Pela primeira vez, um restaurante vegan ganha uma estrela Michelin em França

Um restaurante de comida totalmente vegan em França foi o primeiro do país a receber a desejada estrela Michelin. Localiza-se perto de Bordéus.

A concessão da estrela ao ONA (Origine Non-Animale) é mais uma evidência de que um país há muito conhecido por pratos clássicos como o coq au vin, blanquette de veau ou boeuf bourguignon, foi capaz de se abrir a uma culinária sem animais. No país, já são vários os chefs de cozinha que têm vindo a “cortar” na carne na altura de elaborar os seus menus.

“É um novo movimento em França, onde as dietas ainda são muito baseadas em carne”, disse Claire Vallée, chef do ONA, que abriu há cinco anos em Arès, uma pequena cidade a cerca de 40 quilómetros de Bordéus.

Em declarações ao NYT, Vallée não desvaloriza a gastronomia que inclui a carne como fonte de proteína, e realça que “cada um tem seu lugar”, porém, o restaurante quer mostrar que é possível “comer de forma diferente”.

Outros estabelecimentos que confecionam apenas refeições vegan já receberam estrelas Michelin em países como os Estados Unidos, Espanha e Alemanha, porém em França esta é a primeira vez. Em Portugal, ainda nenhum restaurante deste tipo recebeu nenhuma estrela.

O restaurante ONA evita todos os produtos de origem animal, até mesmo na sua decoração e móveis, por isso não usa materiais como por exemplo, lã ou couro, garante Vallée.

Vários movimento pelos direitos dos animais estão a crescer cada vez mais em todo o mundo, porém a luta não tem sido fácil. Em França, os ativistas encontraram alguma resistência, uma vez que o país se destaca pelo elevado consumo de carne e onde os pratos à base de animais ainda são uma faceta central da identidade culinária do país.

Contudo, esta é uma luta que neste momento se posiciona num lugar secundário. Para desespero dos chefs, os restaurantes continuam vazios devido à pandemia.

Os estabelecimentos foram forçados a fechar pela primeira vez na primavera, quando as autoridades impuseram um confinamento rígido em todo o país. Após uma breve reabertura de verão, restaurantes, cafés e bares foram fechados novamente em novembro – e assim deverão permanecer até fevereiro, no mínimo.

Ana Isabel Moura Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governador de Nova Iorque volta a ser acusado de assédio sexual

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, foi acusado por outra ex-assessora de assédio sexual, que foi sua assistente executiva e conselheira de políticas de saúde até novembro do ano passado. Segundo noticiou no sábado o New …

Francisco Assis alerta Governo para riscos das raspadinhas

O presidente do Conselho Económico e Social (CES), Francisco Assis, vai promover um estudo sobre o impacto social do vício da raspadinha e informar o Governo, na esperança de que este repondere o lançamento da …

Mais de 75% dos refugiados sírios podem sofrer de stress pós-traumático

Mais de três quartos dos refugiados sírios podem estar a sofrer de distúrbios mentais, como transtorno de stress pós-traumático (TEPT), dez anos após o início da guerra civil no país. De acordo com um artigo do …

AVC foi a principal causa das 112.334 mortes em 2019

As doenças circulatórias foram as principais causas das 112.334 mortes verificadas em Portugal em 2019, divulgou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística, assinalando que a mais mortífera foi o acidente vascular cerebral (AVC). Em 2019, …

Iémen irá enfrentar a pior fome já vista nas últimas décadas. Guterres implora por generosidade

De acordo com a ONU, a situação humanitária no Iémen é muito grave e o país irá enfrentar a pior fome à qual o mundo já assistiu. Esta situação pode ser revertida se os seus …

"Um erro histórico". Tratado assinado em Portugal incentiva aquecimento global

Um tratado assinado em Lisboa concede um grande poder às empresas de energia para processar os Estados caso se sintam prejudicadas por políticas climáticas. O Tratado da Carta da Energia (TCE) é um acordo internacional assinado …

Jornalistas estrangeiros denunciam "declínio da liberdade" na China

A China utilizou as medidas para controlar o coronavírus, a intimidação e restrições de visto para limitar a cobertura jornalística estrangeira em 2020, dando início a um "rápido declínio da liberdade na media", denunciou o …

Sindicato dos chefes da PSP interpôs ação judicial por causa da pré-aposentação

O Sindicato Nacional da Carreira de Chefes da PSP indicou este domingo que interpôs uma ação judicial para impugnar um despacho da direção nacional da Polícia Segurança Pública sobre a lista de pedidos da passagem …

"A agricultura em Montalegre vai acabar". Praga de javalis destrói culturas

Os agricultores do concelho de Montalegre andam desesperados com o facto dos javalis andarem a destruir as culturas. A população destes animais tem aumentado muito nos últimos anos e as medidas de controlo têm sido …

50 mil euros. Governo cria prémio nacional para proteger florestas

No próximo Conselho de Ministros, na quinta-feira, o Governo vai discutir um prémio bianual para projetos que ajudem a melhorar a floresta, do ponto de vista técnico, científico ou da comunicação. A notícia é avançada esta …