internos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Metro de Nova Iorque pede à Apple para melhorar sistema de reconhecimento facial

A autoridade que gere o metro de Nova Iorque, nos Estados Unidos, pediu à gigante tecnológica Apple para melhorar o reconhecimento facial dos seus dispositivos depois de serem observados vários passageiros a retirar a máscara …

Rival da Tesla diz que o seu carro terá uma autonomia de 832 quilómetros

A empresa Lucid Motors, concorrente direta da Tesla no mercado automóvel elétrico, afirma que o seu carro Air terá uma autonomia de 832 quilómetros. A confirmar-se a autonomia deste carro, o automóvel da Lucid Motors ultrapassará …

Moradores das Maurícias estão a cortar o próprio cabelo para ajudar a evitar um desastre ambiental

Moradores das Maurícias estão a cortar o seu próprio cabelo para para tentar minimizar os danos causados pelo derrame de petróleo de um navio janponês encalhado nos recifes de coral ao largo da ilha. Estima-se que …

Atalanta 1-2 PSG | Reviravolta épica vale bilhete para as “meias”

Um final impróprio para cardíacos e o epílogo perfeito num excelente jogo. O PSG esteve a perder desde o minuto 27, mas em apenas três minutos dos descontos deu a volta ao texto diante da …

Um emblemático transplante nos EUA aconteceu graças a um coração "roubado"

Um dos primeiros transplantes de coração realizados no mundo aconteceu no Estados Unidos. O que muitos não sabem é que este caso de sucesso também deu aso ao primeiro processo civil no país por homicídio …

"Pandemia de sem-abrigo" nos EUA. Há 30 milhões de pessoas sob risco de despejo

Nos Estados Unidos da América avizinha-se uma "pandemia de sem-abrigo". Até ao final de setembro, 30 milhões de norte-americanos estão em risco de despejo devido à covid-19. Nos Estados Unidos, a pandemia de covid-19 pode estar …

Tráfego nas autoestradas cai para quase metade. Foi o pior trimestre de sempre

A rede da Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Autoestradas ou Pontes com Portagens (APCAP) registou de abril a junho "o pior trimestre de circulação e tráfego médio desde que há registos", recuando 46% devido …

Bielorrússia cortou acesso à internet e tentou fazer com que parecesse um acidente

No seguimento da reeleição de Alexandr Lukashenko na Bielorrússia, multiplicam-se os apagões de internet. O Governo diz que se trata de um ataque cibernético, mas há suspeitas de que seja um plano do presidente. Os protestos …

Resgatados 28 cães sem registo ou vacinas de barracões onde também vivia a proprietária em Lisboa

Vinte e oito cães foram retirados pela PSP terça-feira de barracões em Lisboa onde também vivia a proprietária, avança a agência Lusa, detalhando que os animais serão depois colocados para adoção.  Os animais foram posteriormente recolhidos …

Pela primeira vez em 300 anos, é possível visitar esta ilha em Cabo Cod

Pela primeira vez em 300 anos, uma ilha ao largo da costa de Cabo Cod, península em forma de gancho no estado norte-americano de Massachusetts, está aberta ao público. A Ilha Sipson é propriedade privada desde …