Confirmada a causa da morte da neta de Robert F. Kennedy

Saoirse Kennedy Hill, neta do falecido procurador-geral dos EUA, Robert F. Kennedy

As autoridades norte-americanas confirmaram este domingo que Saoirse Kennedy Hill, neta de Robert F. Kennedy, irmão do antigo Presidente John F. Kennedy, morreu na sequência de uma overdose acidental de drogas.

De acordo com a emissora norte-americana CNN, os exames toxicológicos relevaram toxidade aguda no corpo da jovem de 22 anos por metadona, fluoxetina, norfluoxetina, diazepam, nordazepam e álcool.

O corpo de Saoirse Kennedy Hill, filha de Courtney Kennedy Hill, foi encontrado no passado dia 1 de agosto numa residência da família, na cidade de Hyannis Port, Massachusetts. Na época, as autoridades não avançaram com a causa da morte, mas pessoas próximas às família adiantaram que se trataria de uma overdose.

Em 2016, Saoirse Kennedy Hill revelou que lutava contra a depressão.

“A minha depressão enraizou-se no início dos anos do ensino secundário e ficará comigo pelo resto da minha vida. Apesar de ser, acima de tudo, uma rapariga feliz, sofri de ataques de profunda tristeza que pareciam uma pedra pesada no meu peito”, escreveu num artigo, citado pela CBS News.

Estudante em Boston, Saoirse Kennedy Hill passou a sua infância na Irlanda e foi voluntária aos 18 anos no México, onde ajudou a construir escolas junto de comunidades indígenas. As causas sociais sempre marcaram o seu percurso, à semelhança da avó que foi uma grande ativista dos Direitos Humanos nos Estados Unidos.

A “maldição” dos Kennedy

Saoirse Kennedy Hill é o segundo membro da família Kennedy a morrer à conta das drogas. Já David Kennedy, filho de Robert F. Kennedy e tio da jovem, havia morrido de uma overdose aos 29 anos, tal como recordou o Observador.

Quando tinha 16 anos, a rapariga publicou uma mensagem ao tio por ocasião dos 30 anos da sua morte: “Tinhas um espírito gentil e amoroso que passou por lutas inimagináveis ​​na sua vida. Entristece-me saber que nunca nos encontraremos neste mundo, mas sei que te verei no céu com meu avô, com o tio Michael e outros membros da família”.

O New York Times adjetivou de “ladainha das tragédias” as mortes dentro da família Kennedy. Joseph P. Kennedy Jr., irmão do antigo Presidente norte-americano, morreu em 1944, aos 29 anos, quando o avião de combate em que seguia durante a 2.ª Guerra Mundial se despenhou.

Três anos antes, a irmã, Rosemary Kennedy, já tinha morrido durante uma lobotomia que correu mal. Em 1948, outra irmã, Kathleen Kennedy, morreu num desastre de aviação, com 28 anos.

Em 1963, John F. Kennedy, irmão de Joseph, Rosemary e Kathleen, à época Presidente dos Estados Unidos, morreu assassinado aos 46 anos. Três meses antes, Patrick Bouvier Kennedy, filho de John com Jacqueline, morreu ainda bebé.

Cinco anos após a morte de John F. Kennedy, também o irmão Robert F. Kennedy morreu assassinado. Edward M. Kennedy, irmão de John e de Robert, morreu afogado quando o carro que conduzia vindo de uma festa caiu de uma ponte.

David Kennedy, filho de Robert F. Kennedy, viria a sucumbir a uma overdose com drogas em 1984, aos 29 anos. Além deste e de Saoirse, também Patrick Kennedy, neto de Edward M. Kennedy, hoje com 52 anos, procurou tratamentos contra o vício em cocaína em 1986.

Michael Kennedy, outro filho de Robert e um dos tios a que Saoirse se referiu na mensagem dedicada a David, morreu durante um acidente de ski aos 39 anos, em 1997. Uns anos antes, Joseph Kennedy, também ele filho de Robert, teve um acidente grave de carro. Não morreu, mas a mulher que seguia com ele ficou tetraplégica.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Uma overdose acidental? O grande acidente é haver quem produza e comercialize tal veneno, para esses não deveria haver escapadela possível, mas como isso enche os bolsos a tal malandragem os governantes do mundo inteiro estão-se nas tintas para acabar com a mina e a desgraça alheia.

PCP anuncia voto contra no Orçamento Suplementar

Apesar da abstenção na votação inicial, o PCP anunciou que vai votar contra o Orçamento Suplementar na votação final marcada para esta sexta-feira. "Concluída a votação na especialidade verifica-se que os aspetos negativos da proposta do …

Figura em pedra com mais de dois mil anos descoberta em Miranda do Douro

O acaso colocou a descoberto em Duas Igrejas, no concelho de Miranda do Douro, uma figura zoomórfica que representa um berrão (porco) e que os arqueólogos datam entre os séculos IV e I a.C., foi …

FBI prende Ghislaine Maxwell, ex-namorada de Jeffrey Epstein

A ex-namorada de Jeffrey Epstein, Ghislaine Maxwell, foi esta quinta-feira detida pelo FBI. A mulher de 58 anos é acusada de ajudar a montar uma rede de tráfico de mulheres. O FBI deteve, esta quinta-feira, Ghislaine …

Polícia italiana apreendeu 14 toneladas de anfetaminas. Droga foi produzida pelo Estado Islâmico

As autoridades italianas apreenderam na quarta-feira 14 toneladas de anfetaminas produzidas na Síria por membros do Estado Islâmico, cujos lucros serviriam para reativar as suas operações. "É um facto que o Daesh [Estado Islâmico] utiliza a …

Câmara de Lisboa defende fim do financiamento público às touradas

A Câmara de Lisboa defendeu hoje a criação de legislação que impeça o financiamento público de espetáculos que "causem sofrimento animal", salientando que as touradas incluem "atos de violência". Numa moção “pelo fim de espetáculos com …

Acordo entre Neeleman e Governo já só depende da confirmação da Azul

O acordo entre David Neeleman e o Governo está prestes a concretizar-se, escreve o Expresso. Aparentemente já só falta a confirmação da Azul para garantir o acordo. Depois de a nacionalização da companhia ter sido dada …

Medina recua e diz que "há convergência total" com Governo no combate à pandemia

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse hoje que “há convergência total” com o Governo no combate à pandemia de covid-19, recusando que as críticas que fez à atuação das autoridades de saúde …

Parlamento vai debater o teletrabalho por iniciativa do PAN

O PAN considera que "o teletrabalho é uma ferramenta que pode ajudar a conciliar a vida profissional e a vida familiar", ainda que apresente fragilidades como a "invasão da vida pessoal". O PAN agendou para sexta-feira …

PSP também queria prémio semelhante ao dos profissionais de saúde

O Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP) manifestou-se esta quinta-feira “desiludido” com “a falta de respeito” que o Governo demonstra em relação à PSP e a outras forças de segurança que estão na “linha da …

Líderes catalães vão poder sair da prisão aos fins de semana

Uma decisão dos estabelecimentos prisionais faz com que os líderes independentistas catalães possam sair da prisão aos fins de semana, passando para um dos regimes de detenção menos restritivos. Em outubro do ano passado, nove líderes …