Reino Unido, Irlanda e Dinamarca podem ficar de fora das quotas de refugiados

A Comissão Europeia reconheceu que o Reino Unido, Irlanda e Dinamarca poderão ficar de fora do sistema de quotas para o acolhimento de refugiados dentro da União Europeia, uma das propostas da futura estratégia europeia para a migração.

“O Reino Unido e a Irlanda têm direitos de participação em relação aos tratados, o que significa que podem escolher se querem participar numa medida, dentro de um período de três meses após a apresentação da proposta, e quando essa medida recai em matérias de Justiça e Assuntos Internos“, indicou a porta-voz da Comissão Europeia (CE), Natasha Bertaud, na conferência de imprensa diária do executivo comunitário, em Bruxelas.

“A Dinamarca tem um direito de exclusão e como tal não participa em medidas que sejam adotadas dentro desse capítulo”, acrescentou a porta-voz.

Segundo Natasha Bertaud, todas estas disposições vão implicar, na prática, a aplicação de exceções, caso se estabeleça um sistema de quotas para a distribuição de requerentes de asilo que já estejam em território comunitário.

Na segunda-feira, esta mesma porta-voz não conseguiu esclarecer se existiriam exceções e se alguns Estados-membros poderiam não ser abrangidos por esta medida.

“Não podemos afirmar se vão ser aplicadas exceções em algo que ainda não foi decidido”, afirmou então a representante.

Na conferência de imprensa de hoje, Natasha Bertaud sublinhou que a estratégia que será apresentada quarta-feira pela Comissão Europeia não será uma proposta legislativa, mas sim uma agenda que mostra de forma clara as intenções do executivo comunitário em matéria de migração.

A par do sistema de quotas, o novo plano inclui ainda, entre outros aspetos, o reforço da agência europeia de gestão das fronteiras externas (Frontex), a luta contra as redes de tráfico de imigrantes e a abertura de canais para a imigração qualificada, segundo adiantou a Comissão Europeia na segunda-feira.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Estes britânicos estão cada vez pior…
    Primeiro fizeram o que se sabe nas suas ex-colónias de África e Médio Oriente, criando todos estes problemas e agora nem sequer querem ter nada a ver com o assunto…
    Muito bem…

RESPONDER

Ventura diz que Marcelo quer flexibilização das restrições no Natal

O líder e deputado único do Chega, André Ventura, afirmou esta quinta-feira que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, manifestou a vontade de que haja alguma flexibilização das restrições à circulação no Natal. Após …

Governo do Brasil aponta início da vacinação entre janeiro e fevereiro

O ministro da Saúde do Brasil, Eduardo Pazuello, disse que o país vai começar a receber 15 milhões de doses de vacinas para a covid-19 entre janeiro e fevereiro de 2021, com mais cem milhões …

Solução para Novo Banco pode não passar por um OE retificativo, diz João Leão

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, disse que a alternativa à anulação da transferência de 476 milhões de euros para o Novo Banco não tem "necessariamente que passar" por um orçamento retificativo …

Plano de vacinação arranca em janeiro com três fases. 950 mil pessoas no primeiro grupo prioritário

Pessoas com mais de 50 anos com uma patologia frequente nos casos graves de covid-19, residentes e/ou internados em lares e profissionais de saúde integram o primeiro grupo prioritário para a administração da vacina de …

Segunda vaga de moratórias autorizada pela Autoridade Bancária Europeia

A Autoridade Bancária Europeia (EBA) autorizou a reabertura de moratórias de crédito, com efeitos a partir de 01 de outubro até 31 de março de 2021, dois meses após ter suspendido novas adesões. Num comunicado publicado …

Turquia alvo de críticas duras em reunião da NATO e em risco de sanções

A Turquia esteve esta quarta-feira sob um fogo de críticas na reunião virtual dos Ministros dos Negócios Estrangeiros (MNE) da NATO e, com a deceção manifestada pelos Estados Unidos, deve preparar-se para sanções económicas americanas …

O que Neymar mais quer é voltar a jogar com Messi. Só se vier a custo zero, diz o Barça

O internacional brasileiro Neymar, que alinha pelo PSG, confessou esta quarta-feira que o mais deseja é voltar a jogar com o astro argentino Lionel Messi, com quem partilhou balneário entre 2013 e 2017 no Barcelona. …

Ministro da Administração Interna e procuradora-geral da República vão ser ouvidos no Parlamento

Eduardo Cabrita será ouvido sobre o caso do cidadão ucraniano assassinado nas instalações do SEF e Lucília Gago sobre a "recente diretiva sobre os poderes hierárquicos" na magistratura do Ministério Público. A comissão de Assuntos Constitucionais …

Portugal regista mais 79 mortos e 3.772 novos casos de covid-19

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais 79 mortos relacionados com o novo coronavírus, que provoca a covid-19, e 3.772 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

França investiga 76 mesquitas por suspeita de radicalização islâmica

A França vai investigar nos próximos dias 76 mesquitas por suspeitas de radicalização islâmica, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior do país, Gerald Darmanin. Trata-se de 16 templos na região de Paris e 60 no …