/

Relógio do Apocalipse perto da meia-noite. Humanidade nunca esteve tão perto da aniquilação

O Relógio do Apocalipse está mais perto do que nunca da meia-noite. Os ponteiros revelam que estamos a apenas 90 segundos da nossa aniquilação.

O Relógio do Juízo Final ou Relógio do Apocalipse tem vindo a fazer “tic tac” há 76 anos, enquanto calcula o quão perto a humanidade está de destruir o mundo. Esta terça-feira a hora foi atualizada e estamos a apenas 90 segundos da meia-noite. A humanidade nunca esteve tão perto da aniquilação total.

A principal responsável pelo mover do ponteiro é a guerra na Ucrânia. Ainda recentemente, o ex-Presidente russo Dmitry Medvedev avisou o mundo de que uma derrota da Rússia na guerra da Ucrânia pode desencadear uma guerra nuclear.

O relógio representa o risco de extinção da humanidade e tem em conta a possibilidade de um conflito nuclear, a crise ambiental e as guerras biológicas e cibernéticas.

O relógio não foi concebido para medir ameaças existenciais, mas sim para desencadear conversas sobre temas científicos como as alterações climáticas, de acordo com o Boletim de Cientistas Atómicos (BAS), que criou o relógio em 1947.

“Nós do Bulletin acreditamos que porque os humanos criaram essas ameaças, eles têm a capacidade de reduzi-las”, disse Rachel Bronson, presidente do BAS, numa conferência de imprensa.

“O pior de tudo é que as ameaças veladas da Rússia de usar armas nucleares lembram ao mundo que a escalada do conflito – por acidente, intenção ou erro de cálculo – é um risco terrível. A possibilidade de que o conflito saia do controlo de qualquer pessoa permanece alta”, lê-se no anúncio citado pelo Daily Mail.

“As ações recentes da Rússia violam décadas de compromissos de Moscovo. Em 1994, a Rússia juntou-se aos Estados Unidos e ao Reino Unido em Budapeste, Hungria, para declarar solenemente que iria ‘respeitar a independência e soberania e as fronteiras existentes da Ucrânia’ e ‘abster-se de ameaça ou uso da força contra a integridade territorial ou independência política da Ucrânia’ […]”, acrescenta a nota.

O Doomsday Clock foi fundado por cientistas envolvidos no Projeto Manhattan, que levou às primeiras armas nucleares durante a Segunda Guerra Mundial.

Em 2022, o relógio ficou a 100 segundos da meia-noite, a posição mais próxima que alguma vez esteve.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.