Real vence 10ª Champions com 4-1 na final de Madrid em Lisboa

Jan S0L0 / Flickr

Cristiano Ronaldo no Real Madrid

Cristiano Ronaldo marcou de penaly o 4º golo do Real Madrid

O Real Madrid conquistou hoje, finalmente, o seu 10.º título europeu de futebol, ao vencer por 4-1, após prolongamento, o Atlético de Madrid, que esteve perto, muito perto, de arrebatar o seu primeiro troféu.

Na final da “Champions”, no Estádio da Luz, em Lisboa, a formação “colchonera” adiantou-se aos 36 minutos, pelo uruguaio Diego Godin, e aguentou a vantagem até aos 90+3, quando Sergio Ramos “voou” para forçar um prolongamento que não teve história, tal a superioridade “merengue”.

Perante um adversário devastado física e psicologicamente, o Real Madrid acabou por vencer por uma margem mais do que exagerada, depois de golos de Gareth Bale (110), Marcelo (118) e o 17.º na presente edição de Cristiano Ronaldo (120).

Apesar de não ter marcado, o argentino Di Maria, eleito naturalmente o “homem do jogo”, foi a grande figura do Real Madrid, o único jogador que, verdadeiramente, esteve ao seu nível, nomeadamente no ataque, em que Bale e Ronaldo, mesmo marcando, e Benzema foram uma “nulidade”.

Valeu, verdadeiramente, o “milagre” de Sergio Ramos, numa altura em que os “colchoneros” deixaram de conseguir sair a jogar e foram “sufocados”. Apenas precisavam de aguentar mais um pouco, como em outras alturas, mas não foi possível.

O Estádio da Luz e Lisboa ficarão assim para a história como o local onde o Real Madrid acabou com a sua obsessão: doze anos depois, arrebatou a sua 10.ª “coroa”.

O jogo começou equilibrado, com as duas equipas muito cautelosas, e o primeiro momento de registo aconteceu apenas aos nove minutos, quando Diego Costa mostrou que, afinal, não estava recuperado e teve de ser substituído por Adrian.

O primeiro remate foi protagonizado por Raul Garcia, aos 13 minutos, de longe e para muito longe da baliza, enquanto o Real Madrid foi respondendo sempre por Di Maria, que, aos 27, só foi travado em falta, após grande “cavalgada”.

Raul Garcia viu o cartão amarelo e Sergio Ramos, que logo foi armar confusão, também foi admoestado. O livre marcou a primeira aparição no jogo de Cristiano Ronaldo, um pontapé enquadrado, mas detido por Courtois.

Pouco depois, aos 32 minutos, o Real Madrid teve uma enorme ocasião para marcar, oferta de Tiago, que perdeu a bola para Bale. O galês rumou à área, muito rápido, mas, isolado, atirou de pé esquerdo, o “bom”, ao lado do poste direito.

Os “merengues” não marcaram e sofreram, aos 36 minutos, na sequência de um canto marcado por Gabi, com a bola a sobrar para Juanfran fazer um balão para a área, onde Godin saltou mais alto e cabeceou por cima de Casillas, que saiu muito mal.

Até ao intervalo, o Real Madrid teve mais tempo a bola, mas só o Atlético rematou, por Adrian, de cabeça, mas sem acertar no alvo.

Os “colchoneros” reentraram melhor, com Raul Garcia a efetuar o primeiro remate, mas Di Maria voltou a aparecer, aos 54 minutos, proporcionando três oportunidades a Cristiano Ronaldo, mas Courtois defendeu o livre e, após dois cantos, o internacional luso falhou sempre o alvo.

Adrian voltou a assustar Casillas, aos 56 minutos, e Ancelotti, descontente, trocou Coentrão e Khedira por Marcelo e Isco. O Real melhorou e Ronaldo teve mais uma ocasião, aos 62, só que quase não cabeceou um centro de Sergio Ramos.

Com o passar dos minutos, os “merengues” foram-se instalando no meio campo contrário, mas sucederam-se as oportunidades perdidas, os maiores de Bale, aos 73 e 78 minutos, mas também de Isco, aos 67, e Ronaldo, aos 75.

Os últimos 10 minutos já foram jogados em “cima” da área do Atlético, que, sem conseguir sair para o ataque, passou por um grande sufoco. A insistência deu frutos aos 90+3, com Sergio Ramos a marcar de cabeça, após canto de Modric.

O jogo foi para prolongamento e o Real Madrid assumiu o comando, mas, na primeira parte, só conseguiu incomodar Courtois já nos descontos, num cabeceamento de Varane.

Aos 110 minutos, em mais uma arrancada de Di Maria, os “merengues” conseguiram mesmo o segundo golo, por Bale, que, de cabeça, finalmente acertou, ele que foi um dos piores em campo.

O jogo, praticamente, acabou ai. O Atlético de Madrid já não tinha forças e, aproveitando-se disso, o Real ainda marcou mais dois, por Marcelo, aos 118, e Cristiano Ronaldo, aos 120, de grande penalidade.

MR, Futebol 365 / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Antártida tem quase mais 20% de colónias de pinguins-imperador do que se pensava

Imagens de satélite revelam que há quase mais 20% de colónias de pinguins-imperador na Antártida do que se pensava anteriormente, totalizando 61, divulgou esta quarta-feira a Agência Espacial Europeia (ESA). Dados obtidos por dois satélites europeus …

De taxista a bombeiro. EHang lança drone para combater incêndios em arranha-céus

A chinesa EHang tem concentrado os seus esforços em serviços de táxi ou turismo aéreo. Agora, a empresa de mobilidade quer provar a versatilidade da sua plataforma de veículos autónomos com o lançamento de uma …

Netflix lidera mercado de streaming em Portugal e ranking do IMDb

A Netflix junta, neste momento, o melhor de dois mundos. Tem um catálogo maior, e por isso com mais produções bem cotadas no IMDb, e é também o serviço de streaming com maior número de …

"Estou cansada de ter medo". Candidata da oposição faz tremer presidenciais na Bielorrússia

Na Bielorrússia, Svetlana Tikhanovskaya, candidata da oposição de apenas 37 anos, está a fazer frente ao mais antigo líder da europa, na corrida as eleições presidenciais. Tikhanovskaya mantém-se firme na luta pelo poder contra o presidente …

Fauci revela que recebeu ameaças de morte e que as suas filhas foram assediadas

Anthony Fauci, um dos principais peritos em doenças infecciosas da Casa Branca, revelou esta quarta-feira que recebeu ameaças de morte e que as suas filhas foram assediadas por causa das suas declarações sobre a covid-19. "Receber …

Califórnia já tem uma estrada pavimentada com plástico

O que parece uma estrada comum é agora a mais recente novidade na cidade de Oroville, na Califórnia. A nova construção junta uma tecnologia que mistura garrafas de plástico com asfalto. Por cada quilómetro de …

Mais de mil operacionais combatem cinco grandes fogos em Portugal

Mais de 1100 operacionais e 16 meios aéreos estão a combater, esta quinta-feira, os cinco maiores incêndios rurais em território continental, concentrados sobretudo na região Centro, de acordo com dados da Proteção Civil. Segundo o site …

Coca-Cola financiou estudos científicos que minimizaram o papel das bebidas açucaradas na obesidade, revela investigação

A Coca-Cola terá financiado com milhões de dólares vários estudos científicos que minimizaram o impacto das bebidas açucaradas na obesidade. A conclusão é de uma investigação publicada na revista médica Public Health Nutrition, que conta …

André Ventura vai pedir suspensão temporária do mandato no Parlamento

O deputado do Chega vai pedir, em setembro, a suspensão do mandato parlamentar até fevereiro do próximo ano para se dedicar às campanhas eleitorais da região dos Açores e das Presidenciais. Em declarações à agência Lusa, …

Governo abre concursos para 800 novos técnicos especializados nas escolas

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados, um reforço de recursos humanos "englobado nas medidas excecionais de organização e funcionamento das escolas para o próximo ano letivo". "As escolas vão poder contratar …