Renas estão a encolher e a perder peso devido ao aquecimento global

As renas estão a encolher e o seu peso diminuiu 12% em 16 anos por causa do aumento das temperaturas, concluiu um estudo da British Ecological Society (Sociedade Ecológica Britânica) feito na Noruega e que foi apresentado esta segunda-feira.

“Nestes últimos 20 anos, um período de aquecimento visível, tanto no verão como no inverno, no Ártico”, as renas de Svalbard, na Noruega, “tornaram-se mais pequenas e mais leves”, diz a organização britânica.

Uma equipa de investigadores do Instituto James Hutton (um centro de ciência escocês) e de um instituto da Universidade de Ciências da Vida da Noruega estudaram a evolução das renas, medindo e pesando os animais, desde 1994.

Todos os invernos, os especialistas capturavam, marcavam e mediam renas com dez meses de idade. Voltaram ao mesmo arquipélago todos os anos para medir e pesar diferentes gerações até alcançarem a idade adulta.

O estudo mostra que, em 16 anos, o peso das renas adultas diminuiu 12%, de 55 quilos nos animais nascidos em 1994 para 48 naqueles que nasceram em 2010.

“Apesar de 12% parecer pouco, dada a importância do peso corporal na reprodução e na sobrevivência, é potencialmente enorme”, disse à agência de notícias AFP Steve Albon, do Instituto James Hutton.

Segundo estudos anteriores, sempre que o peso médio das renas adultas era inferior a 50 quilos em abril, a população diminuía, explicou o investigador.

Para os cientistas, esta diminuição do peso das renas de Svalbard está relacionado com o aquecimento global. Invernos mais quentes traduzem-se em mais chuva, que cai sobre a neve e congela, impedindo as renas de acederem à vegetação que costumam comer.

“As renas têm fome, perdem as crias ou dão à luz animais mais pequenos”, explicou.

A população de renas no mesmo arquipélago, no entanto, não diminuiu neste período, pelo contrário, duplicou nos últimos 20 anos, segundo o estudo.

Outra investigação divulgada em novembro sobre as renas na Sibéria já havia concluído que o aquecimento global, por causa das chuvas, ameaça esta espécie, por dificultar o acesso dos animais aos alimentos a que estão habituados.

Segundo esse estudo, 61 mil renas da Sibéria estavam ameaçadas de morrer à fome por causa do fenómeno das chuvas no inverno, que congelam ao tocar a neve.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Tigre de um zoo de Nova Iorque testa positivo ao novo coronavírus

Um tigre do jardim zoológico do Bronx em Nova Iorque, nos Estados Unidos, testou positivo ao novo coronavírus, indicou no domingo a instituição. Em comunicado, o jardim zoológico detalha que o grande felino terá contraído o …

Mais de 100 mil trabalhadores independentes já pediram apoio do Governo

Mais de 100 mil trabalhadores independentes já se candidataram ao apoio extraordinário criado pelo Governo para fazer face à paragem total de atividade devido à pandemia de covid-19. Segundo o comunicado do Ministério do Trabalho, Solidariedade …

“Voltaremos a encontrar-nos”. Isabel II relembra a 2.ª Guerra Mundial e fala de um desafio "diferente"

A rainha Isabel II salientou este domingo, numa mensagem televisiva, que a pandemia Covid-19 é um desafio "diferente" de outros enfrentados pelo Reino Unido e exortou os britânicos a respeitar o confinamento. "Embora já tenhamos enfrentado …

CTT recuam. Não vão propor a distribuição de dividendos de 2019

O Conselho de Administração dos CTT - Correios de Portugal, SA informaram esta segunda-feira que já não vão propor à Assembleia Geral de Acionistas a distribuição de dividendos relativos ao exercício de 2019, como previsto, …

Há enfermeiros sem treino a trabalhar nos cuidados intensivos

A presidente do Sindicato de Todos os Enfermeiros Unidos (SITEU), Gorete Pimentel, denuncia que há enfermeiros sem treino a trabalhar em unidades de cuidados intensivos. "São necessários três a quatro meses para que um enfermeiro seja …

Ronaldo vai tornar-se o primeiro bilionário no mundo do futebol

Cristiano Ronaldo vai faturar cerca de 90 milhões de euros este ano. Isto faz com que o futebolista português atinja os mil milhões de euros em receitas durante a sua carreira. Embora Cristiano Ronaldo tenha sido …

Tribunais adiaram mais 50 mil diligências num mês

A pandemia de covid-19 obrigou os tribunais portugueses a adiar 2.445 diligências e a anular outras 28.957, escreve o jornal Público. Ao todo, foram desmarcadas 51.402 diligências, frisa o matutino na sua edição desta segunda-feira, …

311 mortes e uma subida de 4% nos casos confirmados em Portugal. Recuperados quase duplicaram

O número de mortes em Portugal relacionadas com a Covid-19 ultrapassou a barreira das 300, situando-se nas 311 vítimas, mais 16 do que no domingo. O número de recuperados também cresceu para 140. Os casos …

"Uma vergonha para o país". Morte de ucraniano leva a "mudanças profundas" no funcionamento do SEF

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, disse esta segunda-feira que vai haver “mudanças profundas no modelo de funcionamento do Centro de Instalação Temporária do SEF no aeroporto de Lisboa, na sequência do caso da …

City abre processo a Kyle Walker por festa com prostitutas durante quarentena

Kyle Walker, futebolista do Manchester City, viu o clube instaurar-lhe um processo disciplinar, depois de este ter, alegadamente, quebrado a obrigação de confinamento devido à COVID-19 numa festa com prostituas. “Os futebolistas são modelos a seguir …