Reino Unido dá mais um passo no desconfinamento, mas com cautela

A partir desta segunda-feira, as pessoas podem juntar-se em grupos de seis ao ar livre e retomar a prática de desportos em espaços abertos. 

O Reino Unido dá, esta segunda-feira, mais um passo para sair do confinamento em vigor há três meses com o fim, em Inglaterra, da ordem para ficar em casa, mas as autoridades mantêm uma mensagem de cautela.

A partir de hoje, as pessoas podem juntar-se em grupos de seis ao ar livre e podem retomar a prática de desportos em espaços abertos, como ténis, golfe ou natação, a primeira etapa do plano de desconfinamento do Governo britânico.

As restrições continuam ao convívio de agregados familiares diferentes dentro de casa e, apesar de não existirem instruções claras sobre a distância que se pode viajar dentro do país, continua a ser proibido pernoitar fora da residência principal.

O comércio não essencial vai permanecer fechado até 12 de abril e os restaurantes e cafés só poderão servir dentro de portas a partir de 17 de maio, altura em que o Governo admite levantar as restrições de viagem para o estrangeiro.

Com o programa de vacinação bastante avançado, o primeiro-ministro, Boris Johnson, espera levantar completamente o confinamento em 21 de junho, autorizando eventos com público como concertos e jogos de futebol.

Porém, avisou os britânicos, é preciso manter a cautela “pois os casos estão a aumentar em toda a Europa e novas variantes ameaçam o nosso plano de vacinação”.

As outras regiões do Reino Unido – Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte – estão a adotar medidas semelhantes, mas com datas diferentes. No País de Gales, milhares de pessoas invadiram praias e parques naturais no sábado, depois que as autoridades suspenderem as restrições de viagem que estavam em vigor desde dezembro.

O receio com a onda de infeções em curso em alguns países do continente europeu, como França, Alemanha ou Polónia, levou o Governo britânico a anunciar que vai exigir testes rápidos a profissões até agora isentas de quarentena, como camionistas ou tripulações de avião que cheguem do estrangeiro.

O ministro da Cultura, Oliver Dowden, disse à BBC, no domingo, que as etapas do desconfinamento “poderão ser atrasadas se a situação se deteriorar”.

Apesar disso, disse estar “confiante” de que segundas doses da vacinas contra a covid-19 serão administradas a tempo, mesmo com a possibilidade de redução no fornecimento.

“Temos em mente que temos de conseguir administrar as segundas doses, então estamos confiantes de que seremos capazes”. Estamos confiantes de que não será necessária a mistura de vacinas”, assegurou.

O Reino Unido é o país com mais mortes na Europa e o quinto a nível mundial, tendo registado 126.592 óbitos confirmados desde o início da pandemia covid-19.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2 - 1 Braga | Leão entra em 2021/22 a rugir

O Sporting parece querer manter a senda de sucesso da época passada e entrou em 2021/22 com o pé direito. Os “leões” bateram o Sporting de Braga por 2-1, num jogo que valeu, sobretudo, pela primeira …

Ensinar crianças a dizer palavrões? Uma cientista acha que é boa ideia

A auto-intitulada "cientista dos palavrões" acredita que ensinar as crianças a usá-los de forma eficiente ajuda os mais novos a perceber como este palavreado afecta outras pessoas. Já se sabia que dizer palavrões é um sinal …

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …

Covid-19. Milhares de franceses protestam contra passe sanitário

Milhares de pessoas concentraram-se este sábado em Paris para protestar contra o passe sanitário — certificado de vacinação contra a covid-19 que passa a ser obrigatório para entrar em vários locais —, tendo a polícia …

"Toque de Midas" científico. Químicos transformam água purificada em metal dourado

Esta nova descoberta ajuda a entender o estado de transição da água e pode vir a ser importante no estudo de planetas como Neptuno ou Urano. Numa experiência alucinante, cientistas conseguiram transformar água purificada num metal …