Detetada uma rede ancestral de rios que fluía em Marte

Novas imagens da Mars Express da ESA mostram um belo exemplo de uma rede de rios secos em Marte, um sinal de que a água fluía na superfície do Planeta Vermelho.

Trata-se de um sistema de vales nas terras altas do sul de Marte, localizado a este da cratera gigante conhecida como Huygens e a norte de Hellas, a maior bacia do planeta.

Com entre 3500 e 4500 milhões de anos de idade, as terras altas do sul são algumas das partes mais antigas e com mais crateras de Marte, onde se observam muitos sinais ancestrais de fluxo de água.

A topografia desta região sugere que a água fluía costa abaixo desde o norte, formando vales de até dois quilómetros de largura e 200 metros de profundidade. Estes vales estão patentes hoje, mesmo após ter sofrido uma erosão significativa desde que se formaram. A erosão é visível em forma de bordas de vales quebradas, amolecidas, fragmentadas e dissecadas, especialmente em vales que se estendem de leste a oeste.

Este tipo de estrutura dentrítica também é observado em sistemas de drenagem na Terra. Um exemplo particularmente bom é o rio Yarlung Tsangpo, que serpenteia desde a sua nascente no Tibete ocidental através da China, Índia e Bangladesh.

No caso desta imagem de Marte, divulgada pela ESA, estes canais de ramificação provavelmente foram formados pelo escoamento de água da superfície de um rio, combinado com uma grande quantidade de chuva.

Acredita-se que este fluxo tenha cruzado o terreno existente em Marte, forjando novas estradas e esculpindo uma nova paisagem.

Em geral, o sistema de vales parece ramificar-se significativamente, formando um padrão parecido com ramos de árvores que vêm de um tronco central. Este tipo de morfologia é conhecido como “dendrítico”: o termo deriva da palavra grega para árvore (dendron). Vários canais separam-se do vale central, formando pequenos afluentes que frequentemente se dividem novamente.

Contudo, desconhece-se a origem de toda a água, estando entre as possibilidades a precipitação, os lençóis freáticos e/ou o derretimento de glaciares. Porém, todas estas opções exigiriam um passado muito mais quente e aquático de Marte do que o planeta que vemos hoje.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • Comentário ignorante…
      A ciência então não vale nada? De nada serve conhecermos um pouco melhor o universo?
      Se não tem nada a comentar do ponto de vista cientifico, mais vale estar calado…

      • Pra que serve a ciência (no sentido supracitado) enquanto nossas crianças morrem de fome?
        Você tem filhos pra saber a dor de perder um filho por desnutrição, e saber que apenas 1 milhão alimentaria não só a vida dele como a de milhares de crianças por um bom período de tempo?
        Não estamos dizendo que é inútil buscarmos conhecimentos sobre o cosmos, nossa origem etc, estamos apenas discutindo as PRIORIDADES deste século: Bilhões e bilhões em pesquisas espaciais entre outras desnecessidades, e milhões de crianças e suas famílias morrendo de fome e sede.
        Qual deveria ser a prioridade da humanidade? Não é tão óbvio que deveria ser a própria humanidade?
        A questão é bem reflexiva, e geralmente as pessoas de coração mais puro estão mais sensíveis a saber o lado cristalinamente mais correto.

Buraco negro apanhado a engolir uma estrela de neutrões

Um buraco negro que engole uma estrela de neutrões terá sido detetado pela primeira vez devido a ondas gravitacionais, anunciaram esta segunda-feira cientistas. Segundo a investigadora Susan Scott, da Universidade Nacional da Austrália, que participou no …

O novo Bugatti Centodieci é mais caro do que um caça F-16

https://vimeo.com/354910872 Fica mais barato comprar um caça Lockheed F-16 de 1980 usado, do que comprar o novo Bugatti Centodieci. O exclusivo veículo da marca italiana custa 8 milhões de dólares O Centodieci, o novo modelo da Bugatti, …

Mergulhador encontra GoPro que mostra últimos momentos de vida do dono

Um mergulhador encontrou uma GoPro com os momentos finais de um jovem que se tinha afogado numa cascata no Tenessee. O achado acontece dois anos depois da sua morte, e veio dar resposta a algumas …

Vá de férias para uma ilha paradisíaca (e volte com um cão adotado)

Na ilha de Providenciales, no arquipélago das Ilhas Turcas e Caicos, nas Caraíbas, há cães a brincar pelo areal, prontos para serem adotados por turistas. A iniciativa pretende combater o abandono destes animais. São os turistas …

"TONY" é o documentário português mais visto de sempre

O filme documental "TONY", de Jorge Pelicano, que conta a vida do cantor Tony Carreira, é o documentário português mais visto de sempre em Portugal, de acordo com números do Instituto do Cinema e do …

Há milhões de abelhas a morrer no Brasil (e isso é um aviso)

A morte em massa de abelhas devido aos químicos agrícolas já é há muito tempo uma preocupação no Brasil, onde, entre 1990 e 2016, o uso de pesticidas aumentou 770%, de acordo com a FAO, …

Brexit. Holandeses preparam festa na praia para se despedirem do Reino Unido

Milhares de holandeses pretendem despedir-se do Reino Unido na praia, degustando pratos europeus, uma ideia criada nas redes sociais este fim de semana e que tem conquistado o interesse generalizado. De acordo com a agência Lusa, …

Bolsonaro usa vídeo de caça a baleias na Dinamarca para criticar Noruega

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, usou um vídeo de caça à baleia para atacar a Noruega, país que suspendeu os apoios à preservação da Amazónia, mas as imagens utilizadas são das Ilhas Faroé, da Dinamarca. "Vejam …

Rússia cria comissão para investigar "ingerência estrangeira" na política interna

Criação de uma comissão para investigar a "ingerência estrangeira" na política interna da Rússia acontece depois de várias manifestações contra Putin, que Moscovo diz mostrarem envolvimento ocidental. A câmara baixa do parlamento russo anunciou esta segunda-feira …

Novo planeta gigante detetado a orbitar estrela que dista 63,4 anos-luz da Terra

O novo planeta tem uma massa cerca de três mil vezes maior do que a da Terra e orbita a sua estrela a uma distância quase três vezes superior à que separa o Sol do …