Recandidatura de Trump arranca com despedimentos de responsáveis por sondagens negativas

Michael Reynolds / EPA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apresenta esta terça-feira a sua recandidatura à Casa Branca pelo Partido Republicano, num comício que juntará 20 mil pessoas em Orlando, Flórida, e numa altura em que sondagens mostram que pode perder contra candidatos Democratas.

Com alguns estudos de opinião a revelar baixos indicadores de aprovação do seu primeiro mandato e outras sondagens a mostrar que Trump pode perder para vários dos 23 potenciais candidatos Democratas, a escolha da Flórida para local de apresentação oficial da recandidatura do Presidente norte-americano revela a preocupação em começar a tentar seduzir o terreno eleitoral mais volátil.

Trump “tem de ter um bom desempenho aqui, se quer ganhar a Presidência”, explicou o presidente Republicano da Câmara de Orlando a um jornal local, referindo-se ao facto de a Flórida ser um ‘swing State’ (que muda facilmente de partido).

No Twitter, Donald Trump escreveu esta segunda-feira que esperava “bater recordes” no comício em Orlando, dizendo que o seu Partido Republicano tinha recebido 100 mil pedidos de presença, para serem selecionados apenas 20 mil participantes, alguns dos quais já chegaram ao pavilhão do comício na segunda-feira, para conseguir um bom lugar.

“O nosso país está a ir muito bem, muito melhor do que os perdedores pensavam possível”, afirmou o Presidente, referindo-se aos estudos de opinião que na passada semana apresentavam indicadores de aprovação abaixo do 45%.

Nos comícios de reeleição, o Presidente tem repetido o slogan “América primeiro” (“America First”) e tem voltado ao tema do combate à imigração ilegal e à necessidade de revogar e substituir o sistema de saúde (conhecido como Obamacare), para obter os mais fortes aplausos entre os seus apoiantes.

“Mas desta vez é o candidato incumbente. Não pode aparecer em 2020 com as ideias de 2016″, afirmou um elemento da sua campanha de reeleição ao jornal Politico, mostrando que entre o seu ‘staff’ nem todos estão confortáveis com a estratégia escolhida.

Despedimentos de responsáveis por sondagens desfarováveis

Segundo adianta a estação televisiva norte-americana NBC, citando uma fonte da campanha de Trump, a equipa responsável pela corrida eleitoral decidiu afastar vários dos analistas responsáveis por sondagens internas que davam resultados negativos para Trump. Os resultados vazaram de forma anónima nos média nas últimas semanas.

Segundo escreve o The News York Times, Trump terá dados instruções para que os seus colaboradores de campanhas desmentissem publicamente os resultados.

Em causa estarão cinco analistas, de acordo com a imprensa norte-americana. A emissora CNN avança que  as três pessoas afastadas são Michael Baselice (que está com Trump desde 2016 e que será próximo do diretor de campanha Brad Parscale), Adam Geller e Brett Lloyd. Já o jornal New York Times diz que o afastamento de Lloyd está a ser usado para minar Conway dentro da estrutura em torno do Presidente por parte de outros membros da Casa Branca.

Face às sondagens negativas reveladas – que davam uma vitória a Trump no Texas por uma margem mínima (estado onde os republicanos têm vencido as Presidenciais nos últimos 40 anos) e uma derrota perante Joe Biden, ex-vice de Barak Obama, em vários outros estados -, Trump reagiu a dizer que as sondagens não existem.

“Estas sondagens não existem. Tive ainda agora um encontro com um politólogo e eu estou a ganhar em todo o lado, nem sei do que estão falar”, disse Trump em declarações à ABC na passada quinta-feira.

No dia seguinte, reforçou a ideia à Fox News: “Estamos ótimos na Pensilvânia, estamos ótimos na Carolina do Norte. Na Flórida estou a ganhar com grande margem”.

E esta segunda-feira, na véspera do arranque oficial à corrida pela Casa Branca, o Presidente norte-americano voltou a frisar: “Só as sondagens fake é que nos colocam atrás da Motley Crew (…) Estamos muito bem, mas ainda é cedo para nos focarmos nisso”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. É tão otário esse imbecil… nunca perde, é o maior da aldeia dele!!!!
    É sempre tudo a favor dele naquela cabecinha oca.
    É sempre tudo fake, desde que não lhe agrade, é fake.
    Adoro pessoas assim, não sabem perder… não se conformam com a realidade dos factos!
    Manipulam, oprimem, distorcem, mentem… Enfim, um anormalzeco de primeira!
    E isto independentemente do posicionamento politico de esquerda ou direita, estou a falar apenas da pessoa, que é uma verdadeira besta, um burro tão grande que até dá vergonha alheia só de o ouvir!
    ai ai coitadinho…

RESPONDER

Netflix retira imagens de suicídio de "13 Reasons Why"

A Netflix modificou o episódio da série "13 Reasons Why" onde apareciam imagens do suicídio da protagonista Hannah Baker (Katherine Langford), passando agora essa parte da ação a ocorrer de forma totalmente oculta para os …

Belinda Sharpe é a primeira árbitra do râguebi australiano em 111 anos

Belinda Sharpe vai tornar-se na primeira árbitra de campo na história de 111 anos da liga profissional de râguebi na Austrália, quando dirigir um jogo do campeonato agendado para quinta-feira. A Liga Nacional de Râguebi (NRL) …

Os chimpanzés não têm noção de justiça e aceitam desigualdades

Os chimpanzés carecem da noção de justiça e aceitam a desigualdade na repartição de comida ou materiais, segundo a investigadora Nereida Bueno. A cientista, da Universidade Pontificia de Camillas, que participou num estudo publicado esta semana …

Descartar drogas pelo esgoto pode criar "meta-caimões" nos Estados Unidos

O Departamento da Polícia de Loretto, no estado norte-americano do Tennessee, alertou este sábado para os perigos associados à eliminação de narcóticos através das canalizações das casas de banho. Numa publicação na página oficial de Facebook, …

Descoberta nova via terapêutica para tratar o Alzheimer

Um grupo de cientistas descobriu uma nova via terapêutica para tratamento do Alzheimer, que segundo os investigadores cria “alguma esperança” para travar o desenvolvimento da doença em estágios mais iniciais. O projeto, cujas conclusões foram publicadas …

Exército de carraças está a dizimar vacas (e pode chegar aos humanos)

Uma espécie invasiva de carraças já dizimou um quinto da população de vacas na Carolina do Norte. Os cientistas temem que o próximo alvo podem ser os humanos. A espécie de carraça Haemaphysalis longicornis tem feito …

Ucrânia aprova castração química para pedófilos

Na Ucrânia, será administrada uma injeção que reduz o libido aos pedófilos. A legislação vai aplicar-se a homens com idades entre os 18 e os 65 anos que forem considerados culpados de violação ou abuso …

Em vez de desaparecer, ilhas do Pacífico poderão mudar de forma

Países insulares como Tuvalu, Toquelau e Kiribati passam o nível do mar em poucos metros. Estes são Estados considerados vulneráveis ao aquecimento climático do planeta e as populações acreditam que podem desaparecer com a subida …

Morreu o pugilista Pernell Whitaker. O campeão olímpico foi vítima de atropelamento

O pugilista norte-americano Pernell Whitaker morreu atropelado este domingo em Virginia Beach, aos 55 anos. O atleta foi atingido mortalmente quando atravessava a estrada num cruzamento, durante a noite. Num comunicado enviado ao Guardian, o Departamento …

Eis a primeira aterragem autónoma de um avião tripulado

Uma equipa de cientistas alemã criou um sistema que permite à aeronave aterrar autonomamente em qualquer pista, sem nenhum tipo de apoio humano. Enquanto a indústria automóvel tem andado léguas no que toca a inovação em …