Restos de uma antiga supernova encontrados no fundo do Pacífico

U. Texas / CXC / NASA

As observações do remanescente da supernova G299.2-2.9 pelo Chandra revelam informações importantes sobre este objeto.

Observações do remanescente da supernova G299.2-2.9 pelo Chandra

Uma equipa de investigadores da Universidade Técnica de Munique encontrou indícios de ferro de uma supernova em núcleos de sedimentos extraídos do fundo do Oceano Pacífico.

A descoberta foi feita por uma equipa de investigadores alemães e austríacos, liderada pelo físico Peter Ludwig, quando analisava a composição do fundo do oceano para estudar bactérias magnetotacticas.

Estes microorganismos, capazes de se orientar e movimentar ao longo de linhas geomagnéticas, absorvem metais como o ferro, e abrem portas ao estudo dos misteriosos campos magnéticos da Terra.

Surpreendentemente, os cientistas descobriram que várias das amostras que recolheram do fundo do Oceano Pacífico continham 60Fe, o isótopo ferro-60 — uma forma de ferro que não é comum encontrar na Terra.

Num artigo publicado no início do mês na Proceedings of the National Academy of Sciences, a equipa de investigadores descreve a forma como analisou as amostras do fundo do oceano, e explica porque acredita terem origem numa supernova.

Algumas das amostras continham apenas alguns átomos de 60Fe, mas outras tinham inúmeros agrupamentos de moléculas.

(dr) Universidade Técnica de Munique

Amostras do isótopo ferro-60 encontrado nos restos fossilizados de bactérias magnetotaticas

Amostras do isótopo ferro-60 encontrado nos restos fossilizados de bactérias magnetotaticas

Segundo os cientistas, a presença de ferro-60 implica que algum evento cósmico violento – como a explosão de uma supernova ou o impacto de um meteoro – depositou o metal raro na nossa vizinhança.

“O 60Fe é extremamente raro no nosso planeta, e tem uma vida média de cerca de dois milhões e meio de anos, pelo que o 60Fe que pudesse estar presente na altura da formação da Terra já desapareceu.

O ferro trazido para a Terra por meteoros é normalmente encontrado em magnetites ou silicatos, que não se encontravam presentes nas amostras de 60Fe absorvido pelas bactérias magnetotacticas.

Tal parece indicar com clareza que “o 60Fe encontrado no fundo do Pacífico é mesmo proveniente da explosão de uma supernova próxima, provavelmente há cerca de um milhão de anos atrás”, explicam os investigadores numa nota de imprensa da Universidade Técnica de Munique.

“Não há na Terra nenhum mecanismo natural de produção deste radioisótopo, pelo que encontrar 60Fe em depósitos terrestres é uma prova directa de deposição de material de uma supernova no nosso sistema solar”, explicam os investigadores.

Seremos um dia capazes de chegar às estrelas? Talvez, mas entretanto, parece que as estrelas vão chegando até nós.

AJB, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Na realidade, tudo o que é mais pesado que o ferro foi sintetizado em supernovas!!
    E tudo o que aqui temos mais pesado que o hélio foi fabricado em estrelas.

RESPONDER

Governador do Rio de Janeiro acusado de fraude com hospitais de campanha

O Ministério Público brasileiro indicou ter reunido provas de que o governador do Rio de Janeiro comandou uma organização que defraudou a construção de hospitais de campanha, no âmbito do combate à covid-19. De acordo com …

Centeno já cativou mais de 1025 milhões de euros no Orçamento de 2020

As cativações no Orçamento do Estado (OE) para 2020 ascendem a 1025,5 milhões de euros, revelou o boletim da Direção-Geral do Orçamento relativo a abril, montante inferior ao do OE 2019. Segundo avançou o Expresso esta …

Supremo Tribunal anula presidência parlamentar de Juan Guaidó

Esta terça-feira, o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela reconheceu como presidente do parlamento Luís Parra, um dissidente da oposição. O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela (STJ) declarou nula a junta de direção da Assembleia …

Há 285 novos casos de covid-19. São quase todos na Grande Lisboa

A região de Lisboa continua a registar o maior número de novos casos de covid-19 registados no país. A Direcção Geral de Saúde (DGS) anuncia hoje 31.292 infectados com o coronavírus, mais 285 do que …

Com bens arrestados e a filha a pagar contas, é quase impossível cobrar multa de 3,7 milhões a Ricardo Salgado

O Tribunal Constitucional confirmou a multa de 3,7 milhões de euros que foi aplicada pelo Banco de Portugal ao banqueiro Ricardo Salgado, mas é quase impossível cobrar esse valor. O ex-presidente do BES tem os …

França suspende tratamentos com hidroxicloroquina

O Governo francês decidiu esta quarta-feira suspender os tratamentos à base de hidroxicloroquina para pacientes infetados com a covid-19. O Executivo revogou o decreto de 11 de maio que autorizava a prescrição e a administração …

Decisão unânime. Deputados vão pedir para ver contrato de venda do Novo Banco (e para ouvir Carlos Costa)

Os deputados da comissão de orçamento e Finanças aprovaram esta quarta-feira por unanimidade o requerimento do Bloco de Esquerda para que seja entregue ao parlamento o contrato de venda do Novo Banco ao Lone Star. Segundo …

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de Bruxelas. 15,5 mil milhões a fundo perdido

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de euros em subvenções e empréstimos no âmbito do Fundo de Recuperação da União Europeia (UE), após a crise da covid-19, que ascende a um total de 750 mil …

"Taxa covid" cobrada por clínicas e hospitais privados não é ilegal (e pode alastrar ao comércio)

Aumentaram, nos últimos dias, as queixas à DECO, a Associação de Defesa do Consumidor, relacionadas com o pagamento de taxas adicionais no acesso a hospitais e clínicas privadas. Taxas que se destinam a pagar os …

O Banif deixou de ser um banco em 2015, mas continua sem haver relatório obrigatório por lei

Os credores aguardam há quatro anos e meio que seja divulgado o relatório que diga qual a percentagem de recuperação a que têm direito por lei. A 20 de dezembro, completaram-se quatro anos desde que o …