Reforço para maiores de 50 anos que tomaram vacina da Janssen arranca hoje

Rungroj Yongrit / EPA

A convocação é feita através de SMS. O objetivo é que 2.5 milhões de portugueses já estejam vacinados com a dose de reforço em Janeiro.

As pessoas com mais de 50 anos a quem foi administrada a vacina da Janssen vão começar, a partir deste domingo, a receber uma segunda dose para reforçar a sua imunidade contra o coronavírus SARS-CoV-2.

Segundo adiantou a Direcção Geral da Saúde no final de Novembro, este processo de vacinação arranca hoje e vai prosseguir o feriado de 8 de Dezembro e nos domingos seguintes, dias 12 e 19 de Dezembro.

Os utentes elegíveis para esta vacinação serão convocados por mensagem SMS. São também elegíveis para a dose de reforço os 200 mil maiores de 65 anos e profissionais de saúde que já recuperaram da infeção. Ficam excluídos aqueles que já tomaram esta dose para se poderem deslocar a países que exigem a toma de duas.

O intervalo entre a toma das doses também mudou. Em linha com outros países, como o Reino Unido, o período de tempo passou de seis meses para cinco meses, o que levou a um aumento em mais 600 mil o número de utentes elegíveis com mais de 65 anos. O objetivo é já haver 2.5 milhões de portugueses vacinados com a dose de reforço em Janeiro.

Esta dose de reforço, decidida na sequência de estudos internacionais que indicam uma diminuição da imunidade das pessoas que tomaram a vacina da Janssen, será da vacina da Pfizer ou da Moderna, estando elegíveis cerca de um milhão de pessoas.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.