“Relógio de ADN” pode ajudar a prever a mortalidade

Um grupo de cientistas conseguiu identificar uma espécie de “relógio de ADN” que pode ajudar a prever quantos anos de vida restam a uma pessoa.

Uma investigação, publicada na Genome Biology, e levada a cabo durante mais de 14 anos por uma equipa da Universidade de Edimburgo, concluiu que as mudanças que ocorrem no ADN de uma pessoa, ao longo da sua vida, podem ajudar a determinar a morte prematura num indivíduo.

É quase senso comum que a cronologia do tempo não determina exactamente a idade do nosso corpo, isto é, o seu real estado orgânico. Há jovens com um físico menos cuidado e há, por outro lado, pessoas mais velhas muito melhor preservadas.

Foi precisamente com o intuito de determinar uma medida biológica da idade que os investigadores da Universidade de Edimburgo estudaram mais de 5 mil pessoas e, especificamente, as alterações químicas ocorridas nos respectivos ADN, ao longo das suas vidas.

Estes cientistas conseguiram, desta forma, desenvolver um “relógio biológico da idade”, isto é, determinar a idade previsível da pessoa como reflexo do estado do seu genoma e, logo, compará-la com a sua idade real.

“As pessoas cuja idade biológica era maior do que a sua idade real têm maior probabilidade de morrer mais cedo do que aquelas com idades biológicas e reais iguais”, salientam os investigadores, citados no site da Universidade de Edimburgo.

ed.ac.uk

O professor Ian J. Deary, investigador da Universidade de Edimburgo, na Escócia

O professor Ian J. Deary, investigador da Universidade de Edimburgo, na Escócia

Mesmo com a introdução de doenças crónicas ou de consumo de tabaco na equação, manteve-se a relação entre um relógio de ADN mais acelerado e uma morte mais prematura, afiança a mesma fonte sobre as conclusões dos cientistas.

“Este novo estudo aumenta a nossa compreensão da longevidade e do envelhecimento saudável”, realça o psicólogo Ian Deary, especialista em envelhecimento cognitivo e o líder da equipa de investigadores responsável pelo estudo.

“É entusiasmante, porque identificou um novo indicador de idade, o que melhora a previsão do tempo de vida para além e apesar da contribuição de factores como o tabaco, a diabetes ou as doenças cardiovasculares”, acrescenta Deary.

SV, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Trump avisa Irão para “nunca mais” ameaçar os Estados Unidos

O Presidente norte-americano, Donald Trump, avisou esta segunda-feira o Irão para “nunca mais” ameaçar os EUA, e advertiu Teerão que, se quiser lutar, será o seu “fim oficial”. “Se o Irão quiser lutar, esse será o …

Voto antecipado cria filas intermináveis em Lisboa e no Porto

A dez minutos do fecho das urnas, ainda havia muita gente a querer votar antecipadamente nas eleições europeias. As filas de espera eram longas no Porto e Lisboa. Houve quem desistisse de votar. Em Lisboa, as …

Desvendado o enigma do precioso vidro do deserto da Líbia

https://vimeo.com/336882972 Uma nova investigação acaba de dar resposta ao enigma do vidro da Líbia, que intriga cientistas há um século. O material, que chegou a ser utilizado pelo rei Tutankhamun, é fruto do impacto de um …

Funcionários públicos passam a receber hoje 75% do valor das progressões

Os funcionários públicos que reuniram dez pontos na avaliação de desempenho nos últimos anos começam hoje a receber com o salário 75% da progressão que esteve congelada, que passará a ser paga na totalidade em …

Pasta de dentes de carvão não branqueia os dentes (e faz muito mal)

O carvão ativado, como uma moda de saúde, começou a ficar popular em 2016. Hoje, podemos encontrá-lo em bebidas, gelados e pizza, por exemplo. Não há dúvida de que parte da atração está na estética das …

O exoplaneta mais tórrido já descoberto tem valiosas terras raras

A 650 anos-luz da Terra, o KELT-9 b, o exoplaneta mais quente até agora descoberto, tem assinaturas de alguns dos cobiçados minerais de terras-raras.  Além das assinaturas de ferro gasoso e titânio encontradas na sua atmosfera, …

Conseguirá a Terra sair ilesa se o Sol ficar sem combustível?

Planetas rochosos formados por elementos densos serão, muito provavelmente, os únicos sobreviventes da morte explosiva de uma estrela. Esta descoberta dá-nos pistas preciosas sobre o futuro da Terra. Quando uma estrela morre destrói tudo o que …

As colónias espaciais de Bezos flutuam, são auto-sustentáveis e até se podem parecer com Florença

O CEO da Amazon e fundador da empresa de transporte aeroespacial Blue Origin levantou o véu sobre os seus planos futuros, detalhando as suas ideias para a colonização do Espaço. Jeff Bezos sonha com "cápsulas" …

Descoberta nova espécie de rã de cristal na Colômbia

Uma rã de cristal com um coaxar peculiar foi descoberta na Sierra Nevada de Santa Marta, uma cordilheira localizada na Colômbia. "Foi um golpe de sorte", revelou o cientista que encontrou o novo espécime. Segundo …

O café mais caro do mundo vende-se na California. Custa 66 euros

Um café na California, nos EUA, prepara o que apresenta como o café mais caro do mundo. Chama-se Elida Natural Geisha 803 e custa 75 dólares (66 euros) por chávena. A rede Klatch Coffee Roasters, que …