China e Índia começam a reduzir escalada militar na fronteira dos Himalaias

Andy Wong / POOL / EPA

O Governo indiano anunciou hoje que a Índia e a China começaram a reduzir a escalada militar das suas tropas na fronteira oeste dos Himalaias, após meses de tensão e confrontos que deixaram dezenas de soldados mortos ou feridos.

“Tenho o prazer de informar à Câmara que, como resultado da nossa estratégia e discussões com o lado chinês, conseguimos chegar a um acordo sobre a redução da escalada [militar] nas margens norte e sul do Lago Pangong”, disse o Ministro da Defesa indiano, Rajnath Singh, numa apresentação perante o parlamento.

A implementação deste acordo, disse o ministro, “começou ontem [quarta-feira] nas margens norte e sul do Lago Pangong”, no oeste do Himalaia.

O acordo alcançado após meses de negociações e tensão militar irá “restaurar substancialmente a situação para o nível em que se encontrava antes do início do confronto no ano passado”, disse Singh.

O compromisso entre a China e a Índia prevê que as partes cessem os seus desdobramentos militares de maneira escalonada e coordenada, explicou.

Além disso, foi acordada uma moratória temporária às atividades militares dos dois lados em certos setores da fronteira, incluindo o patrulhamento em áreas tradicionais.

O ministro da Defesa indiano garantiu ao parlamento que o Governo da Índia “não concedeu nada” à China nas negociações. As partes continuarão as conversações, tanto na esfera diplomática quanto militar, para acertar os detalhes da retirada e demais pendências.

“Existem algumas questões pendentes em relação à implantação e patrulhamento em alguns outros pontos ao longo da Linha de Controlo Atual (LAC) no leste de Ladakh. Essas serão o foco de futuras discussões com o lado chinês”, acrescentou.

Índia e China começaram a fortalecer a sua presença militar na fronteira após um confronto o no Vale Galwan, a oeste do Lago Pangong, em junho passado, o pior em 45 anos entre os dois países e no qual pelo menos foram mortos 20 soldados indianos e 76 ficaram feridos.

Os dois países reagiram ao confronto enviando tropas para a LAC, o que manteve a tensão militar na região crescendo desde aquela altura. Desde então, Nova Deli e Pequim tentaram resolver a crise através dos canais diplomáticos.

As duas potências nucleares mantêm uma disputa histórica por várias regiões dos Himalaias, com Pequim a reivindicar Arunachal Pradesh, controlado por Nova Deli, que por sua vez reivindica Aksai Chin, administrada pelos chineses.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ninguém sabe do paradeiro dos Evangelhos Garima, um dos maiores tesouros do mundo cristão

Depois de terem sobrevivido a 1.500 anos de história num mosteiro remoto, os Evangelhos Garima enfrentam agora a sua ameaça mais grave. Um dos maiores tesouros do mundo cristão, guardado durante mais de 1.500 anos no …

"Estou preocupado". Ex-piloto da Marinha dos EUA diz que via OVNIs "todos os dias"

Um antigo piloto da Marinha dos Estados Unidos diz que, durante anos, viu Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) "todos os dias". Depois de anos a ignorar a questão, uma task force do Pentágono prepara-se para revelar …

Peru está a investigar se a lixívia pode curar a covid-19

O congresso do Peru votou para investigar se beber ou injetar uma lixívia industrial poderia curar a covid-19. A moção foi aprovada com 49 votos a favor e 39 votos contra. Está a ser criado um …

Há vestígios de ouro nesta imagem de satélite

As operações de mineração num dos maiores depósitos de ouro da Rússia, em Aldan, incluem um método que deixa rastos na paisagem. E são visíveis do Espaço. A imagem de satélite, tirada em setembro de 2019, …

Dezenas de corpos de vítimas de covid-19 encontrados nas margens do rio Ganges

Ciclone Tauktae faz pelo menos 33 mortos na Índia (e paralisa vacinação contra covid-19)

Pelo menos 33 pessoas morreram e quase cem estão desaparecidas na Índia, devido ao impacto do ciclone Tauktae, esta terça-feira. O país também registou o maior número de mortes diárias provocadas pela covid-19. Centenas de milhares …

Cientistas criam dispositivos de testagem que produzem resultados em tempo recorde

Cientistas criaram dispositivos que permitem detetar infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 num segundo ou em menos de 30 minutos, conforme a técnica usada, revelam dois estudos distintos divulgados esta terça-feira na imprensa da especialidade. Investigadores das …

CP está a vender bilhetes com 80% de desconto

A CP tem uma nova campanha, que entra em vigor esta terça-feira, através da qual disponibiliza cerca de 17.920 viagens com descontos até 80% nos comboios intercidades. De acordo com o jornal Público, os bilhetes abrangidos …

Mais de 40 pessoas, quase todas crianças, no hospital de Beja com vómitos

Um total de 35 crianças e seis adultos oriundos de diversas escolas do concelho de Beja deram esta terça-feira entrada no Hospital José Joaquim Fernandes, naquela cidade alentejana. A notícia foi avançada por fonte hospitalar, que …

Novo Banco. "Não era um banco bom, foi preciso fazer dele um bom banco", diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, afirmou esta terça-feira que o Novo Banco “não era um banco bom” e “foi preciso fazer dele um bom banco”, recordando o “legado do BES” que marca …

Ensino superior com vagas especiais para lusodescendentes

O Governo alargou o contingente especial de acesso ao ensino superior dirigido a emigrantes e seus familiares permitindo que, no próximo ano letivo, se possam candidatar todos os lusodescendentes, de nacionalidade portuguesa e residentes no …