Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

(h) Fabian Chairez

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país.

A obra, pintada pelo artista plástico Fabián Cháirez, faz parte da exposição “Zapata después de Zapata”, do historiador Luis Adrián Vargas Santiago, e pretende apresentar visões alternativas da revolução mexicana, tal como conta a agência AFP.

O general mexicano surge na obra montado num cavalo branco excitado, de sombrero cor-de-rosa e saltos altos. O seu bigode característico está também presente no retrato, que inclui ainda uma faixa de tecido de cor verde, branca e vermelho.

Este quadro faz parte de uma mostra que conta com mais de 141 obras e que foi já apresentada em vários outros locais desde 2014. Contudo, a obra gerou agora polémica quando o Ministério da Cultura o utilizou para promover o evento nas redes sociais.

“Queima, queima”, gritaram alguns manifestantes à porta da museu, segundo relata a AFP, defendendo que o retrato do general mexicano é ofensivo.

“Isto não é liberdade de expressão, é deboche. É degradante. Não podem exibir a nossa história desta forma. Não se pode permitir este tipo de gozo”, disse Antonio Medrano, porta-voz dos manifestantes, citado pelo jornal britânico The Guardian.

A família de Zapata também considera que o quadro denigre a sua figura, uma vez que o representa como homossexual. “Não vamos permitir”, disse Jorge Zapata González, dando conta que pondera até processar o museu se o retrato não for retirado.

Face aos protestos, o criador da obra explicou que decidiu pintar o retrato nestes moldes porque “a masculinidade de Zapata é glorificada”. “Há pessoas que sentem desconforto com corpos que não obedecem às regras. Neste caso, onde está a ofensa? Veem uma ofensa porque Zapata é feminizado”, defendeu.

2019, o ano do líder Zapata

Na última década, recorda o Diário de Notícias, têm sido publicados contos e romances que envolvem um Zapata homossexual, mas historiadores dizem que há poucas evidências para suportar estas histórias.

O presidente mexicano, Andrés López Obrador, declarou 2019, o ano em que se assinala o centenário da morte do general mexicano, como o Ano de Zapata. Papéis timbrados e materais promocionais do Governo mexicano foram timbrados com a imagem do líder.

Zapata, que acabou por ser assassinado em 1919, aos 39 anos, foi um líder da revolução mexicana. Apesar de ter sido um agricultor pobre, defendeu a apropriação de terras pelos mais ricos, sendo considerado por muitos mexicanos como um herói.

A mostra, que termina em fevereiro de 2020, surge no mesmo momento em que as comunidades LBGTQ mexicanas se estão a tornar mais proeminentes. Também as mulheres estão a lutar de forma mais ativa contra o machismo, o assédio sexual e os feminicídios no país.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Em busca da câmara oculta. Cientistas querem voltar a "bombardear" a Grande Pirâmide de Gizé com raios cósmicos

Uma equipa de cientistas quer "bombardear" a Grande Pirâmide de Gizé, no Egito, com raios cósmicos para confirmar a existência de uma câmara interna, detetada numa outra investigação anterior. A informação é avançada pelo portal …

Primo de Sócrates garante que o dinheiro que tinha nas contas era seu

José Paulo Pinto de Sousa, primo de José Sócrates e arguido na Operação Marquês, afirmou ao juiz que era dono do dinheiro que o Ministério Público diz pertencer ao antigo primeiro-ministro, segundo fonte ligada ao …

Telemóvel de Jeff Bezos terá sido hackeado por príncipe herdeiro saudita

O telemóvel do dono da Amazon Jeff Bezos terá sido hackeado pelo príncipe da coroa saudita Mohammed bin Salman em maio de 2018, revela uma investigação do The Guardian. O multimilionário norte-americano Jeff Bezos, CEO da …

"Muu". O mugido de uma vaca pode revelar como se sente

https://vimeo.com/386240607 Ao ouvido humano, os mugidos parecem indistintos. No entanto, um estudo recente revelou que cada vaca tem a sua própria voz - e esta persiste em inúmeras situações. De acordo com um estudo recente, levado a …

Aeroporto do Montijo avança com luz verde da Agência Portuguesa do Ambiente

O projeto do novo aeroporto no Montijo, na margem sul do Tejo, recebeu esta terça-feira uma decisão favorável condicionada em sede de Declaração de Impacte Ambiental (DIA), anunciou a Agência Portuguesa do Ambiente (APA). Em comunicado, …

Vírus da China faz nona vítima mortal. Já há casos em Macau e nos Estados Unidos

O número de mortes causadas por um novo tipo de pneumonia na China subiu esta quarta-feira para nove, com a morte de mais três pacientes, enquanto o número total de infetados é já superior a …

A cura para todos os tipos de cancro pode estar no nosso sistema imunitário

Em laboratório, uma equipa de cientistas da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, conseguiu usar células do nosso próprio corpo para matar células cancerígenas. O nosso sistema imunitário é a defesa natural do nosso organismo contra …

Foi um asteróide (e nada mais do que um asteróide) que dizimou os dinossauros

Uma equipa internacional de cientistas acaba de reafirmar que foi um asteróide - e nada mais do que este corpo rochoso - que dizimou os dinossauros da face da Terra há cerca de 66 milhões …

Descoberta classe de objetos bizarros perto do enorme buraco negro da Via Láctea

Astrónomos da Iniciativa Órbitas do Centro Galáctico da UCLA (Universidade da Califórnia) descobriram uma nova classe de objetos bizarros no centro da Via Láctea, não muito longe do buraco negro supermassivo chamado Sagitário A*. "Estes objetos …

David Lynch lança curta-metragem no Netflix em dia de aniversário

O realizador norte-americano lançou no Netflix, esta segunda-feira, uma curta-metragem de 17 minutos. David Lynch lançou, esta segunda-feira, no dia do seu 74.º aniversário, uma curta-metragem de 17 minutos no Netflix, escreve o jornal Público. "What Did …