Rara prova de crucificação ajuda a perceber como Jesus Cristo morreu

Arqueólogos italianos encontraram um raro vestígio de uma crucificação de um homem que terá morrido numa cruz de madeira, de forma semelhante ao que aconteceu com Jesus Cristo, segundo os relatos da Bíblia. Trata-se de uma descoberta quase inédita.

Apesar de ter sido uma forma de punição habitual para os criminosos no antigo Império Romano, quase nenhuns vestígios arqueológicos de crucificações têm sido encontrados.

Os indícios detectados no corpo de um homem enterrado no Norte de Itália há 2 mil anos, são, na verdade, apenas “o segundo caso documentado no mundo”, como salienta a co-autora desta investigação, Ursula Thun Hohenstein, da Universidade de Ferrara, em declarações ao jornal Estense.

O outro vestígio foi detectado em 1968, em escavações em Jerusalém, com a descoberta de um prego de cerca de 8 centímetros ainda atravessado no calcanhar de um homem, cujos restos mortais foram encontrados em túmulos que datam da época do Império Romano, segundo conta o Live Science. O prego estava preso a um pequeno pedaço de madeira de oliveira, provavelmente oriundo da cruz onde terá sido crucificado.

Quanto aos segundos sinais desta forma de brutal punição, já foram encontrados em 2007, num homem enterrado há 2 mil anos na localidade de Gavello, a cerca de 40 quilómetros de Veneza, no Norte de Itália.

Estes vestígios foram agora analisados por um grupo de investigadores das Universidades de Ferrara e de Florença, em Itália, que concluíram que o homem tinha uma lesão e uma fractura não curada no calcanhar que sugere que os seus pés foram pregados na cruz.

A lesão atravessa “todo o osso”, como explica a investigadora Emanuela Gualdi, também da Universidade de Ferrara, em declarações ao Live Science.

Todavia, os resultados não são conclusivos, dado o mau estado de preservação dos ossos analisados e pelo facto de não ter sido encontrado o osso do outro calcanhar, apontam os investigadores no estudo publicado no Archaeological and Anthropological Sciences.

Os investigadores notam, ainda, que não há sinais de que o homem tenha sido crucificado nos pulsos, como terá acontecido com Jesus Cristo, segundo os relatos da Bíblia. Ele pode ter tido os braços atados à cruz com uma corda, como também era prática na época.

Os testes genéticos e biológicos realizados aos restos mortais indicam que se tratava de um homem de estatura magra, com altura abaixo da média, e idade entre os 30 e os 34 anos.

Os vestígios revelam também que o corpo foi directamente enterrado no chão, algo inusual nos enterros romanos, o que indicia que poderia ser um escravo ou um prisioneiro. “A marginalização do enterro indica que era, provavelmente, um indivíduo considerado perigoso ou difamado na sociedade Romana”, refere Emanuela Gualdi ao Live Science.

A crucificação era uma punição muito severa que infligia grande dor e que levava as vítimas a agonizarem até à morte durante vários dias. Os corpos eram depois deixados a apodrecer na cruz ou para serem comidos por animais, mas nalguns casos eram enterrados.

“Embora este tipo de execução brutal tenha sido aperfeiçoado e praticado durante muito tempo pelos Romanos, as dificuldades em preservar ossos danificados e em interpretar traumas, dificultam o reconhecimento de vítimas de crucificação, tornando este testemunho ainda mais precioso”, destaca Ursula Thun Hohenstein.

Além disso, os pregos usados nas crucificações eram, muitas vezes, recuperados dos corpos, para reaproveitamento, acrescenta Emanuela Gualdi no Live Science. Mais um dado que complica a detecção de sinais destas mortes brutais.

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Mas no tempo dos romanos não havia cruz mas sim uma estaca, onde eram pendurados até morrer. Essa da cruz foi uma invenção já com Constantino, no IV século depois de Cristo morrer, vale a pena pesquisar os costumes romanos da época

  2. Segundo os relatos da bíblia, os pregos foram cravados nas mãos de Jesus. A prova mais importante que atesta uma das maneiras de crucificar, é, sem dúvida, o famoso Sudário de Turim. Está provado, cientificamente, que este artefacto envolveu um homem crucificado com a particularidade dos pregos terem sido cravados nos pulsos e nos pés.

    • “relatos da bíblia”?
      Não era uma cruz… Eram dois pedaços de madeira cruzados (a letra “x”).
      Quem criou o mito da cruz foi a Santa Sé, no tempo em que contradize-la era excomunhao, descrédito e fogueira, não necessariamente nessa ordem.

RESPONDER

Conselho de Ética desfavorável a projetos de lei sobre eutanásia

O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV) deu "parecer ético desfavorável" a quatro projetos de lei para a despenalização da morte medicamente assistida, que vão ser debatidos no Parlamento esta quinta-feira. Os …

Portugal considera "inamistosa e injustificada" a decisão da Venezuela sobre a TAP

O ministro dos Negócios Estrangeiros Augusto Santos Silva já reagiu às acusações de Caracas sobre o alegado transporte de explosivos feito pela transportadora portuguesa. O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, considera “inamistosa” e “injustificada” …

Presidente do Afeganistão reeleito para segundo mandato

O Presidente do Afeganistão foi reeleito para um segundo mandato com 50,64% dos votos, anunciou a comissão eleitoral independente afegã, esta terça-feira, ao divulgar os resultados definitivos das eleições realizadas em setembro passado. "A comissão eleitoral …

Mário Ferreira torna-se o segundo maior acionista da Cofina

O empresário português vai investir 20 milhões de euros no aumento de capital da Cofina, o suficiente para tornar-se o segundo maior acionista da empresa. De acordo com o semanário Expresso, o empresário Mário Ferreira deverá …

Índia dá às mulheres direitos iguais aos dos homens em cargos militares

O Supremo Tribunal indiano decidiu que as mulheres têm os mesmos direitos que os homens para assumir funções de liderança no exército da Índia e criticou os argumentos do Governo que considera perpetuarem "estereótipos de …

Identificado 12.º caso suspeito de coronavírus em Portugal

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou, esta terça-feira, que foi validado um novo caso suspeito de infeção por novo coronavírus (Covid-19) em Portugal. De acordo com o comunicado da Direção-Geral da Saúde (DGS), citado pelo jornal …

Autoridade Tributária alerta contribuintes para novo e-mail fraudulento

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou, esta terça-feira, para um e-mail que está a ser enviado aos contribuintes, solicitando-lhes que regularizem dívidas fiscais e avisa que a mensagem é falsa e deve ser apagada. Num …

União Europeia acrescenta quatro paraísos fiscais à "lista negra"

Ilhas Caimão, Palau, Panamá e Seicheles juntam-se a Samoa Americana, Fiji, Guame, Samoa, Omã, Trindade e Tobago, Vanuatu e Ilhas Virgens Americanas na lista de não respeitadores das regras comunitárias. O Conselho da União Europeia (UE) …

"Relação estava cristalizada". PS satisfeito com retoma do "diálogo cordial" com CDS

O presidente do PS saudou, esta terça-feira, a "retoma" de um relacionamento "cordial" com a nova direção do CDS-PP em torno de matérias de interesse nacional, considerando que se verificou uma transição e acabou uma …

Ministra espanhola não pensa "nem um segundo" em substituir Centeno

A ministra dos Assuntos Económicos de Espanha, Nadia Calviño, assegurou que não dedica “nem um segundo” a pensar numa candidatura à presidência do Eurogrupo, apontando que Mário Centeno “está a fazer um excelente trabalho”. A cerca …