Recandidatura de Trump arranca com despedimentos de responsáveis por sondagens negativas

Michael Reynolds / EPA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apresenta esta terça-feira a sua recandidatura à Casa Branca pelo Partido Republicano, num comício que juntará 20 mil pessoas em Orlando, Flórida, e numa altura em que sondagens mostram que pode perder contra candidatos Democratas.

Com alguns estudos de opinião a revelar baixos indicadores de aprovação do seu primeiro mandato e outras sondagens a mostrar que Trump pode perder para vários dos 23 potenciais candidatos Democratas, a escolha da Flórida para local de apresentação oficial da recandidatura do Presidente norte-americano revela a preocupação em começar a tentar seduzir o terreno eleitoral mais volátil.

Trump “tem de ter um bom desempenho aqui, se quer ganhar a Presidência”, explicou o presidente Republicano da Câmara de Orlando a um jornal local, referindo-se ao facto de a Flórida ser um ‘swing State’ (que muda facilmente de partido).

No Twitter, Donald Trump escreveu esta segunda-feira que esperava “bater recordes” no comício em Orlando, dizendo que o seu Partido Republicano tinha recebido 100 mil pedidos de presença, para serem selecionados apenas 20 mil participantes, alguns dos quais já chegaram ao pavilhão do comício na segunda-feira, para conseguir um bom lugar.

“O nosso país está a ir muito bem, muito melhor do que os perdedores pensavam possível”, afirmou o Presidente, referindo-se aos estudos de opinião que na passada semana apresentavam indicadores de aprovação abaixo do 45%.

Nos comícios de reeleição, o Presidente tem repetido o slogan “América primeiro” (“America First”) e tem voltado ao tema do combate à imigração ilegal e à necessidade de revogar e substituir o sistema de saúde (conhecido como Obamacare), para obter os mais fortes aplausos entre os seus apoiantes.

“Mas desta vez é o candidato incumbente. Não pode aparecer em 2020 com as ideias de 2016″, afirmou um elemento da sua campanha de reeleição ao jornal Politico, mostrando que entre o seu ‘staff’ nem todos estão confortáveis com a estratégia escolhida.

Despedimentos de responsáveis por sondagens desfarováveis

Segundo adianta a estação televisiva norte-americana NBC, citando uma fonte da campanha de Trump, a equipa responsável pela corrida eleitoral decidiu afastar vários dos analistas responsáveis por sondagens internas que davam resultados negativos para Trump. Os resultados vazaram de forma anónima nos média nas últimas semanas.

Segundo escreve o The News York Times, Trump terá dados instruções para que os seus colaboradores de campanhas desmentissem publicamente os resultados.

Em causa estarão cinco analistas, de acordo com a imprensa norte-americana. A emissora CNN avança que  as três pessoas afastadas são Michael Baselice (que está com Trump desde 2016 e que será próximo do diretor de campanha Brad Parscale), Adam Geller e Brett Lloyd. Já o jornal New York Times diz que o afastamento de Lloyd está a ser usado para minar Conway dentro da estrutura em torno do Presidente por parte de outros membros da Casa Branca.

Face às sondagens negativas reveladas – que davam uma vitória a Trump no Texas por uma margem mínima (estado onde os republicanos têm vencido as Presidenciais nos últimos 40 anos) e uma derrota perante Joe Biden, ex-vice de Barak Obama, em vários outros estados -, Trump reagiu a dizer que as sondagens não existem.

“Estas sondagens não existem. Tive ainda agora um encontro com um politólogo e eu estou a ganhar em todo o lado, nem sei do que estão falar”, disse Trump em declarações à ABC na passada quinta-feira.

No dia seguinte, reforçou a ideia à Fox News: “Estamos ótimos na Pensilvânia, estamos ótimos na Carolina do Norte. Na Flórida estou a ganhar com grande margem”.

E esta segunda-feira, na véspera do arranque oficial à corrida pela Casa Branca, o Presidente norte-americano voltou a frisar: “Só as sondagens fake é que nos colocam atrás da Motley Crew (…) Estamos muito bem, mas ainda é cedo para nos focarmos nisso”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. É tão otário esse imbecil… nunca perde, é o maior da aldeia dele!!!!
    É sempre tudo a favor dele naquela cabecinha oca.
    É sempre tudo fake, desde que não lhe agrade, é fake.
    Adoro pessoas assim, não sabem perder… não se conformam com a realidade dos factos!
    Manipulam, oprimem, distorcem, mentem… Enfim, um anormalzeco de primeira!
    E isto independentemente do posicionamento politico de esquerda ou direita, estou a falar apenas da pessoa, que é uma verdadeira besta, um burro tão grande que até dá vergonha alheia só de o ouvir!
    ai ai coitadinho…

RESPONDER

Cientistas conseguiram manter tecido cerebral de cobaias vivo durante semanas

Cientistas japoneses conseguiram manter partes de tecido cerebral de cobaias vivas e viáveis durante 25 dias, isoladas numa cultura, graças a um novo método. De acordo com o Science Alert, a chave para o sucesso foi …

Arqueólogos descobrem 25 sítios que comprovam presença militar romana no Norte e na Galiza

Investigadores portugueses e galegos descobriram 25 novos sítios no Norte de Portugal e na Galiza que “comprovam arqueologicamente” a presença militar romana nos dois territórios, correspondendo a maioria dos locais a “acampamentos militares”, revelou hoje …

EUA poderão manter alguns efetivos na Síria para proteger poços de petróleo

Os EUA planeiam deixar alguns efetivos no nordeste da Síria para proteger instalações petrolíferas e garantir o combate contra um possível ressurgimento do grupo extremista Estado Islâmico (EI), disse hoje o secretário de Defesa dos …

Polícias realizam manifestação conjunta em Lisboa a 21 de novembro

Elementos da PSP e da GNR realizam a 21 de novembro, em Lisboa, uma manifestação conjunta para exigirem ao novo Governo "a resolução rápida" dos problemas que ficaram por resolver na anterior legislatura. Com o lema …

Sérvia punida por racismo no jogo com Portugal

A UEFA condenou nesta segunda-feira a Sérvia a disputar o próximo jogo da fase de qualificação para o Euro 2020 à porta fechada, por manifestações racistas na partida com Portugal, disputada em Belgrado, que terminou …

Juve Leo lança críticas à direção: Um clube sem rumo e que precisa de bodes expiatórios

Depois de o Sporting rescindir os protocolos com a Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI devido à "escalada de violência" recente, a Juve Leo reagiu em comunicado com duras críticas à direção de …

Um terço dos fogos deste ano tiveram como causa queima e queimadas

Um terço dos incêndios florestais registados este ano e investigados tiveram como causa queimadas e queimas, revela o último relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). O relatório provisório de incêndios rurais, …

De Nova Iorque a Sydney em 19 horas. Avião da Qantas bate recorde

O primeiro voo comercial direto entre as cidades de Nova Iorque e Sydney, com mais de 19 horas, terminou, este domingo, na cidade australiana. O teste realizado pela companhia aérea Qantas faz parte do Project Sunrise, …

Marcelo ficou "muito impressionado" pela destruição do furacão Lorenzo nos Açores

O Presidente da República visitou, este domingo, o porto das Lajes das Flores, que ficou destruído após a passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, mostrando-se "muito impressionado" pela destruição "massiva". "Muito impressionado com aquilo que foi …

Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da formação espalhados pela Europa

O Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da sua formação a atuarem nas ligas europeias e o emblema português mais representado nas 'big 5', segundo o observatório de futebol do Centro Internacional de …