Reitor da Universidade Fernando Pessoa julgado por desvio de 3 milhões

(dr)

Salvato Trigo, reitor da Universidade Fernando Pessoa

Salvato Trigo, reitor da Universidade Fernando Pessoa, está a ser julgado por crime de infidelidade, um ilícito punido “com pena de prisão até três anos ou com pena de multa”. O dinheiro da instituição terá sido canalizado para uma empresa, cujos sócios são o próprio reitor, a mulher e os dois filhos.

O reitor da Universidade Fernando Pessoa, Salvato Trigo, está a ser julgado desde outubro, à porta fechada, no Tribunal Judicial da Comarca do Porto por desvio de “pelo menos” três milhões de euros da Fundação Ensino e Cultura Fernando Pessoa, que detém a instituição privada de ensino.

De acordo com o jornal Público, a acusação refere vários esquemas que o reitor terá montado para obter grandes quantias de dinheiro da fundação que detém a universidade, dinheiro esse canalizado para uma empresa em nome do próprio, da sua mulher e dos dois filhos.

Salvato Trigo responde assim pelo crime de infidelidade, um ilícito punido “com pena de prisão até três anos ou com pena de multa”, mas garante que a “acusação é completamente falsa” e insiste na presunção de inocência.

Um dos negócios em causa foi a compra de uma casa contígua à reitoria, que alberga hoje a Escola de Pós-Graduações da Instituição. O imóvel foi comprado pela empresa da família, a Erasmo, com um empréstimo de 1,2 milhões da universidade.

Denunciado pela Ordem dos Contabilistas Certificados, o caso já foi averiguado por um juiz de instrução que considera provável a condenação devido à existência de documentos que comprovam a acusação. Além disso, a Polícia Judiciária fez perícias financeiras que também suportam a acusação.

A sociedade Erasmo recebia, também, rendas provenientes do aluguer de bares e cantinas da universidade Fernando Pessoa. As entidades que exploravam esses espaços entregaram à família de Salvato Trigo mais de 50 mil euros por ano. Embora as contas fossem pagas pela universidade, o reembolso era entregue à Erasmo e não à fundação.

A ser verdade, o reitor casou “prejuízo patrimonial importante” de forma intencional quando tinha “o encargo de dispor de interesses patrimoniais alheios ou de os administrar ou fiscalizar”.

O Ministério Público pede que a vantagem patrimonial que Salvato Trigo obteve com o crime, estimada em pelo menos 3.033.056 euros, seja declarada perdida a favor do Estado, já que foi obtida “através da prática de um facto ilícito”.

Na sequência da queixa feita ao Ministério Público, em 2011, a Autoridade Tributária decidiu realizar inspeções às contas da fundação, do reitor e da sua mulher, também vice-presidente da fundação, e da Erasmo e, no total, o fisco exigiu mais de 1,4 milhões de euros.

Segundo o Público, os visados impugnaram as cobranças nos tribunais. O jornal encontrou no Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto seis processos a correr, todos relativos a impugnações de cobranças da Fazenda Pública interpostos entre 2015 e o ano passado.

A advogada da fundação e da Erasmo recusou prestar declarações ao Público. Já o reitor Salvato Trigo não atendeu o telefone nem respondeu a mensagens.

O Ministério Público está agora a investigar crimes fiscais na Universidade Fernando Pessoa. A informação foi confirmada ao Público pela Procuradoria-Geral da República.

O inquérito, que teve início em 2015, está a correr no Departamento de Investigação e Ação Penal do Porto, que delegou a investigação na Divisão de Processos de Crimes Fiscais das Finanças. O processo já tem vários arguidos constituídos.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Uma vergonha, por isso é que não existe melhores empresas em Portugal, as que existem hoje em dia a trabalhar para o estado são quase todas de gente ligada a estas ou a politicos só com o intuito de gamar o nosso dinheiro pagas a preços de ouro, vergonha das vergonhas,gostava que alguem fizesse um apanhado de todas as empresas que trabalham para o estado e de quem são veriamos a realidade que temos.

RESPONDER

Jerónimo frisa que passes de transportes mais baratos foram obra da CDU

O secretário-geral comunista vincou o papel do PCP e "Os Verdes" na redução dos preços dos passes dos transportes públicos, numa sessão pública com trabalhadores das empresas do setor, na estação de comboios de Santa …

Morte de menina de oito anos com bala perdida revolta Brasil

A morte de Ágatha Félix, uma menina de oito anos atingida, alegadamente, por uma bala perdida da polícia do Rio de Janeiro, está a provocar indignação no Brasil. Ágatha Felix tinha oito anos e foi baleada …

Nós, Cidadãos! defende mudanças na escolha do PGR para combater corrupção

O presidente do partido Nós, Cidadãos! defende mudanças na escolha do Procurador-Geral da República, afirmando que boa parte dos 42 mil milhões de euros que a corrupção custou aos portugueses se deveu à inoperância desta …

"Estranhos sintomas" que afligiam diplomatas em Cuba podem ter sido causados por pesticidas

A misteriosa origem dos estranhos sintomas (entre eles, zumbidos, tonturas, náuseas, perdas de audição e de memória e outras dificuldades cognitivas) que afligiram diplomatas canadianos e norte-americanos em Cuba entre 2016 e 2018 dever-se-á a …

Testes rápidos ao VIH já podem ser feitos em casa

A partir da próxima semana vai ser possível comprar nas farmácias autotestes ao vírus da SIDA para fazer em casa. Os resultados demoram apenas 15 minutos. As farmácias portuguesas vão começar a vender, a partir da …

Polícia dispara balas de borracha sobre manifestantes em Hong Kong

A polícia disparou no domingo balas de borracha em confrontos com manifestantes pró-democracia, em Hong Kong, perto de um centro comercial no qual causaram distúrbios. Pelo décimo sexto fim de semana de mobilização, milhares de manifestantes …

Portugal já paga juros mais baixos que Itália e Espanha, diz Costa

"Todos em Portugal estão hoje a viver melhor do que viviam há quatro anos", afirmou António Costa, durante uma ação de campanha do PS. António Costa disse, este domingo, que Portugal já está a pagar a …

Os últimos cinco anos foram os mais quentes de sempre

Um relatório das Nações Unidas revelou que, entre 2015 e 2019, foram atingidos níveis históricos. Desde 1850, as temperaturas aumentaram 1,1ºC. O período entre 2015 a 2019 é o mais quente alguma vez registado, indicou este …

Duarte Lima perde último recurso e deve ser julgado pela morte de Rosalina Ribeiro em Portugal

O Supremo Tribunal brasileiro indeferiu um novo recurso de Duarte Lima que assim está mais próximo de ser julgado em Portugal, pelo homicídio de Rosalina Ribeiro, em Maricá, em 2009. Ao recurso extraordinário, interposto de uma …

Governo britânico cumprirá decisão do Supremo sobre suspensão do Parlamento

O Governo britânico cumprirá a decisão do Supremo Tribunal do Reino Unido sobre a legalidade ou ilegalidade da suspensão do Parlamento, uma decisão que deverá ser anunciada esta semana. A garantia foi dada este domingo à …