Revista norte-americana envia postal de Natal com cartoon de Trump assassinado

A revista Hustler tem sido alvo de duras críticas depois de enviar a vários membros do Congresso dos Estados Unidos um postal de Natal com um cartoon do presidente Donald Trump assassinado.

A capa do cartão de Natal de Hustler mostra o assassino sorridente com uma arma fumegante a dizer “Acabei de balear Donald Trump na Quinta Avenida e ninguém me prendeu”. No interior, há um desenho animado do presidente deitado numa poça de sangue cercado por pessoas que gritam: “Feliz Natal!”. “De todos nós na Hustler“, lê-se o canto inferior do cartão.

O postal parece ser uma referência ao comentário de Trump durante a campanha presidencial de 2016, quando disse: “Eu poderia estar no meio da Quinta Avenida e balear alguém e não perderia nenhum eleitor, ok? ”

O presente da Hustler foi partilhado pelo representante republicano da Louisiana, Mike Johnson, que o chamou de “nojento e odioso”. “isto é tudo o que se precisa de saber sobre a esquerda radical. Imagine se um conservador tivesse distribuído uma peça tão repugnante e odiosa sobre um democrata”, escreveu Johnson, expressando a esperança de que o postal fosse investigado pelos Serviços Secretos dos Estados Unidos.

O cartão também foi condenado por Mark Zaid, advogado crítico de Trump e representante do queixoso no escândalo ucraniano. “Isto é inaceitável e claramente não sou fã deste presidente. Mas isto ultrapassa os limites e deve haver um pedido de desculpas público. Algo assim não é uma piada”, escreveu Zaid na sua conta do Twitter.

Hustler confirmou a autenticidade do postal, observando que era o seu “cartão oficial de Natal de 2019”, mas ainda não fez comentários sobre a controvérsia.

O fundador da revista, Larry Flynt, é conhecido por não gostar do presidente norte-americano. Em 2017, recorda o New York Post, a editora de 77 anos publicou um anúncio de página inteira no jornal norte-americano The Washington Post, em que oferecia uma recompensa de 10 milhões de dólares por “informações que levassem ao impeachment e à demissão do cargo” por Donald Trump.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

    • Realmente… é inadmissível!…
      Assassinar alguém num território estrangeiro (alguém que por acaso até tinha colaborado ativamente com os EUA na invasão do Iraque e que combatia o Estado Islâmico no Iraque), ainda se admite; agora, uma coisa destas, nem pensar!!!

        • Assassinou?
          Não sei… quando?
          Enquanto ajudava os americanos a invadir o Iraque ou agora que combatia o Estado Islâmico “criado” pelos americanos?
          Obviamente que não um anjinho, mas foi mesmo assassinado – e o outro louco, foi apenas “assassinado” um postal!…

          • És só mais um lobotomisado.
            Para desculpar um terrorista como o do Irão e compara-lo ao Trump, só diz uma coisa, és um triste ignorante que só faz o que os meios de comunicação lhe dizem.
            Enfim, sem cérebro, sem destino e sem futuro, tal e qual a representação desta falhada nação de emigrantes e assassinos da mulher e familias…

  1. Por acaso, pus-me a imaginar uma revista iraniana a publicar um cartoon representando o Ali Khamenei assassinado e concluí que é por estas coisas que, apesar das inúmeras críticas que fazemos, gostamos do nosso Ocidente.

    • Sem duvida, mas convém não esquecer o que os americanos fizeram no Irão, que levou à Revolução Iraniana e os loucos dos ayatollah’s ao poder…
      Como sempre, as religiões a atrasar a civilização e liberdade dos povos!…

    • Pois é, quanto mais um portuga, que nem uma revolução fez.

      Falar dos outros quando “cá em casa” estamos sempre de mão estendida à porta do parlamento europeu, ou de angola ou de qualquer outro sitio miserável.
      Temos os nossos equivalentes na republica centro africana que nem português se fala por lá mas pertence aos PALOP.

      No entanto os ocidentais é que são os maus da fita, aqueles que conseguiram democracia e liberdade na terra DELES.

      Agora observem árabes, africanos, sul americanos, asiáticos e digam que somos os mais exploradores e atrasados…

  2. Assassinou?
    Não sei… quando?
    Enquanto ajudava os americanos a invadir o Iraque ou agora que combatia o Estado Islâmico “criado” pelos americanos?
    Obviamente que não um anjinho, mas foi mesmo assassinado – e o outro louco, foi apenas “assassinado” um postal!…

RESPONDER

Atriz norte-americana confronta em tribunal Weinstein com acusação de violação

A atriz americana Annabella Sciorra, conhecida por ter participado na série "Os Sopranos", confrontou na quinta-feira o produtor Harvey Weinstein em tribunal, acusando-o de a ter violado, em meados dos anos 1990. Segundo avançou o Expresso, …

Mulher agride médica na Urgência do Hospital de Águeda

Uma médica foi agredida, esta quinta-feira, na Urgência do Hospital de Águeda, por uma mulher que acompanhava o filho a uma consulta. De acordo com o Jornal de Notícias, a médica, de 33 anos, que estava …

Polícia do Rio de Janeiro matou cinco pessoas por dia em 2019

A polícia do Rio de Janeiro matou 1.810 pessoas em 2019, um recorde de cinco mortes por dia e um aumento de 18% em relação ao ano anterior, informou o Instituto de Segurança Pública (ISP) …

Governo dedica 20 milhões do Orçamento ao combate à violência doméstica

O orçamento total para combater a violência doméstica em 2020 é de 20,3 milhões de euros, adiantou na quinta-feira a ministra de Estado e da Presidência no Parlamento, Mariana Vieira da Silva, sublinhando o reforço orçamental …

Chega quer câmaras nas fardas e nos carros-patrulha

O Chega, liderado por André Ventura, apresentou um projeto de resolução a defender que os agentes das forças de segurança nacionais devem poder utilizar câmaras, que seriam introduzidas nas fardas e nos carros-patrulha. O partido liderado …

"Não tenho o apoio de Assunção Cristas", diz João Almeida

O candidato à liderança do CDS-PP defende que o partido deve, no imediato, fortalecer-se e depois participar numa "plataforma à direita" de alternativa ao PS, com o PSD, mas sem o Chega. "A alternativa à governação …

Campanha internacional quer salvar leões subnutridos em parque no Sudão

Várias fotografias de leões subnutridos no zoo de Al-Qureshi, no Sudão, atraíram a atenção de milhares de pessoas, que tentam agora salvar os animais. O fotógrafo Ashraf Shazly encontrou cinco leões malnutridos, enjaulados e sem …

Joacine Katar Moreira defende mais direitos para deputados não inscritos em partidos

A deputada única do Livre, Joacine Katar Moreira, defendeu nesta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos, durante uma reunião do grupo de trabalho para racionalizar os votos objecto de …

Nova universidade internacional de Soros pretende combater populismo e alterações climáticas

O filantropo multimilionário George Soros vai investir mil milhões de dólares (cerca de 904 milhões de euros) numa universidade internacional que terá como foco a oposição a governos autoritários e às alterações climáticas. Segundo avançou o …

"O índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual a nós", diz Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse, durante um vídeo em direto em que comentava a criação do Conselho da Amazónia, que "o índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual …